CARAVANA DA TRANSFORMAÇÃO - Atendimento pós-operatório será até domingo (26) em Tangará da Serra

Atendimentos estão ocorrendo a partir das 6h, no Ginásio Vicente Serafim de Almeida, anexo ao Módulo Esportivo

Até o próximo domingo (26.11), a Caravana da Transformação realiza o atendimento pós-operatório de 30 dias, direcionado aos pacientes que fizeram a cirurgia de catarata durante a 10ª edição da Caravana da Transformação, que ocorreu em outubro, no município de Tangará da Serra. Os atendimentos começam às 6h e são realizados desde essa terça-feira (21.11), no Ginásio Vicente Serafim de Almeida, anexo ao Módulo Esportivo.

Das 5.527 cirurgias realizadas nesta edição, 4.217 foram de catarata. Os três primeiros dias de atendimento são direcionados para as consultas pós-operatórias. Se houver necessidade de o paciente retornar ao centro cirúrgico, o atendimento será no sábado (25.11). E, por fim, no domingo (26.11) é a última avaliação e alta médica de quem passou novamente pelo procedimento cirúrgico.

Além dos pacientes operados de Tangará da Serra, também serão atendidos os pacientes de Arenápolis, Barra do Bugres, Campos de Júlio, Campo Novo do Parecis, Denise, Diamantino, Nortelândia, Nova Marilândia, Nova Olímpia, Porto Estrela, Santo Afonso e Sapezal.

Atendimento continuado

A Caravana da Transformação possui uma estrutura de atendimento aos pacientes que tiverem qualquer intercorrência mesmo após a alta médica. Para isso, existe um telefone de contato onde devem ser registradas quaisquer eventualidades. A ligação é gratuita e o telefone é o 0800 770 7011 e funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, horário de Brasília.

As intercorrências são direcionadas à unidade fixa da Caravana da Transformação, localizadas em Várzea Grande. Os atendimentos ocorrem sempre as sextas-feiras e são agendados por meio do contato telefônico. Mais informações: caravana@gabgoverno.mt.gov.br.

Por Julia Oviedo | Gcom-MT

Unitan de Tangará da Serra inicia comemoração do Dia do Doador de Sangue

O evento aconteceu na sede da Unitan na Avenida Tancredo Neves - Foto: Humberto Ferreira

Aconteceu na manhã desta terça feira, 21, o lançamento das comemorações do Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue que acontecerá no próximo dia 25, com uma campanha de doação de sangue, que se estenderá até a próxima sexta-feira, dia 24. Segundo a Coordenadora, Enfermeira Juliana Marinho Gramarin, a Unitan estará funcionando das 8h às 11h e das 13h30 às 17h para receber os doadores.

“A finalidade da campanha é assegurar o estoque da Unidade, pois o final de ano está chegando e é um período que normalmente os acidentes aumentam e o estoque de sangue tende a diminuir, e agradecer aos doadores que passam durante o ano todo fazendo a sua doação”, explicou Juliana Marinho Gramarin, Coordenadora da Unitan.

A Unitan de Tangará da Serra atende à demanda de mais de 200 mil habitantes de toda região sob a sua responsabilidade. Fornece sangue para todos os hospitais do SUS e rede privada de Tangará da Serra e mais cinco municípios vizinhos: Brasnorte, Sapezal, Campo Novo do Parecis, Denise e Nova Olímpia, além de 5 UTI’s, mais o Centro de Nefrologia de Tangará da Serra.Esses abastecimento só é possível porque a Unitan tem 60% dos seus doadores regulares, o que faz com que o estoque nunca fique no estado crítico.

Para participar da campanha, o doador precisa gozar de plena saúde, ter idade entre 16 e 69 anos, peso igual ou superior a 50 quilos. Recomenda-se dar um intervalo de 60 dias entre uma e outra doação para os homens e 90 dias para as mulheres.

O Secretário Municipal de Saúde, Itamar Martins Bonfim esteve presente representando o Prefeito Fábio Martins Junqueira, e falou da satisfação de sua Secretaria estar à frente de mais uma Campanha de Doação de Sangue. Aproveitou a oportunidade para cumprimentar os Doadores pelo seu dia, no próximo dia 25, e falar do andamento da construção da nova sede da Unitan que está sendo construída no Jardim Paraíso. “Se tudo der certo, até o final do primeiro semestre de 2018 a Unitan estará em novo endereço”, comentou o Secretário Itamar Bonfim.

Humberto Ferreira - Redação

Fábio Junqueira decreta regularização fundiária do Dona Júlia II

Decreto foi assinado pelo Prefeito de Tangará da Serra

O Prefeito de Tangará da Serra, Fábio Martins Junqueira, assinou o Decreto número 388 com data de 16 de novembro desse ano que institui a regularização fundiária urbana, denominada Jardim Dona Julia II mediante legitimação fundiária estatuída pela lei número 13.465 de 11 de julho também desse ano.

Dentre as considerações estabelecidas pelo Chefe do Poder Executivo no Decreto, está o fato do Dona Júlia II constituir-se em núcleo urbano informal consolidado, de difícil reversão, considerado o tempo de ocupação, a natureza das edificações, a localização das vias de circulação e a presença de equipamentos públicos, tratando-se a legitimação fundiária, mecanismo de reconhecimento da aquisição originária do direito real de propriedade sobre a unidade imobiliária.

Junqueira considerou ainda o fato do Dona Júlia II ser há 15 anos um loteamento irregular implantado, vendido e ocupado pelos adquirentes, sem que o Município tenha à época apreciado as questões urbanísticas, tendo até sido aprovado um projeto de divisão urbana conforme Decreto de 2005, que visava possibilitar a regularização do loteamento.

Com a regularização do bairro decretada pelo Prefeito, assegura-se a prestação de serviços públicos a seus ocupantes, de modo a concluir as melhorias e condições urbanísticas e ambientais em relação à situação de ocupação informal anterior. “O Samae fica encarregado de realizar a conexão de água de todos os beneficiários, a Sinfra encarregada de realizar todos os serviços de manutenção de vias e de águas pluviais e meios-fios de vias existentes”, pontuou o Prefeito.

Assessoria de Imprensa

Prefeito Fábio Junqueira empossa Secretários de Esportes e Indústria e Comércio

Na manhã desta sexta-feira, 17, o Prefeito de Tangará da Serra, Fábio Martins Junqueira, deu posse a dois Secretários Municipais. Wellington Bezerra que respondia pela Secretaria Municipal de Esportes há 10 meses e que atuava interinamente como Secretário de Indústria e Comércio, acumulando as duas pastas, passa a responder exclusivamente pela Indústria e Comércio.

Ademir Anibale que por quatro meses atuou como Vereador em substituição a Rogério Silva que estava em Brasília na condição de Deputado Federal, passa a responder oficialmente pela Secretaria de Esportes. “Desejo sorte, peço criatividade e tenho perspectiva de uma gestão coerente, séria e dinâmica dos Secretários à frente de suas respectivas pastas”, afirmou o Chefe do Poder Executivo ao assinar o Ato de Posse.

Bezerra que acumulou as funções de gerir as Secretarias de Esportes e Indústria e Comércio por quatro meses, destacou a importância desse trabalho. “Essa é uma transição feita dentro da própria gestão, com tranquilidade, para que haja oxigenação do sistema administrativo que o prefeito tem implementado”, salientou o secretário.

Após atuar como Secretário de Meio Ambiente, exercendo posteriormente o mandato de vereador por quatro meses, Ademir Anibale retorna ao Executivo a convite do Prefeito Fábio Junqueira para assumir a Secretaria de Esportes, nessa que será sua segunda passagem pela pasta. “Vamos trabalhar muito. Já existem metas estabelecidas, para fechar o ano. Vamos ver o que já está planejado e para o ano que vem vamos iniciar um planejamento específico com a equipe da Secretaria, alinhado com o pensamento do Prefeito”, pontuou Anibale.

Por Diego Soares - Assessoria de Imprensa

Médico tangaraense morre de parada cardíaca

O médico Rafael Vidigal de Matos, 36 anos, morreu no início da tarde desta sexta-feira (17).

Informações colhidas pela reportagem da Rádio Pioneira dão conta de que o médico trabalhou a noite no plantão na UPA – Unidade de Pronto Atendimento. Pela manhã teria passado mal e logo após o meio dia morreu de parada cardíaca.

Dr. Rafael era filho do médico Dr. João José da Clínica de Hemodiálise.

O médico atuava há muitos anos na saúde pública de Tangará da Serra e era muito querido pelos colegas. No momento em que souberam da notícia, integrantes da equipe do SAMU se deslocaram até a unidade em solidariedade.

O corpo do médico está foi velado na quadra da Escola Municipal José Nodari. O sepultamento aconteceu na manhã deste sábado (18), com cerimônia sendo realizada às 10:30 no Cemitério Jardim da Paz.

Por: Marlenne Maria com Gilvan Melo da Redação RP e Redação.

Caravana da Soja estará em Tangará da Serra nos dias 23 e 24 de novembro

O evento acontecerá no Sindicato Rural, com a presença de renomados palestrantes. O “Soja Brasil” é um evento organizado em conjunto pela Aprosoja junto com o Canal Rural e EMBRAPA.

“É uma grande expedição que percorre os estados produtores de soja do país para fazer um levantamento e difundir tecnologia. O Canal Rural entra com esta carreta onde são realizadas as palestras. Este ano teremos a Kelen Severo, apresentadora do Canal Rural. Ela é uma pessoa muito bem quista no setor e acredito que será muito bom ouvi-la”, explicou Eloíza Zuconelli.

Segundo ela o tema neste ano será O futuro já chegou – o que a tecnologia tema oferecer à agricultura. “É uma iniciativa da FAMATO e do IMEIA. É um lugar para reunir ideias de inovação. Eles estão fazendo um trabalho para atrair empresas que estão em desenvolvimento, para que tragam soluções para o agro. Eles fazem eventos, apresentando problemas e buscando soluções tecnológicas de inovação. Eles farão palestra também dentro deste evento Soja Brasil”.

Interessados em participar podem comparecer ao Sindicato rural no dia 23 de novembro das 19:00 às 21:00 e dia 24 no período da manhã.

Aprosoja

A Associação de Produtores de Soja de Mato Grosso foi a primeira Aprosoja do país e é hoje a instituição de maior visibilidade e talvez de maior credibilidade dentro do agronegócio. Depois da criação da entidade em MT foram criadas outras no país com o propósito de estimular o agronegócio.

Farmácias e Drogarias

Boa Saúde Drogarias
Av. Brasil, 297-S - Centro
Fone: (065) 3326-3233
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT

Após habilitação, UPA 24 Horas recebe 1ª parcela de quase R$ 230 mil

Para manutenção do recurso, há que se cumprir alguns requisitos

Após o credenciamento da Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas acontecer, a primeira parcela no valor de R$ 227.500,00 foi depositada em conta e em breve estará disponível para ser aplicada na unidade. Essas são informações obtidas com o secretário de Saúde de Tangará da Serra, Itamar Bonfim. 

Segundo o secretário, o valor foi depositado em uma conta criada pelo próprio Ministério da Saúde e somente poderá ser utilizado, após uma solicitação suplementar junto a Câmara de Vereadores, para que o valor seja liberado, uma vez que não existia, não sendo assim, previsto no orçamento do município. “Como a gente havia pleiteado a habilitação da nossa Upa 24 Horas, num valor de R$ 227.500,00 isso começou a cair a partir da competência de novembro. Ele já está na conta uma conta específica criada pelo próprio Ministério da Saúde e agora nós dependemos de encaminhar isso como um orçamento que não era previsto para esse ano. Então precisamos encaminhar esse projeto de lei para a câmara abrindo esse crédito orçamentário. Assim que passar esse projeto para a câmara a gente abre ele numa rubrica de despesa para a Upa, porque a Upa até então não tinha recurso vinculado. Até hoje a gente trabalhava somente com recursos próprios. então esse recurso é para ajudar a pagar salários, comprar medicamentos e outros afazeres. O que vai mudar para nos é que a gente não tinha ajuda nenhuma e hoje nós temos esse valor. Não será coisa nova. Será para manter o funcionamento da Upa”, frisou Bonfim, destacando que para manutenção do recurso, há que se cumprir alguns requisitos. “Nós temos que cumprir uma meta de 6.790 atendimentos mês, esse é o mínimo para garantir esse recurso, mas nós atendemos mais de 10 mil por mês. Estamos dentro da meta, mas são procedimentos específicos, para não perder esse convênio, então teremos muito mais facilidade para monitorarmos esses atendimentos”, salientou o secretário.

“Esse recurso será para aumentar o nosso poder de resolução”, diz secretário

Além desse recurso, o Governo do Estado garantiu no mês de outubro, durante a realização da Caravana da Transformação em Tangará da Serra, que contribuiria por quatro meses com a Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra com um aporte para custear despesas do Hospital Municipal.
A portaria inclusive já foi assinada, mas até o momento o valor ainda não foi disponibilizado ao município.“Saiu uma portaria do repasse de R$ 400 mil por mês do governo do estado para o nosso hospital. Essa portaria diz que o repasse deveria ocorrer a partir do mês de novembro, mas ele ainda não ocorreu, mas talvez seja pelo fato da portaria tem menos de mês que foi publicada. Esse recurso será para aumentar o nosso poder de resolução aqui em Tangará da Serra. Por exemplo, hoje temos que aumentar 46 leitos de internação, dentre esses, são os leitos cirúrgicos que nós não temos nenhum. Então precisamos aumentar também a nossa equipe e implantar o nosso setor de cirurgia e fazer a contratação do anestesista. Então esse recurso vem para isso. É logico que ele não dá para fazer tudo mas como a gente já utiliza quase tudo com recurso próprio, nós temos aí um apoio de mais R$ 400 mil, somados com R$ 227.500,00 vai dar um valor que a gente não tinha”, frisou.

Reeducandas da cadeia feminina de Tangará concluem curso de artesanato

 Peças estão à vendas na frente da Cadeia Feminina

Doze reeducandas da Cadeia Feminina de Tangará da Serra concluíram na tarde desta sexta-feira, dia 17 de novembro, o curso de pinturas em telhas. As detentas já estavam há certo tempo realizando as atividades, que foram ministrada pela agente penitenciária Cleusa Fardim, responsável por ensinar as técnicas para reeducandas tangaraenses.

“É muito gratificante dar essa oportunidade, porque é uma forma delas mostrarem suas habilidades e ocuparem o tempo aqui dentro. É também uma maneira delas terem uma renda quando saírem da prisão. A técnica em pinturas em telhas é muito fácil, além de ser econômica. Elas aprenderam tudo certinho e já podem fazer as peças sozinhas”, disse a professora de artesanato.

A diretora da Cadeia Feminina de Tangará da Serra, Josmara Lourenço, afirmou que a ideia nasceu de uma reivindicação das próprias detentas. “Tinham oito reeducandas que faziam tapetes, e falavam que estavam em dificuldades para conseguir comercializar. A partir disso, pediram um novo curso, momento em que eu conheci o trabalho da Cleusa. Durante a Caravana da Transformação, conversei com o secretário adjunto de Segurança Pública, e ele me permitiu trazer ela para o curso. Estou muito feliz e otimista, pois são peças lindíssimas”, relatou a diretora, ao destacar que as peças estão à disposição para vendas.

“Vamos colocar exposição na frente da cadeia. Além disso, fechamos parceria com a secretaria de Educação e Cultura, e vamos expor as peças nas feiras e nos saraus. Quem quiser encomendar, pode vir até a Cadeia Feminina”, finalizou.

Por: Rodrigo Soares - Redação DS

IFMT de Tangará investe cerca de R$ 500 mil em energia solar

Além de investimento de energia solar, IFMT realizou reforma em parte do telhado

O Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), campus avançado de Tangará da Serra acaba de dar um importante passo rumo à sustentabilidade. Isso porque a instituição concluiu nessa semana o processo de instalação da usina fotovoltaica, que consiste na produção de energia solar e que deverá gerar inicialmente cerca de 80% de economia na rede elétrica.

De acordo com o diretor do IFMT de Tangará da Serra, Gilcélio Peres, o investimento foi de aproximadamente R$ 500 mil. “Fizemos um investimento alto, mas vamos recuperar isso pois o sistema gera muita economia. Com certeza iremos suprir e cobrir rapidamente esse importante investimento”, comentou o responsável, destacando que para a instalação da usina fotovoltaica, parte do telhado da instituição precisou passar por algumas readequações.

“Foi realizado investimento em parte do telhado, obra feita justamente para instalar a usina fotovoltaica. Daqui a aproximadamente 20 dias, daremos sequência nos serviços de reparo no telhado. É necessário porque o prédio é um pouco antigo, então existe essa necessidade. Será outro investimento de mais de cem mil reais”, informou o diretor.

A coordenadora de Administração e Planejamento da instituição, Michelle Fernanda Martin, afirmou que dar importância para sustentabilidade contribui até mesmo com o ensino pedagógico dos alunos. “Estamos com expectativa muito boa. Inicialmente, os alunos ainda estão disseminando a informação entre si. Estamos esperando efetivar a redução da fatura de energia para mostrarmos o resultado a eles. Vamos fazer ações para gerar ainda mais economia, para nossos alunos verem que estamos investindo nisso”, enfatizou a coordenadora. “A usina fotovoltaica tem uma importância muito grande e atende exigências do serviço público, que tem como pilar o respeito ao meio ambiente. A energia limpa é um grande desafio para empresas públicas e particulares”, concluiu.

Por: Rodrigo Soares - Redação DS

RGA de servidores da Câmara será votado na semana que vem

Pedido de vistas de 3 dias acabou sendo atacado por parlamentares

A Câmara Municipal de Vereadores realizou na tarde desta segunda-feira, 13, a 12ª sessão extraordinária do ano. Nesta, projetos polêmicos que tratam acerca de direitos constituídos de servidores foram apreciados pelos parlamentares. Dentre eles, o Nº 16/2017, que acabou recebendo pedido de vistas de 3 dias.

O projeto é de autoria da Mesa Diretora do Legislativo e dispõe sobre a Revisão Geral Anual (RGA) dos servidores que trabalham na própria Câmara Municipal de Vereadores. Como os vereadores já haviam votado a RGA dos servidores do Executivo, sentiram insegurança para votar a proposta do Legislativo.

Diante da condição, Rogério Silva (PMDB), que retornou à Câmara após o mandato de deputado em Brasília, sugeriu que a Mesa retirasse o projeto de tramitação. A Mesa Diretora votou rapidamente e houve empate. Dois vereadores queriam que o projeto fosse mantido, e outros dois, votaram pela retirada.

“Dada a situação inusitada, na tentativa de resolver esse imbróglio, eu fiz um pedido de vistas de 3 dias, a fim de que os ânimos aqui se acalmem, inclusive, porque as discussões de hoje foram bastante acaloradas, com a presença maciça de muitos servidores do Executivo. Nós entendemos que a Mesa Diretora, o próprio parlamento e o nosso jurídico, há de encontrar um caminho mais correto e mais legal possível”, explica o segundo secretário da Câmara Municipal, Professor Sebastian (PSB), ao justificar que com a aprovação do pedido, esta discussão será retomada na sessão da semana que vem.

Projeto do Executivo que trata sobre RGA é rejeitado pela Câmara 

O projeto de Lei N° 20/2017, encaminhado à Câmara Municipal de Vereadores pelo Executivo Municipal acabou sendo rejeitado pela Casa. A votação necessária para a aprovação seria de no mínimo 8 votos favoráveis. No entanto, foram apenas 7. Por outro lado, 5 vereadores foram contrários a aprovação.

O documento previa a alteração em dispositivos da Lei Complementar Nº006 de 21/06/1994, e também da Lei Nº163 de 16/02/2002, extinguindo a estabilidade financeira do serviço público municipal, prevista na Lei Complementar Nº 150, de 08/12/2010, que dispõe sobre a Revisão Geral Anual (RGA), dos servidores públicos municipais do Executivo e autarquias.

“Foi bom em partes, porque agora vamos voltar às negociações de novo. Foi reprovado o projeto que o prefeito mandou, mas as nossas reivindicações ainda não foram aceitas. O projeto continha perda de direitos, mas junto no projeto, tinha a RGA. Ou era aprovada a perda de direitos, ou era aprovada a RGA, então, foi reprovado tudo. Continuamos sem a RGA, mas o prefeito também ficou sem conseguir o que queria, que eram as perdas dos nossos direitos”, afirmou o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SSERP).

“O diálogo vai continuar. Vamos tentar reverter esse caso na conversa, no diálogo, tentando fazer com que o prefeito atenda as nossas reivindicações. Vamos levar para ele a nossa pauta, o que a gente aceita ser mudado e caso ele aceite, volta para a Câmara de novo para ser apreciado pelos vereadores”, complementou o presidente do sindicato.

O presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Hélio da Nazaré (PSD), declarou que a partir de agora, não sabe o que acontecerá em relação ao RGA dos servidores públicos do Município.

“Agora, daqui para frente, não sei como vai ficar, porque o Sindicato reuniu e pediu que se fosse para aprovar do jeito que o Executivo mandou, eles preferiam ficar sem o RGA, mas não aprovar o projeto. Mas, foi mudado, foi cedido, várias reuniões foram feitas (…) e estava até certo que passariam esses projetos, a Câmara acatou alguns pedidos do sindicato. Quem decide é a maioria dos vereadores, portanto está rejeitado”, avaliou.

Por: Paulo César Desidério - Redação DS

Fascículos do livro ‘Memória’ continuam à venda no Diário da Serra

Somados, os cinco livros já eternizaram a história de 106 personalidades

O projeto Memória foi lançado em 2012 pelo Diário da Serra, e desde então estampou em suas páginas, histórias de pessoas importantes para o desenvolvimento de nossa cidade, que receberam homenagens justas, tendo seus nomes eternizados em nomes de ruas, escolas, praças e outros locais públicos e privados. 

Estas histórias, além de estampadas nas páginas do jornal, foram também eternizadas em quatro diferentes fascículos do livro Memória e, agora, nesta quinta edição, lançada no último sábado, dia 11 de novembro, em comemoração ao 21º aniversário de fundação do Diário da Serra. 

Porém, bem mais que eternizar a história dessas personalidades (topônimos), a direção queria mais, e, então, neste ano, como forma de homenagear também os Pioneiros, desbravadores de Tangará da Serra, foi iniciado um novo desafio de contar histórias sob a perspectiva dos próprios homenageados. 
Esse novo desafio rendeu 21 novas histórias, sendo 11 topônimos e 10 Pioneiros, entre eles do senhor Manoel Domingos, um pioneiro centenário e que no próximo dia 25 de novembro completará 104 anos de vida. Ele, que esteve presente na cerimônia de lançamento do livro, ganhou os parabéns de todos os presentes. 

E a história do pioneiro Manoel Domingos e muitos outros está disponível para leitura no quinto fascículo do livro Memória. A nova coletânea, assim como o terceiro e quarto fascículo, continuam à venda no DS. “Basta nos procurar, aqui na Avenida Tancredo Neves ou solicitar seu exemplar pelo 3326-4724, que entregaremos”, afirma a diretora do DS, Silvana Tormes, ao lembrar ainda, que todo valor arrecadado com a venda do livro será posteriormente repassado ao Asilo Nosso Lar.

HOMENAGEADOS – Nesta quinta edição do livro Memória você encontrará as histórias dos topônimos Carlos Tayano, Gastão Lourenço de Lima, João Francisco Sanches, José Luiz de Souza, Lions Internacional, Maria José de Matos, Palmira Moreschi Tayano, Pedro Alberto Tayano Filho, Pedro Ferreira de Lima, Ranulfo Rodrigues Cunha e Rotary Internacional; e ainda dos queridos desbravadores Antônio Alves Moreira, Dionísio Pantaleão Pacheco, Francisco Bernardo do Nascimento, Geralda Serafim dos Santos, Idalina Sueza Tayano, Lenilse Barbosa de Almeida, Manoel Domingos, Manoel Leal, Maria José Freire Duarte e Marta Regina dos Santos.

DS entrega mais de R$ 1,2 mil ao Asilo Nosso Lar

Aproveitando o lançamento de mais um fascículo do Livro Memória, ocorrido no último sábado, dia 11 de novembro, o jornal Diário da Serra entregou ao Asilo Nosso Lar, de Tangará da Serra, mais uma parte da renda arrecadada com a venda dos livros ‘Memória’, produzidos pelo periódico.

Na oportunidade foi entregue a representante da instituição, a coordenadora Vivian Borges, o valor de R$ 1.280,00. “Um valor pequeno, diante da estrutura e necessidade do Asilo, porém que temos a certeza que fará a diferença”, destaca a direção do DS, ao lembrar que, somado a este novo repasse, totalizam-se R$ 5.700,00 já repassados. 

Desde que foi pensado, o livro Memória tem toda a sua renda revertida a Casa do Idoso. Produzido pelo DS, com o patrocínio do Sicredi Sudoeste e apoio da Prefeitura Municipal e Lions Clube Tangará, o livro é comercializado no próprio Diário da Serra por apenas R$ 20. “Quem quiser adquirir um exemplar pode também ligar no jornal que entregaremos em sua casa”, complementou a diretora do DS, Silvana Tormes, ao convidar a população para além de conhecer um pouco da história dessas 21 personalidades contempladas nesta quinta edição do Livro Memória, de também contribuir com o asilo, pois 100% da venda será entregue, ou seja, os R$ 20 por exemplar, serão repassados a instituição.

Por: Fabíola Tormes - Redação DS

Executivo encaminha RGA à Câmara, que apreciará em extraordinária

Projeto de RGA será votado durante extraordinária na próxima segunda-feira

O Executivo Municipal de Tangará da Serra encaminhou à Câmara de Vereadores o projeto da Reposição Geral Anual (RGA), que será analisado pelos parlamentares durante sessão extraordinária na próxima segunda-feira, dia 13 de novembro.

Além da proposta de RGA, também foram encaminhados à Casa de Leis outros projetos que preveem algumas reformas no estatuto dos servidores públicos. De acordo com o presidente da Câmara Municipal, Hélio da Nazaré (PSD), a extraordinária é necessária para que todas as propostas sejam apreciadas com o devido cuidado. “São projetos muitíssimo importantes para a população que devem ser analisados com muita tranquilidade, então surgiu a necessidade de convocarmos essa extraordinária”, explicou o parlamentar.

O prefeito Fábio Martins Junqueira (PMDB), explicou que a proposta totaliza a reposição de 6,28% dividida em duas parcelas. “Será uma de 4,08% de RGA, e mais um reajuste de 2,12%. Não é retroativo a maio, e sim a partir de 1º de novembro. Nós diminuímos a economia que queríamos fazer, mas o retroativo não será desde maio”, relatou o chefe do Executivo, ao destacar que a proposta também prevê um abono de R$ 400 a ser pago no próximo mês. “Além desse abono, tem um incentivo remuneratório para os professores do quadro permanente de 500 reais”, explicou Junqueira. “A expectativa é que tudo se resolva, pois se não for desse jeito, não terá outra saída. Temos que entender isso porque não posso comprometer o orçamento do município só com folha de pagamento”, concluiu. 
 
Por: Rodrigo Soares - Redação DS

Turismo de Mato Grosso desembarca em Gramado

Evento é focado na promoção e comercialização de pacotes turísticos

A Secretaria Adjunta de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) continua sua missão de levar o turismo de Mato Grosso para além das nossas fronteiras. Desta vez, a equipe da pasta vai participar da Feira Internacional de Turismo em Gramado, no Rio Grande do Sul, no período de 09 a 12 de novembro.

Focado na promoção e comercialização de pacotes turísticos, o evento que chega a sua 29ª edição, apresenta um formato único na indústria turística da América Latina, além de se destacar pela sua abrangência internacional e, principalmente, pela sua segmentação.

Representando o Governo do Estado, a Secretaria Adjunta de Turismo estará presente no local com dois estandes: um integrado ao espaço ‘Brasil Central’ e o outro dentro da área exclusiva do Ministério do Turismo (Mtur). A equipe da pasta fará a divulgação com folhetos, materiais gráficos e audiovisuais com informações sobre os principais atrativos turísticos mato-grossenses e, também, participa do 4º Encontro Nacional da Rede de Inteligência de Mercado no Turismo promovido pelo Mtur que é um importante instrumento de troca de informações e experiências entre gestores públicos e privados, bem como, funciona em ambiente online com fóruns de debate e grupo de e-mail.
Fonte: Assessoria

Projeto “Pai Terapia” criado por tangaraense ganha força em rede social

Lévender Matos atua profissionalmente como consultor do SEBRAE. Nesta semana ele falou à Pioneira sobre um projeto pessoal que denominou como “Pai Terapia”. “Estou feliz com o resultado do que estamos expondo do nosso dia a dia. Para mim, ser pai é uma terapia”, disse ele.

Segundo Lévender a ideia do projeto é possibilitar que outras pessoas tenham acesso às informações sobre os filhos, entre estes, os familiares. “Todos os dias os avós ligavam sempre querendo saber como foi o dia dos meninos. Tenho um enteado de 15 anos e um filho agora com 4 anos. Nós residimos aqui em Tangará, eu e minha esposa, com eles, sem outros familiares perto. Na minha própria página comecei a colocar histórias do que eles faziam todo dia. Minha esposa me estimulou a criar um canal só para eles. E desde então, na medida do possível temos postado lá histórias, aprendizados e principalmente a gratidão que temos pela oportunidade de educar seres. É muito gratificante. Temos as próprias referências e agradeço sempre toda a carga que recebi de meus pais e avós e tento passar para os filhos”.

Na página ele conta de forma descontraída o que vem ocorrendo. “Eu criei algumas terapias como a da leitura, tenho escrito alguma coisa e na medida do possível vamos postando. No começo era só a família que acompanhava e nos últimos meses tem crescido o número de seguidores da página. É interessante este reconhecimento, inclusive das pessoas da cidade que participam da vida deles também”, disse Lévender.

O registro na rede social, de certa forma, na opinião de Lévender, substitui os antigos registros fotográficos que as famílias mantinham. “Antigamente tínhamos os retratos, que vemos ainda hoje na casa de nossos pais e avós. Hoje não temos mais isto, mas na rede social, podemos deixar este registro em um diário, mesmo que eletrônico. No futuro eles mesmos poderão ver o que vivemos juntos”.

Lévender disse também que o feedback que tem recebido na página é importante. “As crianças são muito puras. E muitas pessoas tem registrado que vivem situações semelhantes às nossas. Como ser humano, vejo que precisamos olhar mais as coisas boas e os motivos de gratidão. Eu cresci em cidade grande e numa cidade como Tangará a qualidade de vida é muito melhor. São muitos momentos que podemos ter, de forma harmoniosa e eu pessoalmente dou muito valor. Depois que virei pai, vi que todo o empenho que fazemos para melhorar a vida é pelos filhos”, disse, registrando ainda o agradecimento à esposa pelo incentivo que lhe dá em relação ao projeto. “A rede está disponível e quem quiser descobrir um pouco mais pode acessar no face book. Basta digitar ‘pai terapia’. Quero parabenizar todos os pais pelo seu dia que está chegando, porque sabemos que não é fácil. Não existem fórmulas para educar. Estou falando lá na página da minha vivência. Mas, só descobrimos como é bom ser pai, sendo pai”, disse.

Marlenne Maria - Redação RP

Primeiro dia de Mutirão de Conciliação Fiscal tem grande procura

O Mutirão de Conciliação que acontece no Centro Cultural vai das 7h às 11h e das 13h às 19h

O primeiro dia de realização do Mutirão de Conciliação Fiscal em Tangará da Serra atingiu grande procura por parte da população local. O evento que é realizado através de uma parceria entre a Prefeitura, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) e o Poder Judiciário está acontecendo na Biblioteca do Centro Cultural Pedro Alberto Tayano Filho.

“A procura foi relevante. Importante destacar que estamos recebendo uma demanda importante de negociações de dé- bitos dos munícipes com a Prefeitura. Essa iniciativa tem por objetivo facilitar a vida do cidadão, oferecendo condições para negociação de dé- bitos com descontos volumosos sobre os juros e multas”, salientou a Procuradora Geral do Município, Cristina Lucena Pereira Dias.

O Mutirão de Conciliação que acontece no Centro Cultural vai das 7h às 11h e das 13h às 19h. Tendo iniciado nesta segunda-feira, 06, a ação vai encerrar sexta-feira, 10, oferecendo até 100% de desconto sobre juros e multas dos valores dos débitos existentes. De acordo com o texto da Lei Ordinária número 4.858 de 17 de outubro desse ano, que dispõe sobre a transação e o parcelamento de dé- bitos no mutirão da conciliação desse ano, assinado pelo Prefeito Fábio Junqueira, para pagamento parcelado em até três meses é oferecido 70% de desconto sobre juros e multas, e de quatro a seis meses, desconto de 50% sobre juros e multas, além de 100% de descontos sobre juros e multas para quem optar por pagar o valor devido à vista.

Diego Soares
Assessoria de Imprensa

Prefeitura, Cejusc e Judiciário promovem Mutirão de Conciliação em Tangará

O Mutirão de Conciliação é uma grande oportunidade dos munícipes solucionarem de uma vez por todas suas pendências com a municipalidade

Em parceria a Prefeitura Municipal de Tangará da Serra, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) e o Poder Judiciário, promoverão o Mutirão de Conciliação. A ação inicia na próxima segunda-feira, 06 e encerra na sexta-feira, 10 na Biblioteca do Centro Cultural Pedro Alberto Tayano Filho das 7h às 11h e das 13h às 19h.

De acordo com a Procuradora do Município, advogada Cristina Lucena Pereira Dias, o Mutirão de Conciliação é uma grande oportunidade dos munícipes que possuírem qualquer tipo de débito com o Município quitarem a questão e solucionar de uma vez por todas suas pendências com a municipalidade.

“Essa parceria da Prefeitura, através de uma determinação do Prefeito Fábio Junqueira com o Poder Judiciário e o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania é de fundamental importância, pois promove oportunidades para que débitos de munícipes sejam quitados com excelentes condições de pagamento”, destacou a Procuradora.

O Mutirão de Conciliação está oferecendo até 100% de desconto sobre juros e multas dos valores dos débitos existentes. De acordo com o texto da Lei Ordinária número 4.858 de 17 de outubro desse ano, que dispõe sobre a transação e o parcelamento de débitos no mutirão da conciliação desse ano, assinado pelo Prefeito Fábio Junqueira, para pagamento parcelado em até três meses é oferecido 70% de desconto sobre juros e multas, e de quatro a seis meses, desconto de 50% sobre juros e multas, além de 100% de descontos sobre juros e multas para quem optar por pagar o valor devido à vista.

Diego Soares – Assessoria de Imprensa

Atec inicia período de matrículas na segunda-feira

As matrículas seguem abertas até o dia 23 de dezembro

Com a proximidade do novo ano, a Associação Tangaraense de Ensino e Cultura (Atec), inicia na segunda-feira, dia 06 de novembro o período de matrículas escolares. De acordo com diretor administrativo da Atec, Robson Teodoro Costa, no mês de outubro, aconteceram as rematrículas, período destinado às renovações das matrículas dos alunos da própria unidade, e a partir de agora, inicia o período em que alunos que queiram se transferir ou iniciar os estudos na unidade devem se matricular. “Nós tivemos durante todo o mês de outubro o período de rematrículas para os alunos internos, não que ele tenha terminado. Ele ainda está em andamento, mas nós priorizamos os nossos alunos para que pudéssemos disponibilizar as vagas remanescentes para a comunidade externa, e a partir de agora abrimos o período de matrículas”, destacou.

Prestes a completar um ano com o novo método adotado, Poliedro, segundo o diretor, os frutos já estão sendo colhidos, apesar do pouco tempo. “Esse é nosso primeiro ano com o método Poliedro que já nos deixou muito contente, provando que o nosso corpo docente é competente, afinal de contas ficamos no último simulado, de todos os colégios de todo o Brasil, em 13º lugar das escolas filiadas ao método”, comemorou, ao salientar que vários alunos obtiveram classificações exemplares. “Temos já mais de 30 alunos que ficaram entre os melhores do Brasil. Destacando um aluno do 4º ano, Arthur Lampert que ficou em 1º lugar no simulado das escolas que utilizam o método. Bem como, Augusto Mariano Bernardi do 9º ano, que ficou em segundo lugar, mas sempre dentre os 10 primeiros colocados, dos vários simulados que ele fez. Pelos levantamentos, nossas classificações são muito boas, pois a maioria dos alunos que almejavam determinados cursos conseguiram, então são resultados que nos deixam felizes”, pontuou.

Obras da Unemat são vistoriadas durante visita de reitora a Tangará

Reitora Ana Maria Di Renzo esteve ontem no campus de Tangará da Serra

A reitora da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), professora Ana Maria Di Renzo, esteve nesta terça-feira, dia 31 de outubro, em Tangará da Serra, onde participou de uma série de atividades juntamente com o corpo docente do campus. Além de conversar com professores e gestores, a reitora aproveitou sua passagem por Tangará da Serra para conhecer de perto as obras que estão sendo executadas na universidade, que deverão ser inauguradas em breve. 

De acordo com a professora Ana Maria, a visita faz parte da programação anual estabelecida pela Unemat, oportunidade em que são repassadas aos profissionais atualizações sobre as políticas educacionais desenvolvidas pela atual gestão.

“Temos esse compromisso de visitar os campus todos os anos, isso é de praxe. A finalidade é atualizar informações, situar a comunidade acadêmica frente as políticas que a gente vai desenvolvendo, socializando assim todas as ações que nós temos feito”, comentou a reitora, destacando que profissionais técnicos também participaram das atividades desenvolvidas durante sua visita.

Poupança Sicredi Captação líquida atinge R$ 2,134 bilhões e supera a meta prevista para 2017

Instituição financeira cooperativa aproveita o Dia Internacional da Poupança, comemorado no dia 31 de outubro, para reforçar a importância de se manter uma reserva financeira

Passado o período mais crítico da crise econômica brasileira, a população retoma a confiança na recuperação da economia. Um dos termômetros para a sensação de otimismo é o resultado da caderneta de poupança, que depois de atravessar vários meses no vermelho volta a registrar saldo positivo no país. O Sistema Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 3,6 milhões de associados e atuação em 21 estados, registra incremento líquido – diferença entre os depósitos e as retiradas – de R$ 2,134 bilhões este ano até 20 de outubro, superando em 47,7% a meta prevista para todo o ano de 2017, que era de R$ 1,444 bilhão. 

Na região Centro Norte, que abrange os estados de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, o desempenho da poupança do Sicredi também foi positivo. Até 20 de outubro a captação líquida foi de R$ 212,464 milhões, incremento de 127% sobre a meta fixada para o ano, que era de R$ 167,137 milhões. Na avaliação do presidente do Sicredi Centro Norte, João Spenthof, os resultados provam que os associados estão conscientes da necessidade de se manter uma reserva financeira e de que os recursos aplicados voltam para eles de três formas. “A primeira é a própria remuneração do investimento; a segunda é que os recursos retornam para ele quando ocorre a distribuição dos resultados da cooperativa, ao fim de cada exercício; e a terceira é em crédito rural, já que parte dos recursos depositados na poupança é redirecionada a esta atividade econômica. Então, quando os associados investem na poupança todos ganham e contribuem para o desenvolvimento local”. 

A perspectiva é que os números melhorem ainda mais até o fim deste ano, demonstrando que os associados estão se organizando mais financeiramente e destinando parte de seus ganhos para a poupança, que é o tipo de investimento mais tradicional entre os brasileiros. E no Dia Internacional da Poupança, comemorado no dia 31 de outubro, o Sicredi reforça a importância do planejamento financeiro para a realização de sonhos e para o desenvolvimento regional. “Nossos assessores e consultores de negócios estão nas agências prontos para orientar nos associados quanto aos investimentos disponíveis, sendo que a poupança é o mais tradicional, simples e seguro, o primeiro passo para quem quer investir”, considera Spenthof. 

A consultora de Negócios da Central Sicredi Centro Norte, Juliana Rodrigues, acrescenta que, o associado que tiver dificuldades em organizar os investimentos pode começar pela poupança programada, cujas aplicações mensais podem ser feitas por débito automático ou depósito, e em diferentes valores. 

Festival do Sorvete reúne centenas de crianças em uma doçura de tarde

O evento já acontece há 22 anos e tem por objetivo levar um dia diferente às crianças

Nem mesmo a inesperada chuva que caiu sobre Tangará da Sera na tarde de ontem foi capaz de atrapalhar o Festival do Sorvete realizado na Vila Olímpica Rei Pelé em frente ao ginásio de esportes Douglas Poyane. A festa começou às 14 horas e contou com a presença de famílias inteiras que foram acompanhar os filhos que ganharam as tacinhas que davam direito a sorvete da melhor qualidade.

O evento já acontece há 22 anos e tem por objetivo levar um dia diferente às crianças, uma vez que outubro é o mês em que se comemora o Dia da Crianças. “Esse é o vigésimo segundo evento da Casa da amizade e tem por objetivo comemorar o dia das crianças, quando a gente aproveita o mês de outubro e deixa todos os eventos passarem e encerramos assim, como muita doçura e alegria. Fechamos com chave de ouro”, informou a presidente da Casa da Amizade- Associação de Senhoras de Rotarianos (ASR), Josenilda Aves dos Santos Bernardi.

De acordo com Josenilda, a festa somente acontece, graças a colaboração de vários parceiros que contribuem para a aquisição das taças, que depois são distribuídas nas escolas. “Esse ano fizemos 5.500 taças e contamos com a parceria grande do comércio e dos profissionais liberais que nos ajudaram demais”, pontuou.

Sicredi realizou Trilha da Cooperação no domingo

Evento contou com participação de 50 ciclistas

O Sicredi Sudoeste realizou no último domingo, 29, a primeira edição da Trilha da Cooperação em Tangará da Serra. 50 participantes largaram da agência da cooperativa localizada na Avenida Tancredo Neves às 06h30 da manhã e percorreram 40 quilômetros, passando por propriedades rurais de associados da empresa. De acordo com Keila Volkmer, assessora de comunicação e marketing do Sicredi Sudoeste, a experiência foi positiva e proveitosa para o grupo de ciclistas e os 15 colaboradores que atuaram na equipe de apoio. “Foi bem bacana. Fizemos algumas paradas onde os ciclistas puderam conhecer um pouco dos associados falando sobre a produção deles. 

Produções de água de coco, queijo, mamão, então eles puderam provar dessas produções e conhecer um pouco do ciclo de cooperação”, explica, ao pontuar que os produtores rurais captam recursos com a cooperativa e investem na região. O grande objetivo do evento foi despertar nos participantes o entendimento do conceito do cooperativismo. Keila relata que o trajeto foi pensado justamente para que cada um pudesse ajudar ao outro em determinados momentos. “Colocamos palavras espalhadas no trajeto, que são os valores do cooperativismo e nessas paradas, eles pegavam as palavras para depois formarem as frases. Saíram depoimentos bem legais de como colaborar. Teve gente até que a bicicleta quebrou e teve que ser ajudada para poder continuar o trajeto. 

Parceria entre Helena Junqueira e Eda Taques fortalece rede de proteção social

Helena Junqueira e Eda Taques entregaram kits para as agentes comunitárias de saúde

A Primeira Dama e Coordenadora Voluntária da Sala da Mulher de Tangará da Serra, Helena Simões Matias Junqueira, esposa do Prefeito Fábio Martins Junqueira, firmou uma parceria com a mãe do Governador Pedro Taques, Eda Gonçalves Taques, durante a realização da 10ª edição da Caravana da Transformação sediada pelo Município.

A união de esforços entre a Primeira Dama e a mãe do Governador, ambas voluntárias em ações promovidas junto aos Poderes Executivos do Município e do Estado, visa o fortalecimento da rede de proteção social formada por profissionais, entre agentes comunitários de saúde e assistentes sociais. “São equipes técnicas fundamentais na rede de atenção primária, pois são eles que estão mais próximos dos problemas que afetam diretamente a comunidade”, salientou a Helena.

Durante o ato de entrega dos cartões do programa Pró-família em Tangará da Serra, Helena Junqueira, Eda Taques e a Secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, Monica Camolezi, realizaram a entrega de kits para as agentes comunitárias de saúde. “Elas auxiliam na promoção do cuidado à saúde da população, alertando, prevenindo e identificando os problemas de cada região. No Pró-Família essa relação de confiança entre o agente e a população é primordial para a superação da pessoa da condição de vulnerabilidade”, afirmou a Secretária.

Cada agente comunitária de Saúde é responsável pelo atendimento de cinco a 12 famílias, além de realizar visitas mensais, oferecendo orientações de saúde, incluindo as alimentares, relacionadas ao consumo com o cartão alimentação. “As agentes podem encaminhar as pessoas atendidas pelo programa aos serviços que necessitarem em todas as áreas do poder público, tais como educação, segurança, defensoria, entre outros”, enfatizou Helena Junqueira.

A Primeira Dama de Tangará e Eda Taques efetuaram a entrega de um cartão com crédito de R$ 300 para os agentes comunitários de saúde, a ajuda de custo é de R$100. Atualmente, a rede de apoio é formada por 992 agentes comunitários e 82 assistentes sociais em todo o Estado. “As famílias beneficiadas e equipe técnica podem fazer as compras em mercados em todo o Estado que estão aptos para receberem o cartão alimentação do programa Pró-Família. A rede credenciada está distribuída nos 141 municípios que aderiram ao programa da Setas, incluindo Tangará da Serra”, pontuou Helena.

Fonte: Diego Soares - Assessoria de Imprensa

Cemitério recebe preparativos para o Dia de Finados em Tangará

Dia dos Finados será lembrado no dia 02 de novembro

No próximo dia 02 de novembro será vivido o dia dedicado aos entes queridos, pessoas que passaram por este mundo e que por um motivo ou outro vieram a falecer. Neste dia é comum os cemitérios receberem um grande número de pessoas que acendem velas nos túmulos e rezam pela salvação daqueles falecidos e também para participar das celebrações religiosas.

Em Tangará da Serra, tendo em vista o grande número de pessoas que passarão pelo Cemitério Jardim da Paz na próxima quinta-feira, a direção já está se mobilizando no sentido de garantir uma boa estadia para esses familiares que irão homenagear seus entes queridos.

De acordo com informações prestadas pela equipe da Funerária Santa Cruz, os trabalhos de limpeza iniciaram há aproximadamente dois meses. “Estamos fazendo esse trabalho de manutenção geral. A gente pede a colaboração da população, para recolher eventuais lixos e assim poluir o menos possível o meio ambiente”, comenta a direção, destacando que a Funerária Santa Cruz está com a intenção de disponibilizar caixas de água no local, preocupada com seu desperdício. “A economia de água é importante. No total, são sete mil sepulturas, então muitos familiares vão para lavá-las. Nossa intenção é colocar essas caixas como reforço, evitando com que as pessoas deixem torneiras abertas ou algo do tipo”, relatou.

Para facilitar o acesso dos familiares no período que antecede o Dia dos Finados, a Funerária está deixando um dos portões abertos em horário estendido. “Estamos abrindo todos os dias às 7 horas da manhã e deixando o portão menor aberto até o escurecer, com objetivo de oferecer um tempo maior para limpeza, especialmente àqueles que não podem em horário comercial”, relatou.

“Pedimos para que todos se programem com antecedência, fazendo a limpeza durante esta semana, de preferência até a sexta-feira, para que no dia de homenagear seus entes queridos tudo esteja limpo e organizado”, finaliza a equipe da Funerária Santa Cruz.

Fonte: Rodrigo Soares - Redação D

267 famílias são contempladas com Programa Pró-família

Tangará da Serra é um dos Municípios de Mato Grosso contemplado com o Cartão Pró-família, uma iniciativa do Governo do Estado que funciona em parceria com as prefeituras. Ao todo, somente em Tangará, 267 famílias foram beneficiadas com a entrega dos cartões, feita durante a realização da 10ª Caravana da Transformação no Município.

O Prefeito, Fábio Martins Junqueira e a Primeira Dama e Coordenadora voluntária da Sala da Mulher, Helena Simões Matias Junqueira, juntamente com o Governador Pedro Taques, efetuaram as entregas em evento realizado no auditório da UNIC, onde o Vice-prefeito Renato Gouveia e demais autoridades, como o Secretário Chefe da Casa Civil do Estado, Max Russi, e a Secretária de Trabalho e Assistência Social, Monica Camolezi também participaram.

“O programa Pró-família, além da transferência de renda de R$100 por família, garante o apoio multidisciplinar e preferência nos cursos de qualificação e vagas de emprego. Temos a informação que mais de 80% das entregas são feitas para mulheres, que são chefes da família”, informou o Prefeito.

A Primeira Dama, Helena Junqueira, destacou a importância social do Programa. “Não é apenas um programa de transferência de renda. Tem um sentido muito mais amplo, pois fortalece essas famílias com uma rede de proteção social”, enfatizando ainda que o principal objetivo do Pró-família é que os beneficiários consigam ter acesso à qualificação e se recolocar no mercado de trabalho. “Esse é o principal ganho do programa”, finaliza Helena.

Fonte: Diego Soares - Assessoria de Imprensa

Escritora tangaraense lança hoje sua mais nova obra

Esse é o segundo livro escrito pela autora Marli Reis dos Santos

Um ressurgimento. Uma forma de fazer da dor possibilidade de ajudar outras pessoas. Assim Marli Reis dos Santos me pareceu enquanto falava de sua mais nova criação. Tia Marli, como é mais conhecida, lança hoje, seu segundo livro infantil, ‘Grilegre’.

A autora escreveu o livro durante um período de recolhimento, quando por motivos de saúde, se ausentou da sala de aula, e contou de forma inconteste com o apoio de pessoas próximas para lhe animar, incentivando-a inclusive, a escrever um segundo livro, já que fazem exatos 10 anos da publicação de seu livro anterior. Com a saúde abalada, Marli buscou na leitura, na meditação e na vontade de ajudar outros com seu dom força para se levantar. Após terminar o livro, a autora descobriu laços de sua vida com a do personagem que criou, percebendo aí, a força da fé que a move e a guia todos os dias. “Essa historinha, essa semelhança eu descobri na semana passada, quando ele já estava impresso uma parte da minha história em formato de parábola. Em 2005 eu estava de licença médica, como se eu estivesse na gruta da solidão e eu lembrei do incentivo de três profissionais que me incentivaram nesse período a escrever um livro e eu acatei a ideia”, relembra a escritora. “Eu queria escrever sobre os encontros consonantais, mas além disso, descobri que meu livro é rico em trava- línguas”, relata, aos destacar que sem saber contou de forma lúdica sua história. “Criei então um personagem muito barulhento, muito tagarela e até indiscreto, porque esse grilo gosta de cricrilar com amigos, o que acaba por estressar quem está por perto, e isso significa os momentos da minha vida, quando as crises depressivas aconteciam na frente dos meus colegas de trabalho e até de meus alunos”, ressalta.

Apesar de muitos momentos ruins Grilegre consegue sair da gruta onde está enclausurado e assim como a autora, que lança hoje sua mais nova obra, tem motivos para agradecer e sorrir.

Grilegre é uma obra indicada para complementar as atividades didáticas com encontros consonantais de uma forma literária. O livro apresenta ainda, vários trava-línguas, onde percebe-se a beleza da sonoridade das palavras sem tropeços, incentivando a leitura recreativa das crianças.

O lançamento acontecerá na Livraria Ideias, a partir das 20 horas. Durante o lançamento a obra será vendida a R$ 15, posteriormente custará R$ 20.

Rosi Oliveira - Redação DS

Dia D para exames de mamografia acontece amanhã em Tangará

Intensificação dos exames faz parte de programação do Outubro Rosa no município

Fazendo parte da programação do Outubro Rosa, campanha que tem por finalidade conscientizar a população sobre a importância de prevenir o câncer de mama, a Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra promoverá amanhã, dia 27 de outubro, o Dia D para exames de mamografia.

De acordo com o secretário de Saúde, Itamar Bonfim, a ação será realizada na sala da saúde da mulher, localizada no Posto Central, onde 100 exames serão realizados no decorrer do dia.

“Será o Dia D do Outubro Rosa dentro da programação do município. Serão realizados 50 exames de manhã e mais 50 a tarde em mulheres que haviam procurado o Posto de Saúde Central e fizeram o agendamento para serem atendidas, então essas pessoas já estão pré agendadas. O resultado sairá no máximo em dez dias, devido ao novo aparelho de mamografia que o município possui, proporcionando maior agilidade e celeridade para o diagnóstico precoce”, comentou o secretário, ao destacar que além dos exames de mamografia, o Dia D também contará com outros serviço voltados para saúde da mulher na rede pública de saúde.

“Também na próxima sexta-feira, todas as unidades de saúde da família estarão abertas para receberem as mulheres, que poderão realizar o exame preventivo de colo de útero, o papanicolau. Até os médicos da rede básica estarão envolvidos nesses preventivos, ajudando os enfermeiros. Se tiver alguma situação grave que precise da intervenção do médico, ele irá intervir”, afirmou Itamar, informando ainda que a atendimentos nas Unidades de Saúde da Família (USF’s) funcionarão das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Conforme o Diário da Serra já veiculou em edições anteriores, o município realizará no próximo dia 30, um seminário no auditório da Unic, finalizando a programação do Outubro Rosa em Tangará da Serra. “Esse evento envolverá um médico ginecologista, que falará do câncer de mama. (…) Esse seminário será destinado principalmente para os profissionais e estudantes da área da saúde”, disse Bonfim.

Fonte: Rodrigo Soares - Redação DS

Mais de R$ 700 mil são garantidos para Projeto Produtor de Água

Secretário de Meio Ambiente, Magno César

Com a proposta de realizar pagamentos de valores financeiros ao proprietário rural que preservar ou reflorestar as áreas em torno de nascentes e leitos de cursos das água do rio Queima Pé, o projeto Produtor de Água, por meio do Programa de Pagamento Por Serviços Ambientais (PSA), já tem garantido o montante de R$ 757.271,90 para ser executado em Tangará da Serra. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Magno César, R$ 68 mil desse total fazem parte da contrapartida depositada pelo município, que agora iniciará os trâmites da licitação para viabilizar as devidas medições e posteriormente executar as compensações. “É um projeto que já foi inclusive aprovado pela Câmara, sendo que agora estamos encaminhando ele para o departamento de licitação. (…) Licitando e havendo a empresa vencedora, já começaremos a desenvolver o projeto”, relatou o secretário, ao destacar que para a compensação é necessário que os produtores cadastrados façam algumas melhorias nas suas propriedades, como cercamento de área de preservação permanente (APP), recuperação de nascentes, construção de ‘barraginhas’ e adequação de estradas.

A coordenadora de resíduos sólidos do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), Iolanda Arantes, afirmou que as devidas fiscalizações serão realizadas para verificar se os produtores estão dentro das condições do projeto. “A partir dessas benfeitorias, que serão feitas nas propriedades que se cadastrarem, será realizado o pagamento para cada produtor manter a preservação. O pagamento será um bônus para ele (produtor) manter, e mais pra frente a gente não ter problema com a baixa vazão do Queima Pé”, relatou a coordenadora.

Fonte: Rodrigo Soares - Redação DS

Prova Brasil começa a ser aplicada em escolas estaduais

Mais de 84 mil estudantes da rede estadual serão avaliadas

Começou nesta semana a Prova Brasil, que tem como objetivo fazer um diagnóstico da educação básica ofertada em todo o país. Em Mato Grosso, 1.237 instituições serão avaliadas dentro da metodologia do Sistema de Avaliação da Educação Básica – Saeb. A aplicação da prova segue até o dia 3 de novembro.

De acordo Maria Aparecida Perez Toló, do Núcleo de Gestão da Avaliação da Educação Básica da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), 620 escolas estaduais que atendem o 5º Ano e 9º Ano do Ensino Fundamental e o 3º Ano do Ensino Médio serão avaliadas, representando uma média de 84 mil estudantes.

Ela ressalta ainda que ao todo, 3.224 turmas dessas unidades serão avaliadas. Além da rede estadual, participam da avaliação 534 escolas municipais, 15 Institutos Federais e 68 escolas privadas.

A secretária adjunta de Gestão Educacional e Inovação da Seduc, Marioneide Kliemaschewsk, reforça que as avaliações devem ser utilizadas como parte integrante do processo de ensino e aprendizagem, já que nelas, os alunos podem desenvolver habilidades e raciocínios específicos.

“O objetivo é avaliar a qualidade do ensino brasileiro a partir de testes padronizados e questionário socioeconômico. O resultado desta proficiência, somado às taxas de evasão e retenção, compõe o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, ressalta a secretária.

A prova - Na edição de 2017, que começou no dia 23 de outubro e segue até o dia 3 de novembro, os alunos serão avaliados em Língua Portuguesa, Matemática e questionários voltados para os estudantes, professores, diretores e escola.

Fonte: Yuri Ramires - Seduc-MT

Dez escritores de MT recebem prêmio de literatura na quarta

Entre os escritores premiados está o tangaraense Alexandre Rolim

Dez escritores devem receber o 2º Prêmio Mato Grosso de Literatura, que será realizado às 19h30 desta quarta-feira, 25, no Salão Nobre Cloves Vettorato, no Palácio Paiaguás, em Cuiabá. A cerimônia, que conta com o lançamento das obras premiadas e noite de autógrafos, terá a presença dos autores premiados, comunidade literária, autoridades e comunidade. A solenidade é aberta ao público.

Segundo a Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT), com um total de 89 inscrições, a segunda edição do concurso se consolida como uma das principais vitrines para os escritores residentes em Mato Grosso. Foram selecionadas 10 obras literárias contempladas com R$ 30 mil cada, totalizando R$ 300 mil investimentos.

O projeto pretende democratizar o acesso ao livro; além de fomentar e valorizar a leitura no estado. Os trabalhos selecionados são inéditos e contemplam as seguintes categorias: duas obras em poesia, quatro obras em prosa, duas obras na categoria revelação e duas obras na categoria infantojuvenil, uma novidade na segunda edição do certame.

Entre os escritores premiados nesta edição, o tangaraense Alexandre Marcos Rolim de Moraes, na categoria Revelação, com o livro Tikare, alma de gato. O livro, o primeiro romance do autor, foi lançado nesta segunda-feira, 23, na Aldeia do Formoso e posteriormente a cerimônia em Cuiabá, será lançado em Tangará da Serra. 

Além dele, foram premiados na Categoria Poesia: Gênero, número, Graal, de Luiz Renato Souza Pinto; e Entraves, de Divanize Carbonieri. Na categoria prosa: Os mesmos, de Teodorico Campos de Almeida Filho; O assassinato na Casa Barão, de Marcelo Leite Ferraz; Contos do Corte, de Afonso Henrique Rodrigues Alves; e As intermitências da água, de Fernando Gil Paiva Martins. Na Infanto Juvenil: Papo cabeça de criança travessa, de Maria Cristina de Aguiar Campos; e Mundo dos sonhos, o ferreiro e a cartola, de Victor Hugo Machado dos Anjos; e na Categoria Revelação, ao lado de Alexandre Rolim, o livro Nu, de Helena Werneck dos Santos.

Fonte: Redação DS - G1MT

Escolas Estaduais de Tangará vão receber R$50 mil cada uma, de emendas do deputado Saturnino Masson

As Escolas Estaduais Emanuel Pinheiro, Patriarca da Independência e Ramon Sanches vão receber R$ 50 mil reais (cinquenta mil reais) cada uma, por meio de emendas do deputado Saturnino Masson (PSDB), para aquisição de serviços.

De acordo com a diretora da Escola Estadual Patriarca da Independência Silvana Rodrigues Verciano, a escola conta com 400 alunos do 1º ano até o ensino médio. Para ela, o valor da emenda chega na hora certa, já que será preciso fazer uma cobertura de tela na quadra poliesportiva. “Precisamos contratar uma empresa que faça a cobertura, com telas da quadra, por causa da quantidade de pombos que se abrigam no teto. Tendo em vista que essa quadra poliesportiva atende além dos alunos, toda a comunidade”, declarou Silvana.

Rose Maria Abrahão é diretora da Escola Ramon Sanches, que atende cerca de 700 alunos, com os R$ 50 mil, ela vai fazer uma pintura geral na escola. “Vamos pintar a escola, por dentro e por fora. Queremos agradecer o deputado Saturnino que sempre se preocupa com a educação do município e quando precisamos dele, nos atende”, disse Rose.

Para a diretora da escola Emanuel Pinheiro Vilma Bento Mariano os recursos recebidos serão investidos na reforma do banheiro masculino e feminino. “A escola está precisando de várias coisas, mas a reforma dos banheiros é nossa prioridade, depois precisamos também da manutenção das câmeras e colocação de vidros”, acrescentou Vilma. 

“Procuro atender as demandas que chegam até o meu gabinete, me preocupo com as instalações físicas das escolas de Tangará da Serra. Quero que os estudantes e professores tenham condições dignas para um melhor ensino e aprendizado”, declarou Saturnino.

Fonte: Rosangela Milles /Assessoria de Gabinete

Buscando estreitar relacionamento governo se reúne com imprensa local

Na oportunidade, estiveram presentes, a imprensa local, bem como, acadêmicos do curso de Jornalismo da Unemat

Buscando estreitar o relacionamento com o interior, o Governo do Estado, através do Gabinete de Comunicação, realizou na noite de ontem, um encontro cujo foco principal foi a imprensa local. Com o tema- Diálogos com a Imprensa: Novos desafios de Mato Grosso para 2017, o evento foi realizado na Associação Comercial e Empresarial de Tangará da Serra (Acits) e contou com a presença do Secretário de Estado de Comunicação, Kleber Lima, que falou sobre a importância dessa aproximação entre as partes, ou seja, imprensa e governo. 

“ Desde que as caravanas começaram e depois que eu fui para o governo, a ordem do governador é que queria valorizar mais os profissionais da imprensa do interior, que a gente compreende a dificuldade de acesso que os colegas muitas vezes tem para falar com as fontes oficiais, com as autoridades para obter as informações de interesse local”, relatou, destacando que com a Caravana da Transformação surge essa oportunidade de estreitar essa aproximação. “Então a caravana como o governador Pedro diz, é o governo sobre rodas, quando o governo inteiro vem para o interior e a comunicação também, para a gente conhecer os colegas, tirar dúvidas, conversar com a imprensa e poder estreitar esta relação”, frisou o secretário, ao salientar que a relação entre as partes, deve ser de interesse comum, que é o bem estar da população.

Segundo Lima, a presença maciça do governo demonstra a boa vontade que o mesmo tem pela aproximação e harmonia. “O nosso papel é esse de interagir com a imprensa, demonstrando a vocês a disposição que temos de atendê-los. E reforço que estamos em Cuiabá a inteira disposição, porque sem vocês nós não conseguimos dialogar com a sociedade”, afirmou. “É por isso que o encontro de hoje se chama, Diálogos com a Imprensa”, pontuou Kleber Lima.

Na oportunidade, estiveram presentes, a imprensa local, bem como, acadêmicos do curso de Jornalismo da Universidade de Mato Grosso (Unemat).

Embora com um pequeno atraso, o governador Pedro Taques também esteve presente ao evento, acompanhado por secretários de várias pastas do governo. O atraso se deu pelo fato do governador ter que cumprir agenda no vizi nho município de Nova Olímpia onde realizou a entrega dos cartões do Pró Família, o que também acontecerá em Tangará da Serra hoje, durante sua estadia no município.

Rosi Oliveira - Redação D

Cerca de 120 casais oficializarão união neste sábado, no auditório da Unic

A celebração iniciará às 10h, com a participação de cerca de 120 casais

O auditório da Unic de Tangará da Serra ficará na memória de muitos tangaraenses. Isso porque o local foi escolhido para realização da cerimônia civil de casamento de cerca de 120 casais, neste sábado, 21 de outubro.

De acordo com o diretor do Fórum da Comarca de Tangará da Serra, juiz Flávio Maldonado de Barros, o celebração civil do Casamento Comunitário terá início as 10h, porém, aos casais habilitados para participar da cerimônia, o Poder Judiciário pede que cheguem até às 8h, pois haverá serviços de maquiagem a todas as noivas. “Será fornecido gratuitamente a maquiagem a essas noivas, assim como uma foto do casal, em um local próprio e preparado, para que sejam produzidas”, explica o magistrado, ao destacar que a intenção é que o casal possa guardar uma recordação desse momento tão importante. 

A cerimônia contará com a presença de diversas autoridades, que comporão uma mesa de honra, assim como a cerimônia civil, com juiz da paz, e uma benção religiosa ecumênica. “Haverá a troca de alianças, assim como todo aquele rito necessário para realmente marcar esse momento”, adianta, ao explicar que em torno de 120 casais participarão da cerimônia. Esse número, segundo Maldonado, ainda não foi finalizado, pois alguns casais ainda estão pendentes com documentação. “Estamos pedindo esses documentos dos cartórios e pode ocorrer que algum não venham a tempo. Não é a nossa expectativa e não depende da nossa vontade, mas estamos correndo”. 

Ainda de acordo com o magistrado, a maioria dos casais que buscaram regularizar essa situação já moram juntos há muitos anos. “Vive-se uma situação de união estável e um sonho do casamento, e essa caravana vem justamente propiciar as condições para que essa cerimônia se realize”. A solenidade faz parte da programação da Caravana da Transformação realizada pelo Governo do Estado em Tangará da Serra, em ações de cidadania. 

Vale lembrar que, por ser um local fechado, será necessário que os casais e testemunhas tenham compreensão quanto ao número de participantes (familiares). “Mas o objetivo maior é que os casais celebrem aquela cerimônia, que realizem esse sonho (...) alguns detalhes podem não ficar o ideal, mas o objetivo será realizado. Por isso que peço que, caso não caiba todo mundo no local e tenham que ficar de pé, que compreendam, pois todos estão imbuídos em proporcionar o melhor”.

Fabíola Tormes - Redação DS

Unemat abre edital para contratação de Intérprete de Libras

Campus de Tangará da Serra contará com intérprete de Libras

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) campus Tangará da Serra, abriu edital para a contratação temporária de profissionais do Ensino Superior para o cargo de intérprete de Libras. De acordo com a coordenadora do curso de Letras, professora Regiane Custódio, o objetivo é atender a necessidade de excepcional interesse público decorrente do compromisso de assegurar a acessibilidade aos alunos com deficiência matriculados e docentes da universidade em Tangará da Serra.

“Nesse ano de 2017 já é a segunda vez que a Unemat abre inscrições para contratar profissional Intérprete de Libras. O primeiro edital saiu no primeiro semestre, mas infelizmente recebemos apenas uma inscrição e o candidato não compareceu para fazer a prova. Agora a Unemat, preocupada com a acessibilidade e como instituição democrática de ensino superior, novamente possibilita a contratação deste importante profissional”, comentou a coordenadora, ao destacar que as inscrições encerrarão no próximo dia 23 e que não será cobrada taxa para o certame.

O processo seletivo compreenderá duas etapas: na primeira delas, acontecerá uma prova didática de caráter eliminatório e classificatório e, na segunda etapa, ocorrerá a avaliação de títulos, de caráter unicamente classificatório.

A jornada de trabalho do profissional será de 30h e é necessário certificação de Ensino Médio completo e Certificado de qualificação de Intérprete de Libras por instituição reconhecida pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc), Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis), Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines) ou Programa Nacional para a Certificação de Proficiência no Uso e Ensino da Língua Brasileira de Sinais (Prolibras).

Rodrigo Soares - Redação DS