PRP também oficializa apoio a PR e PDT e lançará sete candidatos a vereador

O Partido Republicano Progressista (PRP) também realizou na noite de quarta-feira, 27, no centro de Tangará da Serra, sua convenção para escolha de seus candidatos a vereador e formação de coligações com outras legendas para as eleições de 2012. O encontro contou com presenças de dezenas de filiados e simpatizantes do partido.

De acordo com o presidente perrepista, o jornalista Dorjival Silva, os convencionais aprovaram por unanimidade coligação majoritária com o Partido da República (PR), o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e o Partido Popular Socialista (PPS) que têm como candidatos para prefeito Rubens Jolando e vice-prefeito Idail Trubian.

Os convencionais também aprovaram por unanimidade coligação nas proporcionais com Partido Democrático Trabalhista (PDT), Partido Popular Socialista (PPS) e Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Nessa coligação denominada temporariamente de “Chapa 02”, ficou aprovado para o PRP a indicação de 7 nomes, sendo 4 homens e 3 mulheres. O PDT indicou 10 nomes, o PPS 4 nomes e o PCdoB 6 nomes.

A Convenção do Partido Republicano Progressista contou também com as presenças do presidente municipal do PR, deputado estadual Wagner Ramos e do candidato majoritário da sigla Rubens Jolando.

Fonte: Redação DS

Frentinha oficializa união nas proporcionais e apoio a Jolando e Trubian

O Partido Social Cristão (PSC), o Partido da Mobilização Nacional (PMN) e o Partido Trabalhista Nacional (PTN), a chamada Frentinha, que vêm andando juntos desde o mês de abril, chegando, inclusive, a anunciar a pré-candidatura de Wagner Gouveia (PSC) a Prefeitura de Tangará da Serra, oficializou na noite de ontem, em convenção, o apoio a coligação “Tangará: um novo tempo”, que traz como nomes à majoritária Rubens Jolando (PR) e Idail Trubian (PDT).

O grupo oficializou ainda que andará junto nas proporcionais, isto é, nas candidaturas a vereador. A intenção da Frentinha, que lançará 28 candidatos, é eleger ao menos um parlamentar com a possibilidade de um segundo. A chapa com os nomes também foi apresentada ontem com pelo menos nove candidatos de cada partido.

“O PMN, o PSC e o PTN já estão há 60 dias conversando. Em comum acordo decidiram caminhar juntos nas proporcionais e hoje [ontem] estivemos juntos em convenção e decidimos apoiar o PR junto com o PDT com os candidatos a prefeito e vice-prefeito, sendo o Jolando e o Idail Trubian, e na proporcional decidimos devido a afinidade que temos. Vimos que Tangará precisa de mudança e vimos neste grupo a esperança de uma renovação, como diz o próprio nome, um novo tempo para Tangará”, disse o presidente do PMN, Murilo Roniclei.

“A Frentinha, como era denominada a junção de PTN, PMN e PSC, tinha uma proposta de novo para Tangará da Serra. O que é novo? São pessoas com os mesmos objetivos, os mesmos ideais, pensamento voltado para Tangará e não pensamento próprio – acho que temos que pensar no que é bom para Tangará, para a população de Tangará. Então casando as ideias e ouvindo propostas decidimos entrar nesta coligação”, falou ao DS o presidente do PTN, Mário Robson Rodrigues.

“Como o próprio nome já diz – a primeira coisa que nos motivou a aderir a este grupo é a necessidade que Tangará tem pelo novo, que olhe para Tangará e queira que ela cresça, com novidades, novos nomes e novas opções e isto nos motivou a estar com este grupo. Na proporcional, com a frente dos três partidos acredito que somos pares, temos afinidade e o mesmo nível de coeficiente de votos e é um grupo bom”, pontuou o presidente do PSC, Uzias de Souza Santos.

O presidente do PR, deputado estadual Wagner Ramos, também esteve no encontro da Frentinha.

Fonte: Alexandre Rolim - Redação DS

Câmara realiza oficina para mobilizadores sociais pela educação

A Câmara de Vereadores de Tangará da Serra, estará realizando nos dias 03 e 04 de julho, uma oficina de capacitação para formar mobilizadores sociais pela educação. A oficina se deu, tendo em vista o projeto de lei da Vereadora Vânia Regina Ladeia (PR), que está em tramitação no legislativo, onde o objetivo é formar e constituir um comitê que possa fazer esta mobilização.

“Mobilização, envolvimento, capacitar. São todos termos que devem ser levados em consideração. Para que se monte um comitê, necessita de treinamento, de conhecimento e por isso que nós estamos trazendo e ofertando esta oficina para a sociedade tangaraense”, relata Vânia justificando a então realização da câmara.

A oficina será desenvolvida por Sérgio Maia, que é técnico do Ministério da Educação e Cultura (MEC). Sérgio irá repassar as informações necessárias para que os participantes consigam desenvolver em seus setores de trabalho ou afins, “o técnico irá mostrar como cada cidadão pode atuar no seu segmento e a importância desta participação”, ressalta a vereadora lembrando que a oficina é aberta a toda a sociedade, mas principalmente para pais, professores, pessoas ligadas à clubes de serviço, igrejas, dentre outros, “tendo em vista cada setor que o técnico irá palestrar. (…) Na igreja, no clube de serviço, como este mobilizador poderá e deverá atuar para socializar as pessoas a respeito da importância da formação integral de cidadãos”, exemplifica Vânia.

COMITÊ – O projeto de lei, como relata a vereadora, se deu a partir de inúmeras análises de situações rotineiras que acontecem nas salas de aula, em todas as redes de ensino, para que assim pudesse formar uma concepção de trabalho mais unida e embasada, “vimos todos os problemas que a educação vem passando, todas as dificuldades dentro das escolas. Então a ideia do comitê seria para buscar uma mobilização mais específica e com a oficina acreditamos que este trabalho será muito mais eficiente, uma vez que os mobilizadores estarão prontos para agir dentro de suas áreas de trabalho”, pontuou.

A vereadora lembra que a importância da participação da oficina e da disseminação das informações obtidas, é de muito válido, para que se haja um maior compreendimento em um maior número de pessoas, “de fato, nós convidamos para participar, aquelas pessoas que realmente estejam interessadas em ser um mobilizador, que estejam interessadas em contribuir para o desenvolvimento da educação. E após a oficina, ou até mesmo o cursinho como chamamos, que este novo mobilizador repasse as informações, os aprendizados, para que consigamos formar um grupo cada vez maior de pessoas idôneas, capacitadas e preparadas para trabalhar por uma educação de qualidade”.

Se a sociedade e as famílias incorporarem a educação como valor essencial para os cidadãos, a árdua tarefa de transformar a educação brasileira será mais fácil. Além disso, pesquisas internacionais e nacionais mostram que, quando a família participa da educação de suas crianças e jovens, eles apresentam inúmeros resultados, como informa o próprio convite a sociedade que será distribuído pela câmara.

Para quem quiser se inscrever na oficina ou saber mais sobre o projeto do comitê,pode requerer as informações através dos
e-mails: imprensa@camaratga.mt.gov.br, lauro@camaratga.mt.gov.br, nalvacamara.tga@hotmail.com, vaniatrettel@hotmail.com, frankslandramos@hotmail.com. Ou através dos telefones 3311 – 4617, 3311 – 4618, 9627 – 6853, 9605 – 3848, 9642 – 0067, 9955 – 5267.

Fonte: Paula Ramos - Redação DS

PPA e LDO para 2013 serão tema de audiência pública nesta quinta-feira

A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra, através do Gabinete do Prefeito Saturnino Masson, informa que será realizada Audiência Pública referente à atualização do PPA – Plano Plurianual – e da LDO – Lei das Diretrizes Orçamentárias – para o exercício de 2013.

Aberta à população, a audiência será realizada nesta quinta-feira, dia 28 de junho do corrente, com início às 14h00, nas dependências da Câmara Municipal de Tangará da Serra, à Rua Júlio Martinez Benevides 195-S - Centro.

A discussão pública das duas matérias atende ao disposto no Parágrafo Único do Artigo 48 da Lei Complementar nº. 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal).

Fonte: Assessoria / Gabinete

Inscrições para XIV Tanfest já começaram

Com o objetivo de proporcionar aos artistas em geral a oportunidade de apresentar seus trabalhos inéditos ao público, incentivando poetas, escritores e compositores a persistirem na arte da literatura e no âmbito diverso da música, além de resgatar a prática dos festivais de música e descobrir novos talentos que será realizado nos dias 03, 04 e 05 de agosto, na Praça dos Pioneiros, o XIV Festival da Canção Inédita de Tangará da Serra (Tanfest), de âmbito Nacional.

O festival não acontece desde 2009, onde foi considerado um dos maiores festivais de música inédita de Mato Grosso e, sobretudo, um dos maiores da região centro oeste. A principal justificativa para a não realização do festival, se dava pela falta de apoio do Governo do Estado para com o município de Tangará da Serra.

“O município não conseguiu mais aprovar o projeto do festival, dentro dos editais da Secretaria de Cultura do Estado, então ficou inviável a realização. Então, nós fomos atrás de reverter este quadro e voltar a realizar o festival em nossa cidade”, destacou a responsável técnica do Ponto de Cultura Arte que Transforma e presidente da Associação Folclórica de Tangará da Serra (Afots), órgãos estes que serão os grandes realizadores do evento este ano.

Nesta edição a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, por meio do Departamento de Cultura, entrarão apenas como parceiros dentro do evento, “são parceiros, mas sem este apoio da prefeitura, não iriamos conseguir realizar. Conseguimos o respaldo do governo do estado e o tanfest se realizará com toda certeza”, avaliou Joeli.

PROPONENTES – Poderão participar do festival todos os compositores e intérpretes de qualquer localidade do Brasil, de 16 anos acima, desde que inscritos regularmente do dia 27 de junho, hoje ao dia 24 de julho, com composições de sua autoria e em Língua Portuguesa. Para maiores informações sobre o festival e regulamento, o interessado deve entrar em contato pelos telefones 3325-2155, 3311-5132 (ramal 5), 9914-3022 e 9997-2478. Ou também acessar o site da prefeitura, www.tangaradaserra.mt.gov.br, clicar no link da Semec, onde constará o edital do festival.

Ainda segundo Joeli, cada intérprete poderá concorrer com apenas duas inscrições, podendo ser um música de cada categoria, sendo música popular brasileira (MPB) e sertaneja, ou duas MPB ou duas sertanejas. Aos classificados do XIV Tanfest - nos dias 03, 04 e 05 de agosto –, nas categorias MPB e Sertaneja, os prêmios serão de R$ 2,3 mil e troféu para os primeiros lugares, R$ 1,8 mil e troféu para os segundos, R$ 1,5 mil e troféu para os terceiros, R$ 750 e troféu para os quartos lugares, R$ 500 para os quintos lugares. “A premiação será em cheque e os valores sofrerão dedução do Imposto de Renda Retido na Fonte conforme a tabela da Receita Federal”.

Fonte: Paulo Ramos - Redação DS

Em convenção, PPS, PR e PDT oficializam Jolando e Trubian

Começaram as convenções que definirão os candidatos à majoritária e às proporcionais nas eleições do próximo dia 07 de outubro. A primeira coligação às Eleições 2012 foi formalizada na noite de ontem. PPS, PDT e PR oficializaram em ata os nomes de Rubens Jolando (PR) e Idail Trubian (PDT) como candidatos à Prefeitura de Tangará da Serra. A decisão saiu em convenção unificada das três siglas na Chácara do Tuim. 

Acompanhado do deputado estadual e presidente do PR, Wagner Ramos, Jolando discursou e defendeu que é momento de começar uma nova página da história de Tangará da Serra sem olhar para o passado.“O sentimento é de muita alegria, de muita satisfação. Mais uma etapa vencida nessa jornada nossa de aglutinar os partidos em prol da candidatura nossa pelo PR e do Idail pelo PDT, ele vindo de vice na nossa chapa”, disse.

O candidato do PR destacou o grande número de partidos que compõe a coligação e outros que, segundo ele, estão certos e devem oficializar apoio nos próximos dias. “Nós conseguimos aglutinar até o momento 10 partidos, com possibilidade de fechar com 11, porque tem partidos que ainda decidirão em convenções, mas que já deixaram autorizados a utilização de seus nomes como nossos apoiadores”, falou.

Jolando disse acreditar que seu nome não terá problemas em ser aceita pela Justiça Eleitoral. “Sou candidato oficializado pelo partido e agora é só aguardar o registro na Justiça. Até porque nós temos todas as nossas certidões, nunca militamos na política, somos da vida privada. Então não temos nenhum entrave nesse momento. Acreditamos que fizemos uma boa escolha de companheiros que irão ajudar a alavancar esta candidatura a prefeito e vice”, finalizou.

Sob o lema “Tangará: Um novo tempo”, a coligação é formada ainda por DEM, PRP, PC do B, PSC, PTN e PMN. Além destes, outras três siglas, PSDC, PSL e PV também deverão decidir até o dia 30 por se coligar com o grupo, somando 12 partidos. O PV se reuniu ontem a noite e resolveu apoiar a coligação.

Já passada das 22 h quando o candidato a vice-prefeito, oficializado pelo PDT em ata, Idail Trubian, discursou defendendo que é hora de resgatar a dignidade de Tangará da Serra. “Tangará merece ser administrada por pessoas competentes e não por políticos de baixo nível. Queremos resgatar a dignidade de Tangará, com as pessoas certas e esquecer o passado”, falou.

Em reunião no auditório do Hotel Delcas, também na noite de ontem, o Democratas colocou a opção de apoiar a coligação de Jolando e Trubian em votação. Por 46 votos a 1, os democratas decidiram por apoiar a coligação intitulada “Tangará: Um novo tempo”.

Alexandre Rolim - Redação DS

Saturnino Masson viaja a Brasília para assegurar carteiras e ônibus escolares

Prefeito participará de ato oficial com a presidente Dilma Rousseff e o ministro Aloízio Mercadante.

Atendendo a convite formal do Palácio do Planalto, o prefeito Saturnino Masson viaja a Brasília na noite desta terça-feira para participar de ato de assinatura de termos de compromisso no Ministério da Educação. O ato oficial terá a participação da Presidente da República, Dilma Rousseff, e do ministro da Educação, Aloízio Mercadante.

Os termos de compromisso que serão assinados garantirão sete ônibus escolares para o transporte escolar do município, além de uma grande quantidade de carteiras escolares cujo número será oficializado ao final desta semana. Na capital federal, o prefeito deverá estar acompanhado do secretário de Educação do município, Júnior Pimenta.

Além dos ônibus e das carteiras escolares, Saturnino Masson confirmará no Planalto a vinda de mobiliário completo para a creche em construção no Jardim Califórnia, cujo convênio com o Governo Federal chega a R$ 1 milhão.

Outro assunto a ser tratado diz respeito ao núcleo do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT). Saturnino Masson quer acelerar este processo e argumentará junto ao MEC que o município já possui uma estrutura física adequada para receber o campus da instituição. “Queremos ganhar tempo e trazer o IFMT ainda este ano”, declara.

Fonte: Gabinete / SEMEC

Poder Público é intimado à cumprir suas responsabilidades com a Saúde tangaraense

O juiz de direito Cláudio Roberto Zeni Guimarães intimou os responsáveis pela Saúde Pública de Tangará da Serra para que compareçam ao Fórum da Comarca no dia 28 deste mês. O objetivo, segundo o próprio juiz, é mais uma vez tentar motivar o Poder Público a cumprir o que lhe compete no que se refere a gestão da Saúde Pública local.

A audiência foi motivada depois que a Quarta Vara Cível da Comarca de Tangara da Serra teve de expedir uma ordem judicial, interposta em favor de uma cidadã para a compra de medicação especial. De acordo com o juiz Cláudio Zeni, já inaceitável a Justiça fazer as vezes do Poder Público e obrigá-lo a cumprir com suas obrigações administrativas.

“Este é um assunto bastante tormentoso. Eu atuo como juiz diretor do Foro, e como juiz da 4ª Vara Cível, que em especial é ligada a feitos da Fazenda Pública, a gente vem sofrendo muito por conta eu diria que até um certo descaso com que a Saúde Pública local, sob a nossa ótica, está sendo conduzida”, disse o juiz.

Para ele, o Judiciário chegou ao ponto de ter de gerenciar a Saúde local. “O Poder Judiciário acredito que está fazendo até além do papel dele, porque hoje até se gerencia parte da saúde no que diz respeito a medicações, internações, cirurgias, em fim, dificuldade muito grande de parte do Poder Público, em especial do Executivo para dar vazão as decisões judiciais, para dar cumprimento as próprias decisões judiciais, contrariando todas as necessidades das partes, daquelas que vem à Justiça porque precisam de apoio já que não obtiveram diretamente da administração”.

De acordo com o juiz Cláudio Zeni antes desta já houve uma série de audiências com os poderes constituídos a fim de resolver a situação. “Essa não é a primeira reunião, em ocasiões anteriores tivemos as mesmas necessidades, as vazões, as soluções, os encaminhamentos foram dados, mas o que a gente sente é que infelizmente a situação voltou a piorar. São situações muito simples que vem desaguar no Poder Judiciário”.

Para ele, o tempo gasto em resolver problemas do tipo poderia ser usado para outros processos mais importantes. “O Judiciário está aqui, mas está assoberbado, poderia ter este tempo designado para outras atividades, de maior importância, de maior relevância, mas infelizmente a gente vem administrando a Saúde Pública, repito, de certo modo, e isto não nos compete diretamente, estamos fazendo em prol da resolução das decisões judiciais, mas precisamos de colaboração”.

O juiz aguarda a presença na audiência do prefeito Saturnino Masson (PSDB), do secretário de Saúde, Jairo Ayres, do presidente da Câmara Municipal, Luiz Henrique Barbosa Mathias (PTB) e de representantes do Ministério Público, da Defensoria Pública e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

“Espero que eles compareçam para que possamos debater de maneira mais abrangente possível para primeiro se houver consciência no gestor público que deem as soluções na via administrativa em amparo a situação de saúde daquele que necessita. Não sendo esta a hipótese, o que a gente não espera, que não crie empecilho as próprias decisões judiciais. O objetivo do Poder Judiciário não é estipular multas e depois vê-las sendo cumpridas pelo descumprimento de uma ordem judicial. A multa, que a gente chama de astreintes para o descumprimento? Sim, mas o objetivo maior é fazer cumprir e não vai adiantar muito porque vai onerar mais o Poder Público, mas eles não estão dando razão, não estão dando respeito a praticamente nada”, finalizou.

Alexandre Rolim - Redação DS

VII Plenária Estadual de Conselheiros de Saúde de MT

Os Conselheiros Gicelly Zanata e Humberto Ferreira estarão representando Tangará da Serra-MT na VII Plenária Estadual de Conselheiros de Saúde de Mato Grosso. O evento acontecerá nos dias 22 e 23 de Junho de 2012, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá-MT, e traz como tema: Informação e Avaliação da Participação do Controle Social no Sistema Único de Saúde - SUS. São aguardados aproximadamente 350 participantes.

A Plenária tem como objetivo promover a interação entre os conselheiros de saúde dos municípios afim de avaliar a atuação desses colegiados buscando assim, fortalecer o controle social nos aspectos conjunturais e estruturais das ações e serviços do Sistema Único de Saúde.

Humberto Ferreira - Redação

Com convenções marcadas, partidos entram na reta final de negociações para as eleições 2012

Os prazos da Justiça Eleitoral para a apresentação da documentação, bem como dos pré-candidatos dos partidos políticos está apertado. Esta semana, por exemplo, se finda o prazo para os partidos publicarem editais convocando seus filiados às convenções. Ontem, à noite, no Cartório Eleitoral de Tangará da Serra, as siglas receberam orientações sobre prazos e comportamento durante as eleições 2012.

A grande maioria dos partidos já marcou suas convenções, tendo em vista que dia 30 de junho é o último prazo para que aconteçam, definindo assim os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores de cada sigla.

As siglas que já agendaram suas convenções para a próxima semana são PPS, PDT e PR, cuja coligação tem como pré-candidatos a prefeito e vice, Rubens Jolando e Idail Trubian, respectivamente, para o dia 26, às 15h, na Chácara do Tuim; PSC e PMN, que decidem se vão apoiar o PSDB e PSD na ‘Todos por Tangará’, no dia 28 à noite, na Av. Lions Internacional, 1.575-W; e, no dia 30 (último dia para as convenções partidárias), às 9h, PP e PRB se encontram com seus filiados na Chácara do Franchini para discutir a pré-candidatura de Muraro e a coligação com o DEM, às 14h, PV, na Av. Brasil, 267-N, às 15h, PTB, na Av. Tancredo Neves, 337-W e, às 19h30, PSB, na CME Ayrton Senna. Ainda não definiram suas convenções, DEM, PSDB, PSD, PT e PMDB, que formam os partidos de maior monta eleitoral e tradição em termos de Brasil, bem como têm o maior número de filiados em nível municipal. O PCdoB, que apontou como pré-candidato a prefeito Giovani Stoinski dentro de uma possível coligação com o PSDB, também não marcou sua convenção.

CALENDÁRIO – Dentro do calendário da Justiça Eleitoral, as convenções deverão ser feitas até o dia 30 de junho. Já no dia 1º de julho, fica vedado a qualquer partido e/ou meio de imprensa escrita ou de radiodifusão a menção de qualquer possível nome ao pleito 2012.

Depois das convenções, todas as siglas têm até o dia 05 de julho para disponibilizarem as documentações de seus candidatos, tanto à majoritária quanto às proporcionais, bem como das coligações a que pertencem. No dia seguinte, 06 de julho, já é permitida a propaganda eleitoral em carros de som e na internet, bem como a realização de reuniões e comícios. O dia 10, contudo, é o último prazo para os candidatos requererem seu registro junto ao Cartório Eleitoral se seu respectivo partido ou coligação já não o tiver feito.

PROPAGANDA - A campanha esquenta mesmo com a propaganda gratuita em rádio e TV. Isso será permitido a partir de 47 dias antes do pleito, ou seja, a partir do dia 28 de agosto. Ela será permitida até o dia 04 de outubro, três dias antes das eleições.

A propaganda eleitoral em rede é veiculada em dois períodos diários de 30 minutos cada, exceto aos domingos, sendo, às segundas, quartas e sextas, para a eleição de prefeito e vice-prefeito e, às terças, quintas e sábados, para a eleição de vereador.

Já para a veiculação de propaganda eleitoral sob a modalidade de inserções, os partidos e coligações têm trinta minutos diários, inclusive aos domingos, com destinação exclusiva do tempo para a campanha dos candidatos a prefeito e vice-prefeito, a serem usados em inserções de até sessenta segundos, distribuídas ao longo da programação das emissoras entre as 8 e as 24h (horário de Brasília), a partir do plano de mídia elaborado pelos representantes dos partidos, coligações e emissoras.

A distribuição dos horários reservados à propaganda eleitoral em rede e sob inserções de cada eleição é feita entre os partidos políticos e as coligações que tenham candidato e representação na Câmara dos Deputados, em um terço, igualitariamente para os candidatos à majoritária, ou seja, 10 minutos divididos igualitariamente entre os candidatos a prefeito e, dois terços, proporcionalmente ao número de representantes na Câmara dos Deputados, considerado, no caso de coligação, o resultado da soma do número de representantes de todos os partidos políticos que a integram.

FORMAÇÃO – Com a proximidade das convenções, os partidos já costuram suas alianças e há possibilidade forte de Tangará da Serra ter quatro coligações em candidaturas à prefeitura.

A primeira formação anunciada foi a pré-candidatura de Fábio Diniz Junqueira (PMDB) e Zé Pequeno (PT), a prefeito e vice, respectivamente, sendo apoiados numa coligação que ainda teria o aval do PTB. Depois, o deputado estadual Wagner Ramos, presidente do PR municipal, anunciou a coligação do PR com PDT e PPS, onde Rubens Jolando e Idail Trubian são os pré-candidatos. PRP é outra sigla que deve apoiar esta formação. Em seguida, PSDB e PSD, com Saturnino Masson e Ana Monteiro de Andrade como pré-candidatos, faltando apenas a sondagem que será feita para definir quem será o candidato a prefeito e quem será o vice. Nesta coligação, denominada de ‘Todos por Tangará’ estão ainda PV, PSL, PSC e PSB; aguardando o posicionamento do PMN.

A quarta via dessas eleições está ligeiramente ‘embolada’. Na coligação que leva Jaime Muraro como pré-candidato a prefeito, o vice ainda não foi decidido e, mesmo a candidatura de Muraro está emperrada por conta de questões judiciais, onde consta uma dívida que, se paga a tempo, poderá defini-lo fora ou dentro da disputa nestas eleições. Com Muraro pré-candidato pelo DEM, a coligação ainda traz PP e PRB na composição, onde tanto Silvio Delmondes como Anilson Franchini (os dois do PRB) podem figurar como pré-candidatos à vice-prefeito. Caso Muraro seja impedido de participar deste pleito, o pré-candidato a prefeito seria Silvio Delmondes, podendo vir com Anílson, do PRB, ou com Olga Muraro, do DEM, como pré-candidatos a vice.

Na verdade, faltando poucos dias para as convenções, este cenário ainda pode mudar, incluindo novos partidos em algumas coligações ou migrando de uma possível coligação para outra.

Fonte: Luciana Menoli - Redação DS

Saúde convoca crianças para tomarem segunda dose da vacina contra gripe

Os pais que ainda não levaram os filhos de 6 meses a 2 anos de idade para receber a segunda dose da vacina contra a gripe tem até o dia 1º de julho para procurar uma Unidade de Saúde da Família (USF´s) ou o Posto Central.

A informação foi repassada pela coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Aline Braga, ao lembrar que as crianças fazem parte do único grupo que recebe a vacina em duas doses, com intervalo de no mínimo 30 dias. “A campanha de vacinação contra a influenza iniciou no dia 5 de maio, então as crianças que não tomaram a vacina no ano passado e se vacinaram somente neste ano, tem que tomar duas doses, com intervalo de mês entre elas. Mas algumas mães não estão levando seus filhos para tomarem a segunda dose, que serve como um reforço para alertar o sistema imunológico da criança e ela realmente ficar imune ao vírus”, alerta, destacando que a primeira picadinha serviu para criar anticorpos no organismo das crianças e a segunda vai reforçar a defesa.

Para a segunda dose, a Secretaria de Saúde está convocando 626 crianças. “A gente pede para os pais levarem seus filhos para se vacinarem, não esquecendo de levar também a carteirinha de vacinação”.

Segundo a coordenadora, um simples resfriado não é motivo para a vacinação ser adiada. Ele lembra que é importante as crianças estarem imunizadas, pois a vacina protege contra os três vírus Influenza circulantes no país, entre eles o H1N1.

DADOS – Durante a realização da campanha em Tangará da Serra foram aplicadas exatas 9.001 doses da vacina contra a gripe, o que corresponde a 76% do total a ser vacinado, o que fica abaixo do preconizado pelo Ministério, de 80%.

Dos grupos prioritários, os das gestantes foi o que ficou mais abaixo da meta - apenas 53,88% foram vacinadas. Dentro dessa estatística, 73,25% das crianças até dois anos foram vacinadas e 78,39% dos idosos; também abaixo da meta. Os que ficaram dentro da meta foram os profissionais da saúde (100%) e os indígenas (80%).

Porém, apesar da campanha ter terminado no dia 1° de junho, como não foi cumprida a meta, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) continua vacinando até acabarem as doses disponíveis no município.

Fonte: Fabiola Tormes - Redação DS

Rotary Tangará Centro promove pela sétima vez projeto ´Preserve o Rio Sepotuba’

Eles sempre estão preocupados com as questões sociais, ambientais, enfim, preocupados com as políticas e os movimentos em prol de um comunidade, de um grupo, de uma população, da natureza como um todo. Este é o clube de serviço Rotary Tangará Centro que pela sétima vez promove o projeto ´Preserve o Rio Sepotuba´ com a coleta seletiva de lixo.

O projeto, como muitos do Rotary, vem crescendo gradativamente e já obtém sucesso absoluto em suas edições, querer limpar as margens do rio Sepotuba é uma ousadia e um grande desafio que os membros do clube resolveram assumir, buscando a parceria dos pescadores e dos ribeirinhos, para que juntos pudessem, de maneira literal, erradicar o lixo do local.

Sempre empolgado, feliz e muito disposto em falar sobre o projeto, Joarez Jorge Leite, que coordena a iniciativa, cedeu uma entrevista ao Diário da Serra para falar sobre a realização de mais essa edição. “Foi um prazer, mais uma vez foi um prazer a realização do projeto, a participação dos ribeirinhos. Deu para perceber o sentido que o projeto já tem e a importância da realização dele para a preservação daquele rio, que para mim, é um dos mais bonitos do nosso estado”, relatou com muita emoção o coordenador.

De acordo com Joarez cerca de 40 pessoas desceram um trajeto rio a fora, de aproximadamente 40 quilômetros, o evento aconteceu no dia dezessete de junho, domingo, saindo às 8h da manhã na sede da fazenda Tangará indo até Novo Fernandópolis via ponte Lambari D´Oeste. “Quero agradecer a toda a estrutura da fazenda Tangará, a tudo que conseguiram proporcionar para estas 40 pessoas, nos 6 barcos que desceram o rio, todos que foram se maravilham com a realização de um projeto tão bonito que o Rotary realiza”, relatou.

Joarez lamentou da Sema não poder ter participado do evento neste ano, “a Sema sempre foi solicita, sempre esteve junto conosco, este ano não sabemos muito bem o motivo, mas eles não puderam vir, mas compreendemos”, pontuou afirmando que a Polícia Militar Ambiental esteve presente, mas não junto na descida, apenas ficaram os esperando no término do evento.

PLANTIO EÓLICO – No dia do evento, além da distribuição de panfletos, sacos de lixo, o rotary esteve realizando o plantio eólico de sementes de plantas nativas com balões biodegradáveis. “Em outras edições já até distribuímos mudas para os ribeirinhos, nessa optamos por plantio eólico pela viabilidade, foram 500 balões que foram soltos, não sabemos onde essas sementes vão cair, mas só em saber que uma ou duas árvores que sejam estarão nascendo e se desenvolvendo já é uma satisfação enorme”, haja visto, que para as próximas edições a intenção é levar mudas de árvores frutíferas para serem distribuídas aos ribeirinhos.

CONSCIENTIZAÇÃO - “Disto eu falo com muita felicidade, nas primeiras edições, arrecadamos 3, 4 toneladas de lixo, e o número sempre veio abaixando, assim como aconteceu nessa, o que retiramos, foi aquele lixo que o próprio ribeirinho acumulou nas sacolas e já estava ali esperando para ser recolhido, o que mostra que o projeto tem um motivo, tem a sua importância e merece ser valoriza”, finalizou Joarez.

Fonte: Paulo Ramos - Redação DS

INTERESSE SOCIAL - Oito municípios do médio norte precisam de 9,3 mil moradias

Pouco mais de 9.320 unidades. Esse é o deficit habitacional dos oito municípios que integram o polo administrativo de Tangará da Serra e que será apresentado na audiência pública desta quarta-feira (20), na sede da região. O encontro é considerado estratégico para debater a etapa final do Plano Estadual de Habitação de Interesse Social – o PEHIS.

De acordo com os números informados por representantes das respectivas prefeituras, Barra do Bugres precisa de 700 moradias; Brasnorte, 200; Campo Novo do Parecis, 4.244; Denise, 347; Nova Olímpia, 400; Porto Estrela, 160; Santo Afonso, 120; e Tangará, 3.150. No “Diagnóstico do Setor Habitacional”, o PEHIS revela que Mato Grosso tem um alto índice de habitações inadequadas e aponta números do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, de 2010.

A partir de relatório elaborado pelas prefeituras mato-grossenses, o CadÚnico registra 136.772 domicílios no Estado com “inadequação fundiária”, 27.344 sem banheiros, 510.165 com carência de infraestrutura, 92.971 com adensamento excessivo e 21.329 com cobertura inadequada. “Esses números mostram uma dura realidade que dependem de uma cada vez maior e de ação conjunta dos poderes constituídos para serem revertidos”, alertou o deputado Wagner Ramos (PR).

O CadÚnico foi regulamentado pelo Decreto n° 6.135, de 26 de junho de 2007 e permite conhecer a realidade socioeconômica das famílias de baixa renda. Em 2010, Mato Grosso precisava de 153,5 mil moradias – o deficit quantitativo, segundo o IBGE. No “qualitativo”, essa necessidade sobe para 788,6 mil.

A audiência pública é uma das medidas que fazem parte da estratégia de ação – a terceira e última fase do projeto. Ela aponta os caminhos a serem seguidos pelo Governo do Estado no combate aos problemas habitacionais e de infraestrutura urbana, com programas, projetos e ações específicas. Nas duas primeiras etapas, foram feitos a proposta metodológica e o diagnóstico habitacional.

Segundo a Secretaria de Estado das Cidades (Secid), o prazo para conclusão do PEHIS termina no próximo dia 30 de junho. O documento final será entregue para aprovação na Caixa Econômica Federal que o remeterá ao Ministério das Cidades. Por Os municípios têm até 31 de dezembro para concluir os planos locais de habitação.

A audiência pública será realizada no Centro Cultural Alberto Tayano, em Tangará. O encontro tem início previsto para as 19 horas e são aguardados representantes das Prefeituras e Câmaras de Vereadores, e da comunidade da região.

Fernando Leal - Assessoria de Gabinete

Professora Chiquinha é a nova presidente da subsede do Sintep em Tangará

As eleições do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sintep) ocorreram na última sexta-feira, 15, em Tangará da Serra e nos demais municípios de Mato Grosso. Para a subsede local foram inscritas duas chapas. A chapa 1 era encabeçada pelo vigia Magno Alves os Santos e a 2, pela professora Francisca Alves de Lima (Chiquinha). A votação se estendeu das 8h às 20h, sendo que os votos foram escrutinados no mesmo dia, dando vitória à professora Chiquinha com larga vantagem, 76% dos votos válidos.

Magnos recebeu 72 votos e Chiquinha, 146, onde quatro votos foram brancos ou nulos. A candidata Francisca Alves de Lima teve o apoio do presidente anterior, José Rosa de Paula, que esteve à frente da subsede local por seis anos. Ela é pedagoga em Tangará a Serra há mais de 23 anos e, atualmente, exerce suas funções na Escola Estadual Jada Torres e no Centro Municipal de Ensino Ayrton Senna. 

Segundo Chiquinha, sua meta é desenvolver os trabalhos que ocorrem dentro do sindicato, bem como defender com garra e luta as pautas e propostas dos profissionais da educação, especialmente em negociações da categoria.

Ainda, pela diretoria da regional do Sintep, que abrange os municípios da região Sudoeste, concorrendo em chapa única, o professor de Nova Olímpia Antônio Márcio foi confirmado diretor. Ele também era apoiador da chapa 2, vitoriosa em Tangará. Outro que apoiou a chapa de Chiquinha foi o professor Henrique Lopes, eleito presidente estadual do Sintep, também concorrendo em chapa única. Eles tiveram também maioria de votos em Tangará.

De acordo com Zé Rosa, o apoio à chapa encabeçada por Chiquinha é a demonstração de uma continuidade na sua história de lutas. “Para mim, os 76% de votos válidos que a professora Chiquinha recebeu, querem dizer que minha gestão teve 76% de aprovação, o que me mostra que todas as batalhas em prol dos profissionais da educação nestes seis anos foram válidas”, salientou ele, emocionado.

O professor Aluísio Azevedo Silva, presidente da comissão eleitoral da subsede do Sintep em Tangará, salientou que a votação foi tranquila e que, dos 500 sindicalizados, 222 votaram, onde as urnas foram disponibilizadas em todas as escolas da sede do município e nas escolas de Progresso e Joaquim do Boche, além do Cefabro e da subsede, ocorrendo tranquilamente em todo o período de campanha e de votação.

Fonte: Luciana Menoli - Redação DS

População comparece e Arraiá da Serra obtém sucesso em mais uma edição

Organização. Foi a palavra que ecoou na XI edição do Arraiá da Serra realizado na Praça dos Pioneiros, através de uma promoção do Executivo municipal, representado pelas secretarias municipais de Turismo (Setur) e Educação e Cultura (Semec), juntamente com o Departamento Municipal de Cultura.

Decoração, comidas e bebidas típicas, quadrilhas, atrações musicais, tudo foi preparado com muita antecedência e competência para proporcionar e alcançar todas as expectativas da população. Em Tangará da Serra, a festa junina é considerada a maior do interior de Mato Grosso, todos os anos cerca de 20 mil pessoas passam pelas três noites de festa. Este ano o número não foi tão diferente, “estamos muito felizes com este resultado, felizes com a população de Tangará da Serra que está sempre presente, quando é chamada, quando é clamada está comparecendo e contribuindo para o sucesso dos eventos em nossa cidade”, ressaltou o prefeito Saturnino Masson.

Com quase 30 barracas com muitas variedades, dentre brincadeiras típicas da época, além de barracas de ambulantes e espaço especial para exposição de artesanatos, bandas de forró, a festa atraiu um público diversificado, tanto de Tangará quanto da região, e até de outros estados. Cor, classe social, ter dinheiro (ou não), independente da religião ou credo, homem, mulher, criança, jovem, adulto, idoso; nada disso fez diferença e todos se divertiram em paz (o que é mais importante).

E, por falar em comidas, curau, tapioca, bolo de milho, de chocolate, pamonha, churrasquinho, frango no rolete, macarrão com frango, e até acarajé, feito por uma típica baiana de Feira de Santana. Ou seja, festa para todos e de todos.

O concurso de quadrilhas organizado pelo Departamento de Cultura deu aquele toque especial para o evento, 10 quadrilhas disputaram o XIII Concurso ´Viva São João´ de danças juninas sendo avaliados por cinco jurados advindos da imprensa, cultura popular, folclórica e nordestina, pontuados nos mais diferentes quesitos. Até o final desta edição, ainda não se tinha o nome dos vencedores, mas os finalistas de cada categoria foram pela infantil, Escola Estadual 29 de Novembro em 1º lugar, Centro Municipal de Ensino José Nodari em 2º lugar e Colégio Ideal em 3º lugar. Pela categoria adulto, grupo Os de Fora em 1º lugar, Escola Estadual João Batista em 2º lugar e Colégio Ideal em 3º lugar. As duas categorias foram premiadas com: 1º lugar: troféu + 1 TV; 2º lugar: troféu+ 1 DVD; e 3º lugar: troféu.

“Estou muito honrada de poder ter organizado, através do departamento, este concurso, quero parabenizar todas as quadrilhas, todos os grupos, tenho certeza que foi uma decisão difícil para os jurados, mas infelizmente, só um pode se consagrar campeão. (…) E que bom, que esta tradição ainda está tão viva em nossa cidade”, finalizou a coordenadora do departamento de cultura, Joeli Siqueira.

Fonte: Paulo Ramos Redação DS

Executivo insiste na busca de recursos em Brasília para instalar IFMT

Prefeito Saturnino Masson conta com apoios do reitor José Bispo (dir) e do deputado Eliene Lima para instalar o IFMT no município. 

A instalação do IFMT – Instituto Federal de Mato Grosso – em Tangará da Serra foi tema de reunião em Brasília, na quinta-feira (14.05) da semana passada. Na oportunidade, o foco foi a busca por recursos para aquisição da área física a ser destinada ao campus da instituição.

O prefeito Saturnino Masson e o reitor do IFMT, José Bispo, e também o suplente de vereador Gilcélio Peres, encaminharam pedido de liberação de recursos para viabilização da área junto à Secretaria de Ensino Tecnológico do Ministério da Educação. A visita ao Ministério foi acompanhada pelo deputado federal Eliene Lima (PSD).

De acordo com o prefeito, as possibilidades do município obter os recursos são consideráveis, na medida em que já há uma grande área com edificações disponível na cidade. “Eles já conhecem a área. O reitor (José Bispo) a visitou em março, quando aprofundamos a discussão sobre a instalação do IFMT aqui no município”, observou Masson.

Com o argumento de que Tangará da Serra já possui uma estrutura física adequada para receber o campus do IFMT, Saturnino Masson entende que poderá acelerar a autorização de Brasília para a instalação. O prefeito crê nesta estratégia em função da burocracia que tem atravancado a construção dos 120 campis para ensino tecnológico que o governo federal quer implantar em todo o Brasil. Há, principalmente, problemas de regularização e desembaraço nas aquisições de áreas e atrasos nos processos licitatórios. “Queremos ganhar tempo e trazer o IFMT ainda este ano”, disse, otimista, o prefeito.

Saturnino Masson destacou o apoio do reitor do IFMT, José Bispo, e do deputado federal Eliene Lima nas negociações junto ao Ministério da Educação. “Não estamos sozinhos. A participação do reitor e o apoio do deputado são muito importantes”, disse o prefeito, que destaca também a participação do vereador Zé Pequeno e do suplente de vereador Gilcélio Peres nas conversações.

O prefeito também considera que o processo de implantação do IFMT em Tangará da Serra será um ponto importante na consolidação do município como pólo educacional. “Esta é uma das nossas metas, tornar Tangará da Serra um dos principais pólos educacionais do Centro Oeste”, disse Saturnino Masson, que durante sua primeira gestão, em 1993/1996, articulou a vinda da Unemat para o município.

ENSINO TÉCNICO - Os Institutos Federais compõem a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. São instituições de educação superior, básica e profissional, pluricurriculares e multicampi, especializados na oferta de educação profissional e tecnológica nas diferentes modalidades de ensino.

Parte dos cursos é destinada à oferta técnica de nível médio, de currículo integrado. Na educação superior, os destaques são os cursos de engenharias e delicenciaturas em ciências física, química, matemática e biologia. Ainda serão incentivadas as licenciaturas de conteúdos específicos da educação profissional e tecnológica, como a formação de professores de mecânica, eletricidade e informática.

Fonte: Assessoria / Gabinete

Projeto do Centro de Eventos de Tangará é adotado pelo Estado como modelo

Obras do complexo serão licitadas e executadas integralmente pelo Governo do Estado. Expectativa é de início das obras ainda este ano.

O projeto do Centro de Eventos desenvolvido pelo município de Tangará da Serra será modelo para as seis unidades que serão construídas pelo governo em Mato Grosso. O projeto foi desenvolvido pela equipe técnica da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan) em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo (Setur).

O governo oficializou a adoção do projeto de Tangará como modelo no início deste mês, através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur). A primeira unidade a ser construída será justamente a de Tangará da Serra, cujas obras, orçadas em R$ 7 milhões, serão licitadas e executadas integralmente pelo governo. O edital do certame licitatório já está em elaboração e já poderá ser publicado nas próximas semanas.

Serão, ao todo, seis centros de eventos a serem construídos. Os outros cinco municípios contemplados são Barra do Garças, Chapada dos Guimarães, Primavera do Leste, Rondonópolis e Várzea Grande.
Segundo o secretário municipal de Turismo, Guilherme Schenkel, o município já providencia, através da Setur e com apoio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semmea), o licenciamento da área disponibilizada pelo município, localizada ao lado do Parque de Exposições. “Nossa expectativa é de que a ordem de serviço seja assinada ainda este ano”, disse Schenkel.

COMPLEXO – O Centro de Eventos de Tangará da Serra terá 3.727 m² de área edificada, com capacidade para comportar até oito eventos simultâneos, ilhas de WC, cozinha, varanda de serviços, depósitos, dependência administrativa, área para carga e descarga e espaço para câmara fria. Haverá também uma área externa de 9.000 metros quadrados para eventos como o Carnaval e outros de grande porte. O estacionamento contará com cerca de 450 vagas.

Guilherme Schenkel esclarece que a tendência é que o complexo seja administrado por um convention bureau, espécie de autarquia formada por representantes do trade turístico e do poder público, que também seria responsável pela captação de eventos. “A idéia é que Tangará da Serra passe a ter eventos semanais e em todos os finais de semana”, considerou.

Schenkel destacou, ainda, que a estrutura do Centro de Eventos representará uma movimentação extra para o município, resultando em aquecimento dos setores de turismo e serviços, além dos reflexos no comércio local. A localização privilegiada proporcionará facilidade de manobras e de acesso para quem vem da região de Campo Novo do Parecis e Sapezal (MT-358), de Diamantino (MT-480), e também de Cuiabá, pelo anel viário. “Teremos um amplo espaço, sofisticado, bem localizado, sem problemas com som e com opções de deslocamento rápido”, concluiu o titular da Setur.

Fonte: Assessoria SETUR

GGI se reúne para discutir violência no trânsito tangaraense

Na manhã do último dia 13, os membros do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) reuniram-se no auditório da Promotoria para sua reunião ordinária mensal. O tema da discussão: o aumento dos acidentes de trânsito em Tangará da Serra e as ações para conscientizar a população a obter um trânsito mais seguro. Na reunião, estiveram presentes representantes das polícias Civil e Militar, dos poderes Executivo e Legislativo, da Promotoria e da Ciretran.

A pauta foi comandada pela promotora Marcelli Rodrigues da Costa Faria, que chamou a atenção para o comportamento do pedestre ao atravessar nas faixas. “Muitas vezes, vemos os pedestres atravessando sem sinalizar que vai atravessar, pessoas atravessando montadas em bicicletas ou que de repente vão para a faixa e, às vezes, o condutor não tem tempo de parar, o que pode ocasionar eventualmente acidentes”, atentou a promotora, pedindo uma campanha educativa também para pedestres.

De acordo com a 22ª Ciretran, Tangará possui uma frota de 45 mil veículos, sendo mais da metade destes motocicletas. Em 2010, Tangará possuía 40 mil veículos, ou seja, o aumento da frota em dois anos foi de 12,5%. Esse aumento também está refletido na quantidade de acidentes. O capitão PM Edylson fez um mapa estatístico das ocorrências de trânsito entre 2010 e 2012.

Em 2010, índice foi alto, 1.410 acidentes. Em 2011 esse número caiu para 1.159. Já em 2012, até o final de maio, foram registrados 634 acidentes; destacando que não estão inclusos os acidentes desta primeira quinzena de junho, cerca de duas dezenas, sendo um com vítima fatal e outro com vítimas em estado grave, nos dois últimos finais de semana.

Desta estatística, a maioria dos acidentes são de abalroamento, cerca de 25 a 30% em cada ano. Em segundo lugar vem a lesão corporal causada por acidente de trânsito, com 17 a 20% dos casos. Ainda, de 2010 até maio deste ano, foram quase 200 ocorrências tipificadas como embriaguez ao volante, sendo que os acidentes causados por est motivo não estão relacionados como tal.

PONTOS CRÍTICOS – O capitão ainda relacionou os pontos onde ocorrem a maioria dos acidentes em Tangará, tendo como ponta a Avenida Brasil. Na sequência vêm a Ismael José do Nascimento, a MT-358 e a Tancredo Neves. Como forma de diminuir os números desta estatística, além de uma campanha ostensiva de reeducação para o trânsito, o GGI discutiu a manutenção das faixas de pedestres, a colocação de fiscalização eletrônica (pardais) em pelo menos três desses logradouros de maior fluxo de veículos e ocorrências de trânsito e a sinalização dessas vias. A ciclovia nestes locais também foi debatida. “Pela nossa experiência, a maioria dos acidentes é responsabilidade do condutor. Esses acidentes de trânsito são um reflexo do que o condutor ´em sua vida como um todo. Se há uma falta de educação para o trânsito, há o mesmo na vida m geral”, asseverou o capitão Edylson quanto à urgência de campanhas educativas.

Dentro deste contexto, o GGI montará um pedido de projeto que contemple todas as sugestões. O primeiro passo na questão da campanha educativa para o trânsito será uma audiência pública, que já deve acontecer na semana que vem, para discutir junto com a população estes números e possíveis soluções, além de já iniciar a campanha educativa para o trânsito. Devem ser feitas cartilhas a serem entregues em escolas e a condutores, onde a realidade do trânsito tangaraense será amplamente trabalhada. Ainda, foi solicitado à prefeitura, a contratação de mais guardas municipais, onde os aprovados e classificados no concurso público passado devem ser chamados, observando-se as particularidades de um ano eleitoral.

Desta forma, o resumo da reunião em que a maior preocupação foi a segurança do tangaraense no trânsito é mais fiscalização, mais sinalização e mais educação chamando a atenção para a responsabilidade de pedestres e condutores pelas próprias vidas e um pela do outro.

ONTEM – Até as 18h30 de ontem, a polícia registrou mais três acidentes, sendo dois na Av. Brasil e um no pátio de um frigorífico. O primeiro, às 11h10, nos altos da Brasil, entre duas motos que colidiram ocasionando ferimentos leves em um dos condutores; ele foi encaminhado à UMS pelo Samu. Mais tarde, ás 16h, próximo ao local do primeiro acidente, houve a colisão de m Corsa sedan e uma Honda Biz 125, ocasionando perdas materiais. No acidente que ocorreu na rampa de lavagem de veículos no frigorífico, um dos veículos perdeu o freio, descendo a rampa em ré. O condutor do outro veículo que aguardava na fila e estava no interior deste teve ferimentos no tórax e na perna e foi encaminhado pelo Samu à UMS. São mais três acidentes em um só dia, aumentando as estatísticas deste ano.

Fonte: Luciana Menoli - Redação DS

Encontro Regional do Partido da República

CONVITE

O Presidente do Partido da República de Tangará da Serra - Deputado Estadual Wagner Ramos, convida a todos os filiados e simpatizantes do PR para o GRANDE ENCONTRO REGIONAL DO PARTIDO.

Dia: 15 de Junho de 2012
Local: CTG - Aliança da Serra
Horário: 18 horas.
Tangará da Serra - MT

Assessoria

Município aguarda mais de R$ 3,5 milhões em emendas parlamentares

Apesar de anunciadas, boa parte das verbas ainda não tem data para liberação. Feira da Vila Alta será licitada pelo Estado.

O município de Tangará da Serra aguarda ainda para este ano a liberação de uma dezena de emendas parlamentares que somam R$ 3,589 milhões e também a licitação das obras da cobertura da Feira da Vila Alta. Apesar de confirmadas na origem, o município ainda não sabe quando terá estas verbas disponibilizadas.

Dos recursos de emendas parlamentares, a maioria tem origem na União, através dos senadores Pedro Taques (PDT) e Jayme Campos (DEM) e dos deputados Júlio Campos (DEM), Nilson Leitão (PSDB) e Wellington Fagundes (PR). Os valores chegam a R$ 3,190 milhões.

Os recursos de Brasília referem-se à revitalização da Praça da Bíblia (R$ 300 mil, Ministério do Turismo, emenda do deputado Júlio Campos), aquisição de patrulha mecanizada (R$ 390 mil, Ministério da Agricultura, senador Jayme Campos), revitalização do Bosque Municipal e entorno (R$ 700 mil, Ministério do Turismo, deputado Wellington Fagundes), e também a construção do prédio do Centro de Referência Especializada de Assistência Social – Creas (R$ 250 mil, Ministério do Desenvolvimento Social, do mesmo parlamentar).

De autoria do senador Pedro Taques, há uma emenda no valor de R$ 1,150 milhão destinada a pavimentação e drenagem no Jardim Califórnia, na Rua 30 e horizontais até Rua 32. A CEF ainda analisa o projeto para autorizar a emissão da ordem de serviço. Outros recursos, no valor de R$ 400 mil, referem-se a emenda do deputado federal Nilson Leitão, para custear parte das obras do acesso ao aeroporto municipal.

Com origem no Governo do Estado, há duas emendas de R$ 50 mil e R$ 35 mil do deputado Zeca Viana (PDT) e R$ 314 mil do deputado Airton Português (PSD). As duas primeiras referem-se a equipamentos para uma academia da terceira idade e reforma do salão comunitário do Jardim Califórnia. A última, de R$ 314 mil, é destinada à pavimentação da Avenida das Amoreiras, na ligação Avenida da Paz com Jardim dos Ipês.

FEIRA DA VILA ALTA – As obras de cobertura da Feira da Vila Alta serão licitadas e executadas diretamente pelo Governo do Estado. A informação é da Secretaria de Estado de Transportes e Pavimentação Urbana, onde o projeto se encontra desde o ano de 2010, quando a pasta ainda levava o nome de Secretaria de Estado de Infraestrutura. Não há, contudo, previsão para o lançamento do edital do processo licitatório e, muito menos, da execução das obras.

Inicialmente orçada em R$ 450 mil, o custo das obras foi reajustado em 100%. Em junho de 2010, as obras seriam custeadas com R$ 200 mil em emenda do deputado estadual Wagner Ramos (PR) e R$ 250 mil da Prefeitura de Tangará da Serra. O novo acordo desobriga a prefeitura de ter essa despesa.

Em 2010 esse último valor fora aprovado pela Câmara de Vereadores. Após renegociação recente com o governo, o valor total foi reajustado para 900 mil reais, sendo R$ 400 mil custeados através de emenda do deputado Wagner Ramos. De acordo com o projeto, a obra da Feira da Vila Alta consistirá na montagem de estrutura pré-moldada com cobertura metálica de 4.050 metros quadrados. 
 
Fonte: Assessoria / Gabinete / Seplan

Prefeitura já recuperou 150 mil m2 de asfalto e projeta entregar obras em 30 dias na Vila Esmeralda

Melhoramentos no pavimento urbano chegam a 15 bairros. Na Esmeralda, quase 5 mil m² de asfalto novo deverão ser entregues em 30 dias.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura – Sinfra – já alcançou a marca de 150 mil metros quadrados de restauração de pavimento na malha viária urbana de Tangará da Serra. Os trabalhos consistem em tapa-buracos e aplicação de lama asfáltica.

O programa de recuperação teve início com tapa-buracos ainda no ano passado, no segundo mês da gestão do prefeito Saturnino Masson, em novembro. Já os trabalhos de aplicação de lama asfáltica – que em combinação com o tapa-buracos representa uma sobre-vida de até cinco anos ao pavimento - foram contratados em fevereiro deste ano pela Prefeitura Municipal.

Segundo o titular da Sinfra, secretário Ronaldo Diniz, esta semana foram concluídos os trabalhos de recuperação do asfalto na Vila Alta. Na mesma semana, os trabalhos começaram no Jardim Tapirapuã, proximidades da Escola Municipal Joana D’Arc, e seguirão pela Rua 06, na ligação do Jardim Rio Preto ao Shangrilá.

Até o final do ano a Sinfra projeta recuperar 600 mil metros quadrados de pavimento urbano com tapa-buracos e aplicação de lama asfáltica. Até o momento já foram realizadas melhorias nos pavimentos dos bairros Cohab Tarumã, Jardim Califórnia, Jardim Europa, Jardim Presidente, Parque das Mansões, Residencial Dona Júlia, Vila Alta, Vila Alta III, Vila Esmeralda, Vila Portuguesa, Vila São Pedro, Vila Santa Teresinha e também na Avenida Tancredo de Almeida Neves.

VILA ESMERALDA – Em 30 dias deverão ser concluídas as obras de pavimentação asfáltica na Vila Esmeralda. A informação é da empreiteira responsável pelas obras, Guaxe Construção e Terraplenagem, cujo contrato foi assinado pelo Executivo no mês de abril, no gabinete do prefeito Saturnino Masson.

As obras consistem em 4.931,8 m² de asfalto, num investimento de R$ 415.464,18 com recursos provenientes da União e contrapartida do município. Estão em obras as ruas 02, 05, 07 e 09 do bairro, incluindo meio-fio e 330 metros lineares de galerias de captação de águas pluviais.

Assessoria / Gabinete / Sinfra

Distrito de Progresso recebe Feira do Artesanato neste final de semana

“Paralelo Arte” apresentará trabalhos de seis empreendimentos da economia solidária de sexta-feira a domingo. Nupes realiza cadastro de artesãos.

O Distrito de Progresso receberá neste final de semana a exposição “Paralelo Arte” com a Feira do Artesanato da Economia Solidária. O evento inicia nesta sexta-feira (08.06), a partir das 14h00, e segue até as 20h00 de domingo (10). A organização e coordenação do evento são da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Serviços (Sics), através do Núcleo de Políticas para a Economia Solidária (Nupes) de Tangará da Serra.

Segundo o coordenador do Nupes, Neuri Senger, os trabalhos serão apresentados no distrito por seis empreendimentos ligados à economia solidária com estandes montados na área do posto de combustíveis desativado, às margens da MT-358. “Serão vários produtos artesanais que serão comercializados. A população está convidada a comparecer”, anuncia Senger, informando ainda que haverá atrações gastronômicas no local.

Além do “Paralelo Arte”, a Feira de Artesanato da Economia Solidária estará presente no “Arraiá da Serra”, tradicional evento típico que acontece de 15 a 17 deste mês, na Praça dos Pioneiros. Nesta oportunidade, nove empreendimentos representarão a Economia Solidária do município.

SEMINÁRIO – Neuri Senger destacou também o sucesso do Seminário sobre Fundo Rotativo Solidário, realizado na segunda e terça-feira, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Tangará da Serra.

O evento foi prestigiado pelo prefeito Saturnino Masson e pelo secretário municipal de Indústria, Comércio e Serviços, Francisco Dantas Garcia, e contou com informações técnicas sobre Economia Solidária e a criação de Fundos Rotativos, Moeda Social e Banco Social, com ênfase às suas dinâmicas e importância para a geração de trabalho e renda no município.

Os fundos solidários e rotativos são alternativas para a emancipação social e econômica de comunidades de pequeno porte e em situação de carência, funcionando como uma poupança comunitária. Os recursos poupados, não reembolsáveis, são aplicados em obras de infra-estrutura e em projetos de geração de trabalho e renda que promovem inclusão social na comunidade.

CADASTRO – O Nupes iniciará nos próximos dias o cadastramento dos artesãos do município. O cadastro integra o contexto de um diagnóstico do setor artesanal de Tangará da Serra, cujo objetivo é revitalizar o segmento. “Queremos criar uma identidade para o artesanato de Tangará da Serra”, explica Neuri Senger.Após a conclusão do cadastro, os artesãos serão contemplados com um projeto de qualificação a ser realizado através de parceria entre a Sics e o Sebrae. Maiores informações podem ser obtidas no próprio Nupes, pelo telefone 3311-4896.

Fonte: Assessoria / Nupes / Sics

EDUCAÇÃO -Governo anuncia concurso para professor da Unemat

O processo foi autorizado pela Portaria nº 010/2012 e já está criada uma comissão especial para coordenação do concurso

O secretário de Estado de Administração, Cesar Roberto Zilio, anunciou a realização – em caráter de urgência – de concurso público para admissão de cerca de 150 professores para a Universidade do Estado de Mato Grosso. O processo foi autorizado pela Portaria nº 010/2012 e já está criada uma comissão especial que vai coordenar o processo, presidida pelo professor da Unemat, Dilnei José da Silva.

Há exatos 15 dias, em reunião articulada pelo vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Wagner Ramos, para evitar mobilização por uma paralisação, Cesar Zilio garantiu a um grupo de acadêmicos da Unemat concluir rapidamente o processo do concurso, inclusive tratando do edital. Na ocasião, após quase três horas de negociações com o governo os alunos decidiram aguardar por 60 dias o desfecho dessas ações. “Estamos totalmente empenhados em realizar esse concurso o mais rápido possível e todos os encaminhamentos já foram feitos com o governador Silval Barbosa”, confirmou o secretário.

Para Wagner Ramos, o conjunto de medidas desenvolvidas pelo governo desde a reunião de maio com os acadêmicos só materializou suas previsões. “Quem acompanha de perto as ações do governo, como eu, tem tranquilidade e a certeza de resultados satisfatórios como esse. Todos estão de parabéns”, disse o parlamentar.

Para o reitor Adriano Aparecido Silva, a priorização do concurso e do investimento que está sendo feito irá fortalecer ainda mais a Unemat. Ele espera contar com os novos professores já no início de 2013.

Fernando Leal - Assessoria de Gabinete

Ipes promove ação na Praça para conscientização ambiental

Ontem, Dia Mundial do Meio Ambiente, alunos e professores do Instituto Presbiteriano de Educação Simonton (Ipes) promoveram um ato na Praça da Bíblia, que durou cerca de uma hora, tendo iniciado às 8h. Os alunos chamaram atenção para atitudes de conservação do meio ambiente e preservação dos recursos naturais para a elevação da qualidade de vida.

Noções de separação de resíduos sólidos, de transporte consciente, de limpeza urbana e de alimentação saudável foram repassadas à população que transitava pela praça naquele horário. “Na escola, estamos diuturnamente fazendo um trabalho de consumo sustentável. Todos os atos isolados de cada um, a princípio não fazem nenhum efeito, porém, ao longo do tempo esse trabalho de formiguinha vai beneficiar as próximas gerações, conservando o que ainda temos neste planeta e promovendo sua recuperação”, salientou o diretor do Ipes, reverendo Marcos dos Anjos.

Ele salienta que essa ação começou dentro da escola e foi feito um planejamento para que fosse levado para a praça. Os alunos apresentaram músicas sobre o tema do dia, com letra de composição própria. O reverendo também salientou que o objetivo do evento foi a conscientização cada vez maior de alunos e pais sobre a conservação do meio ambiente por meio do consumo sustentável. “Trabalhamos a preservação da água, separação do lixo seco do molhado, alimentação saudável sem utilização de defensivos e menor consumo de industrializados para diminuir a quantidade de embalagens na natureza, além da questão do transporte, incentivando a carona para diminuir a poluição do ar e a sonora, bem como a quantidade de carros na rua, facilitando o trânsito”, finalizou o diretor, exemplificando algumas das plataformas de trabalho que desenvolve junto à comunidade escolar.

Fonte: Luciana Menoli - Redação DS

Lions Tangará da Serra entrega doação angariada durante Chá Beneficente

Os associados do Lions Clube Tangará da Serra entregaram na tarde do último sábado, 2, na oportunidade da inauguração da 1ª etapa do Hospital do Instituto Lions da Visão, a doação angariada durante Chá Beneficente realizado pelas companheiras no último dia 5 de maio.

O cheque foi entregue ao presidente do Instituto Lions da Visão, Whady Lacerda, pela presidente das domadoras, Maria Aparecida da Costa Scarabotto, que aproveitou para agradecer novamente todos os colaboradores, patrocinadores e todas as mulheres que participaram de mais este evento beneficente realizado pelo clube. “Gostaríamos de novamente agradecer a cada uma que comprou seu ticket dourado e participou do evento, e ainda todos os colaboradores e patrocinadores que tornaram o nosso chá um grande acontecimento entre as mulheres tangaraenses”, agradeceu, destacando que o mesmo superou as expectativas, tornando possível a doação ao Instituto Lions da Visão. “E estamos aqui hoje para mostrar que o dinheiro empregado por todos foi revertido novamente para a sociedade, através do Instituto Lions da Visão, uma entidade filantrópica que tem como premissa atender a população carente ou necessitada de amparo médico na área de oftalmologia”.

O Instituto Lions da Visão é hoje responsável por cerca de 60% do atendimento oftalmológico do Estado, sendo que o Instituto, desde sua criação, já realizou mais de 67 mil consultas, superou a casa das 30 mil cirurgias e doou mais de 49 mil óculos.

“Foram investidos na construção do hospital pouco mais de R$ 3 milhões, sendo R$ 1,475 milhão de emenda parlamentar dos deputados e o restante de doações, como esta das domadoras do Lions Clube de Tangará da Serra que fizeram um chá e reverteram a renda ao Instituto, além de prefeituras, empresários, entre outros. Então conseguimos esse valor e só temos a agradecer a todos que até aqui contribuíram para a realização deste sonho”, agradeceu Whady Lacerda.

Fonte: Fabíola Tormes - Redação DS

Distrito de Progresso recebe Feira do Artesanato neste final de semana

“Paralelo Arte” apresentará trabalhos de seis empreendimentos da economia solidária de sexta-feira a domingo. Nupes realiza cadastro de artesãos. 

O Distrito de Progresso receberá neste final de semana a exposição “Paralelo Arte” com a Feira do Artesanato da Economia Solidária. O evento inicia nesta sexta-feira (08.06), a partir das 14h00, e segue até as 20h00 de domingo (10). A organização e coordenação do evento são da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Serviços (Sics), através do Núcleo de Políticas para a Economia Solidária (Nupes) de Tangará da Serra. 

Segundo o coordenador do Nupes, Neuri Senger, os trabalhos serão apresentados no distrito por seis empreendimentos ligados à economia solidária com estandes montados na área do posto de combustíveis desativado, às margens da MT-358. “Serão vários produtos artesanais que serão comercializados. A população está convidada a comparecer”, anuncia Senger, informando ainda que haverá atrações gastronômicas no local. 

Além do “Paralelo Arte”, a Feira de Artesanato da Economia Solidária estará presente no “Arraiá da Serra”, tradicional evento típico que acontece de 15 a 17 deste mês, na Praça dos Pioneiros. Nesta oportunidade, nove empreendimentos representarão a Economia Solidária do município. 

SEMINÁRIO – Neuri Senger destacou também o sucesso do Seminário sobre Fundo Rotativo Solidário, realizado na segunda e terça-feira, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Tangará da Serra.
O evento foi prestigiado pelo prefeito Saturnino Masson e pelo secretário municipal de Indústria, Comércio e Serviços, Francisco Dantas Garcia, e contou com informações técnicas sobre Economia Solidária e a criação de Fundos Rotativos, Moeda Social e Banco Social, com ênfase às suas dinâmicas e importância para a geração de trabalho e renda no município. 

Os fundos solidários e rotativos são alternativas para a emancipação social e econômica de comunidades de pequeno porte e em situação de carência, funcionando como uma poupança comunitária. Os recursos poupados, não reembolsáveis, são aplicados em obras de infra-estrutura e em projetos de geração de trabalho e renda que promovem inclusão social na comunidade. 

CADASTRO – O Nupes iniciará nos próximos dias o cadastramento dos artesãos do município. O cadastro integra o contexto de um diagnóstico do setor artesanal de Tangará da Serra, cujo objetivo é revitalizar o segmento. “Queremos criar uma identidade para o artesanato de Tangará da Serra”, explica Neuri Senger. Após a conclusão do cadastro, os artesãos serão contemplados com um projeto de qualificação a ser realizado através de parceria entre a Sics e o Sebrae. Maiores informações podem ser obtidas no próprio Nupes, pelo telefone 3311-4896.

Fonte: Assessoria / Nupes / Sics

Tangará se prepara para o maior evento junino do interior de MT

Tangará da Serra é uma cidade miscigenada por pessoas vindas de todas as regiões do Brasil. Cada um trouxe um pouquinho de sua cultura para cá. Dos pampas veio o CTG e suas danças e comidas típicas. De Minas o sabor da comida de fogão a lenha. E do nordeste vieram os tradicionais arraiás, que por lá duram o mês inteiro. Aqui, entidades, escolas, associações e empresas particulares realizam suas festividades, porém, tem uma que pode ser considerada a maior de todo o estado de Mato Grosso – o Arraiá da Serra.

Em sua 11ª edição, o Arraiá da Serra já é o maior do interior, acontece durante três dias seguidos e mobiliza cerca de 20 mil pessoas na Praça dos Pioneiros. Danças, shows, comidas típicas, fogueiras, fogos de artifício e, é claro, muita diversão. O secretário de Turismo, Guilherme Schenkel, destaca que o evento agrega valor a cultura local, traz turistas da região e faz a alegria do povo tangaraense.

Guilherme informa que em 2012 o Arraiá será entre os dias 15 e 17 de junho e os preparativos já começaram. “Já começamos a preparar a decoração do local – a tradicional decoração junina, estamos definindo a programação dos shows, provavelmente serão todo shows de fora de Tangará da Serra para animar as três noites de festa”.

Impossível falar de festa junina e não pensar em comida. Bolo de milho, tapioca, curau, pamonha, milho assado, cocada, entre tantas outras delícias da culinária nordestina. “Teremos uma grande variedade na parte de gastronomia com cerca de trinta tendas com opções variadas de comidas típicas, o pessoal está sempre participando com a gente, universidades, associações e entidades nos procuraram e vamos ter uma diversidade de quitutes juninos”.

Grande na diversidade, maior ainda na participação popular, a organização espera em torno de 20 mil pessoas. “Estamos com uma expectativa de público de mais de 15 mil pessoas durante os três dias de festa, esperamos atrair a população e para isso, além da programação normal estaremos com algumas novidades, algumas atrações diferentes que a população vai poder verificar durante os dias de festa”.

E como em festa junina não pode faltar forró pé de serra, arrasta-pé e música boa, em parceria com o Departamento de Cultura, a Setur organiza o concurso de quadrilhas. “Juntamente com o Arraiá da Serra acontece o 13º Viva São João, que é o concurso de quadrilhas juninas e nós já convidamos quem quiser se inscrever que procure o Departamento de Cultura. Não somente escolas, mas entidades, associações, grupos, todos podem fazer sua quadrilha e colocar para participar do concurso, que tem uma boa premiação, que inclui TV de LCD e DVD”.

Assim como a Festa dos Estados, que é outro evento consolidado em Tangará da Serra, o Arraiá deve atrair gente de fora e aquecer o comércio, o setor hoteleiro e restaurantes. “No caso do Arraiá da Serra a gente estima que seja o segundo maior evento junino do estado de Mato Grosso, o maior do interior do estado e já atrai pessoas de toda a região de Tangará da Serra, até mesmo pela grande divulgação que é feita. Isso movimenta a cidade, movimenta os hotéis, os restaurantes, o comércio em si e este é o objetivo da realização deste tipo de evento”.

Alexandre Rolim - Redação DS

Município e Cemat substituem geladeiras e lâmpadas em bairros populares

A Secretaria Municipal de Assistência Social, em parceria com a Centrais Elétricas Mato-grossenses (Cemat), realizou na última sexta-feira mais uma etapa do Projeto de Eficiência Energética. As atividades foram realizadas nos bairros Jardim Bela Vista e Morada do Sol, em Tangará da Serra.

O programa consiste na substituição de geladeiras ineficientes ou com consumo alto por modelos atuais e mais econômicos com o selo Procel. Ao todo, atendidas 200 famílias de baixa renda, beneficiárias do programa federal Bolsa Família e cadastradas na Secretaria Municipal de Assistência Social. Além das geladeiras, também houve substituição de lâmpadas incandescentes pelas chamadas lâmpadas frias.

Para a secretária de Assistência Social do município, Edilaine da Silva Brandão, as substituições ajudam as famílias beneficiadas a economizarem, o que faz a diferença ao final do mês para quem está enquadrado em baixa renda. Além do mais, o novo eletrodoméstico e as novas lâmpadas trazem alegria às famílias. "É gratificante ver uma dona de casa ganhando uma nova geladeira. Com este programa, a redução de consumo de energia em uma casa é bastante significativa", destacou a secretária.

O aposentado Agenor Muniz Silva chegou a ficar emocionado com o que considerou “um presentão”. Agenor é divorciado e quando ainda estava na ativa atuava como trabalhador braçal. Ele disse não saber a própria idade. “Sou bem veterano. Andei muito por aí, trabalhando, a minha vida toda. Gostei deste presentão, não podia ser melhor”, disse.

A alegria também entrou na residência da dona de casa Irene dos Santos Oliveira, 28. Ao lado do marido Agnaldo Martins Nogueira, 38, da mãe, Dª Maria Cordeiro, e dos cinco filhos pequenos, Irene demonstrava no olhar que o final de semana seria dos bons. “Fiquei muito feliz quando soube da nova geladeira. A que tínhamos já estava quase pifando”, contou. 
 
Além da secretária Edilaine Brandão, participaram dos trabalhos as agentes sociais Lurdes dos Santos e Karine Souza Santos, além da psicóloga Teresa Érica. Todo o trabalho de cadastramento e triagem foi realizado pela equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Assessoria

Aeroporto de Tangará da Serra: Projeto ainda precisa ser protocolado na SAC-PR

Governo Federal deverá investir no setor aeroportuário R$ 2,3 bilhões até 2015. Para Mato Grosso os valores estimados são de R$ 237 milhões.

Considerado fundamental para o fortalecimento da economia do município, o aeroporto municipal de Tangará da Serra ainda precisa ter seu projeto protocolado na Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República (SAC-PR) para sair do papel.

Segundo o prefeito Saturnino Masson, que esteve em Brasília esta semana para tratar do assunto, ainda não há qualquer recurso assegurado para as obras do aeroporto. “Há recursos para aeroportos, mas por enquanto não há qualquer solicitação efetiva de verba porque o projeto ainda não está registrado na Secretaria de Aviação Civil. Enquanto não tivermos este protocolo não teremos os recursos necessários”, explicou.

Saturnino destaca, porém, que o projeto do aeroporto já está concebido, o que representa alguma facilidade na montagem do processo para requerer os recursos em Brasília, através da inclusão no PROFAA (Programa Federal de Auxílio a Aeroportos). “Vamos reunir toda a documentação e encaminhar com rapidez. O aeroporto é um objetivo nosso e é importante para fazer decolar a economia de Tangará da Serra”, disse.

Masson contou, em Brasília, com o apoio do deputado federal Nilson Leitão, que acompanhou a verificação junto à SAC-PR e declarou apoio ao município na questão envolvendo o aeroporto.

REGIONAL – Para o secretário municipal de Indústria, Comércio e Serviços, Francisco Dantas Garcia, o aeroporto terá importância estratégica para toda a região que inclui municípios como Campo Novo do Parecis, Barra do Bugres e Diamantino. “O benefício não será apenas para Tangará da Serra e sim de toda uma região”, disse o secretário, lembrando que Tangará da Serra é um centro econômico em torno do qual se movimentam cerca de 20 municípios que, juntos, somam 400 mil habitantes e um PIB que gira em torno dos R$ 30 bilhões.

PROJEÇÃO - Segundo a ABETAR (Associação Brasileira das Empresas de Transporte Aéreo Regional), há uma grande expectativa das companhias aéreas em torno da ampliação, pelo Governo Federal, das infraestruturas aeroportuárias nas regiões de interesse turístico.

Uma empresa que demonstra grande interesse em incluir Tangará da Serra nas suas rotas é a Trip Linhas Aéreas, uma das maiores companhias áreas regionais do país, com mais de 80 destinos.

Há previsão de investimentos na implantação e ampliação de pistas, em pátios de aeronaves, terminais de passageiros e estacionamentos, num montante de R$ 2,3 bilhões até 2015, sendo que para Mato Grosso os valores estimados são de R$ 237 milhões. Nestes valores não estão incluídos os investimentos da Infraero nos aeroportos das capitais.

PROJETO - Segundo projeto desenvolvido ainda em 2010 pela Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Serviços, a nova estrutura aeroportuária inclui terminal de embarque e desembarque de passageiros com 600 m², seis hangares, espaço para abastecimento e para o Corpo de Bombeiros.

O acesso ao aeroporto também receberá obras, com uma avenida e iluminação. Quanto à reforma da pista de 1.520 metros, a capacidade projetada comportará pousos e decolagens de aeronaves do tipo ATR-72.

Fonte: Assessoria / Gabinete / Sics

.: Madeireira :.

MADEIREIRA FLOR DO CAMPO
Rua Júlio Martinez Benevides, 2123-S - Centro
Fone: (65) 3325-2405
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT
+ Informações

Aumento do número de vereadores será decidido nesta segunda-feira

A Câmara de Vereadores de Tangará da Serra vota nessa segunda-feira, o projeto de lei que altera a lei orgânica municipal, que sugere o aumento do número de vereadores de 10 para 15. A questão é que o projeto pode sofrer emendas e provocar alterações e o número poderá ser menor que 15 ou até mesmo 16 ou 17 vereadores.

Na sua primeira discussão, na Sessão Solene realizada no dia 21 de maio, os vereadores aprovaram o projeto sem alterações, o que aumentaria para 15 o número, foram à favor os vereadores Fábio Brito (PSDB), o Fabão, Gilcélio Perez (PT), Antonio Quirino (PMDB), Ronaldo Quintão (PMDB), Vânia Ladeia (PR), Wellington Bezerra (PR) e Roque Fritzen (PDT). Os contrários, apenas três, foram Luiz Henrique (PTB), Zedeca (PMDB) e João Negão (PSD).

Se repetir a expressividade de sete votos, o que corresponde a dois terços dos votos, o projeto será aprovado na segunda discussão, respeitando a determinação que exige que em alteração à lei orgânica necessita de tal quantidade para que se aconteça.

A primeira discussão mostrou duas frentes na câmara, vereadores defendendo a representatividade, a importância de se agregar um maior número de pessoas discutindo as leis e fiscalizando o município, a outra da questão dos gastos que se iriam aumentar na casa de leis e até mesmo questões citadas pelos vereadores de uso de politicagem da discussão.

As incertezas para a aprovação do mesmo são constantes, não sabe se quem foi contra ou à favor ao projeto continuará com a mesma opinião e reafirmarão o voto. As cobranças por parte da população também continuam, manifestações em redes sociais, dentre outros meios exibem a divisão de opinião entre todos.

IMPORTÂNCIA – Por telefone, o presidente da câmara, Luiz Henrique, ressaltou a importância da participação da população na sessão que decidirá esta mudança tão importante dentro do processo legislativo de Tangará da Serra. De acordo com o presidente, diante de todo o cenário criado e de ser um ano de eleição, esta participação necessita ser mais efetiva para que todos possam analisar os representantes da comunidade, “convido a toda a população que venha, que participe nesta segunda-feira da sessão, que se faça presente, que analise a opinião dos vereadores, o que os vereadores estão destacando em suas falas, para que em outubro, o voto de cada um possa ser cada vez mais consciente”, finalizou.

Paulo Ramos - Redação DS

Telecomunicações

TECWEST TELECOMUNICAÇÕES LTDA
Rua Dep. Hitler Sansão, 230-W - Centro
Fone: (65) 3311-2200
Site: www.tecwest.com.br
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT
+ Informações

Três deputados estaduais felicitam Tangará da Serra pelos 36 anos de emancipação

Luciane Bezerra (PSB), Baiano Filho (PMDB) e José Domingos Fraga (PSD) apresentaram moção de congratulação durante sessão da Assembleia Legislativa.

O município de Tangará da Serra recebeu congratulações de três deputados estaduais pelos 36 anos de emancipação político-administrativa, comemorados em 13 de maio. As moções constam no expediente da sessão do dia 09 de maio e são de autoria dos deputados Luciane Bezerra (PSB), Baiano Filho (PMDB) e José Domingos Fraga (PSD), com protocolo no gabinete do prefeito Saturnino Masson no dia 31.

As moções são fundamentadas no artigo 183 do Regimento Interno da Assembleia Legislativa, na forma de requerimento à mesa diretora. “O deputado (...) vem manifestar o reconhecimento publico de Felicitações (...). O desenvolvimento de cada município passa pela disposição e consonância de seus cidadãos em trabalhar e enfrentar desafios diários”, consta nos textos das matérias.

As congratulações dos três parlamentares estaduais se somam à do senador Pedro Taques (PDT), que encaminhou ofício com felicitações pela data municipal ao gabinete do Executivo no dia 11 de maio. Dos três deputados subscritores, o que teve mais votos no município nas eleições de 2010 foi José Domingos Fraga, com 52 votos. Luciane Bezerra e Baiano Filho tiveram, respectivamente, 26 e 12 votos.

Fonte: Assessoria / Assembléia Legislativa de MT

Mato Grosso inaugura amanhã o Hospital do Instituto Lions da Visão

O Instituto Lions de Visão inaugura neste sábado, dia 2 de junho, a primeira etapa de seu hospital em Cuiabá, localizado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, esquina com a Avenida Lions Internacional.

Na oportunidade, além da presença de autoridades políticas do Estado e leões de todas as partes do Brasil, estará presente o Presidente Internacional de Lions Clubes, Wing-Kun Tam, da República Popular da China.

Com a unidade, Mato Grosso poderá passar a fazer parte dos Estados brasileiros que realizam procedimentos como transplantes de córneas. “Hoje existem profissionais capacitados para isso, mas não um local adequado”, explica o presidente do instituto, Whady Lacerda.

Além dos novos tratamentos, o hospital deve permitir dobrar a média de 2,2 mil atendimentos por mês. Atualmente o instituto distribui cerca de 500 óculos e realiza 500 cirurgias mensalmente. Entre os procedimentos mais comuns, estão intervenções para casos de catarata, glaucoma, estrabismos e outras nove patologias.

Todos os atendimentos são realizados por meio da central de regulação do Sistema Único de Saúde (SUS). Além da Capital, as consultas e cirurgias são realizadas no interior do Estado, onde o instituto possui casas de apoio com leitos disponíveis para os pacientes. 

PROGRAMAÇÃO – Além da inauguração da primeira etapa do hospital, na ocasião será lançado um Selo Nacional dos Correios em comemoração a inauguração do hospital. 

E diante da presença do Presidente Internacional Wing-Kun Tam, haverá ainda reunião solene de Visita Oficial do Presidente Internacional a Mato Grosso, que será realizada também no sábado, dia 2, às 20h30, no Hotel Holliday Inn, em Cuiabá.

E ainda fazendo parte das comemorações, a programação aos associados do Lions Clube inicia nesta sexta-feira, 1º de junho, na Assembleia Legislativa, com a entregara de 54 Títulos de Cidadão Mato-Grossense e 31 Moções de Congratulação a Leões e Amigos do Lions, de Mato Grosso. 

“O Lions de Mato Grosso inaugura dessa forma a sede definitiva do Instituto Lions da Visão, que continuará atendendo os milhares de pacientes do SUS que procuram o Instituto e ali são tratados com o respeito que merecem”.

Redação DS