IPTU 2012: Desconto de 20% para parcela única vigora até 13 de abril

Guias também podem ser emitidas pelo próprio contribuinte pela internet.

A Secretaria Municipal de Fazenda (Sefaz) tem boas expectativas em relação ao IPTU 2012. As guias já foram encaminhadas aos domicílios dos contribuintes tangaraenses, mas também podem ser emitidas pelo próprio cidadão pela internet, no site da Prefeitura Municipal– www.tangaradaserra.mt.gov.br – no link correspondente visualizado logo acima da notícia de destaque, na capa do site.

O montante lançado em IPTU este ano é de R$ 9,5 milhões. Por decisão da Administração Municipal, nos valores do tributo em 2012 não consta o reajuste de 50% da planta genérica.

Segundo informou a Sefaz, os munícipes tangaraenses podem emitir boletos para pagamento em parcela única, com desconto de 20% para contribuintes sem débitos junto ao fisco municipal, e desconto de 10% para contribuintes que ainda possuem pendências. Há também a opção de parcelamento em até nove vezes.

Se preferir, o contribuinte pode procurar a Sefaz (Rua Antônio Hortolani, proximidades da Caixa Econômica Federal) para negociar o parcelamento e obter o seu boleto do IPTU, de segunda a sexta-feira, no horário de atendimento externo - das 08h30 às 16h00, com intervalo entre as 11h00 e 13h00. O prazo para pagamento em parcela única com desconto expira em 13 de abril.

Fonte: Assessoria Sefaz

Preço do gás de cozinha em Tangará está abaixo da média de MT

O preço médio cobrado pelo gás liquefeito de petróleo (GLP), ou gás de cozinha, em Tangará da Serra está abaixo de média cobrada em Mato Grosso. A reclamação é de algumas empresas do setor, que defendem o repasse aos consumidores dos aumentos sofridos nos últimos meses. De acordo com os comerciantes, a concorrência tem forçado as empresas a não repassarem os aumentos aos consumidores, o que estaria gerando prejuízos.

“Em Tangará nós temos uma dificuldade de preço. O mercado puxa o preço pra baixo. A gente não consegue repassar [os custos]. Hoje eu tenho filiais em quase todo o médio norte do Estado onde eu tenho um preço que é diferente quase dois reais a mais do que é em Tangará. Então o mercado puxa esse preço pra baixo, a gente tem uma dificuldade enorme nisso aí. Eu tenho regiões onde a gente chega a ter até três reais de diferença de preço”, conta Robson Buhr, gerente estadual de uma grande revendedora.

Os comerciantes apontam que na capital do Estado, Cuiabá, o preço médio praticado pelas empresas é de R$ 51,00 e R$ 52,00, enquanto que em Tangará da Serra o preço médio é de R$ 48,00. “Você veja, estou aqui com uma filial minha em Tangará, a 250 quilômetros, e eu vendo gás aqui a 48 reais meu preço médio. Se você ver o frete, o custo que eu tenho para trazer a mercadoria de lá para cá. Então isso aí prejudica a gente”, reclama Buhr.

Para outro comerciante, José Bernadino da Silva Filho, o preço praticado abaixo da média tem sua principal implicação na hora de pagar os impostos. Ele conta que mesmo vendendo abaixo do preço médio, as empresas pagam o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de acordo com a média de preços levantada pelo Conselho Nacional de Política Fazendária. Na última tabela do conselho nacional, divulgada no dia 06 de março, o preço definido por botijão de gás de 13 quilos em Mato Grosso é de R$ 49,92 (quarenta e nove reais e noventa e dois centavos).

“Nós pagamos os impostos sobre quase cinquenta reais vendemos por quarenta e oito reais. As empresas regulares já não conseguem segurar, já que a defasagem em Tangará da Serra chega a ser de dois a quatro reais, então acredito que em poucos dias o gás deverá sofrer mudanças em seu preço”, explica Bernadino.

Os empresários do setor dizem que com a lei do semi-reboque as empresas do setor terão que fazer investimentos e muitas não irão conseguir. A consequência é o repasse desses custos aos consumidores.

“Na verdade o consumidor em Tangará da Serra está ganhando muito em razão da concorrência desleal, mas vai chegar um ponto em que isso afeta vários setores. (…) Eu acredito que nós estamos no limite, as empresas deverão estar repassando o que é justo para o preço do gás”, adianta o comerciante.

Fonte: Redação Diário da Serra

Tangará sedia maior evento literário de Mato Grosso

De olho em uma lacuna deixada pela Feira Sul Americana de Livros – Literamérica, que ocorreu pela última vez em 2007, em Cuiabá, o escritor tangaraense Robson Rocha, através da Editora e Livraria Ideias, aceitou o desafio de realizar um grande evento literário no interior de Mato Grosso. Nos moldes da Bienal do Livro de São Paulo, ele anuncia o 1º Salão do Livro de Tangará da Serra.

“Estive em 2010 na Bienal do Livro de São Paulo e de lá trouxe inspiração para realizar o evento em Tangará”, falou Robson Rocha, que anda pelos quatro cantos do país acompanhando congressos, feiras e salões onde o protagonista é o velho e bom livro. “Nestes moldes, este será o primeiro evento em Mato Grosso”, continuou.

Dentro da programação estão previstas 45 palestras, com grandes nomes da nossa literatura, como o autor Pedro Bandeira, que já vendeu mais de 22 milhões de exemplares, tendo como obra mais conhecida “O fantástico mistério de Feiurinha”, que já ganhou versão no cinema com a atriz e apresentadora Xuxa Meneghel. Bandeira estará no Salão no dia 03.

Além dele, outra atração nacional é o escritor paulista Álvaro Cardoso Gomes, autor de mais de cinquenta livros e reconhecido como um dos principais autores brasileiros contemporâneos. Além de mostrar sua obra, ele dará autógrafos e ministrará a palestra “A importância da Literatura frente as novas tecnologias”. Álvaro estará no Salão no penúltimo dia do evento.

Na quadra da Escola 29 de Novembro a organização montará uma estrutura de 700 metros quadrados com 14 estandes, onde serão expostos e comercializados livros e produtos eletrônicos. A entrada será franca e durante o dia haverá um palco de contação de histórias, que a noite receberá a banda Quitanda. O Salão do Livro de Tangará da Serra acontecerá entre os dias 01 e 05 de maio no Centro Cultural ´Pedro Alberto Tayano´ e na quadra da Escola Estadual 29 de Novembro. O evento conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec) e da Secretaria Municipal de Turismo (Setur).

LANÇAMENTOS – Quatro livros serão lançados durante o 1° Salão do Livro de Tangará da Serra: o livro de quadrinhos “A Turma do Mato”, do autor e ilustrador Ric Milk; “Crimes Perfeitos”, obra de suspense de Simone Mattos; e “Escritos Culturais” e ´Dose de Cicuta”, de Agnaldo Rodrigues da Silva, escritor de cáceres, pós-doutor da Unemat.

AUTÓGRAFOS – O Salão do Livro terá um espaço específico para autógrafos. Além dos escritores nacionais, será possível conhecer pessoalmente e ganhar um autógrafo de autores como, Celso Júnior, autor do livro de poesias “Noite, Luzes e Sons”; Magda Ferreira, autora do livro “Estratégias pedagógicas para o trabalho inclusivo”; David Macado, do livro espírita “Sementes Perversas”; e Rodney Garcia, autor do livro “Consolidação das políticas educacionais do campo”.

AUTORES E PALESTRANTES – Além de Pedro Bandeira e Álvaro Gomes, estarão no Salão, Agnaldo Rodrigues da Silva, Armindo de Castro Júnior, Aroldo José Abreu Pinto, Benjamin Abdala Júnior, Lioniê Vitório e Justino Astrevo (Nico e Lau), Graziele Cabral Braga de Lima, Iraci Romagnolli Dias, Márcio Uriel Rodrigues, Marcos Isidoro dos Anjos, Cristina Campos, Marli Scarpelli, Neusa Baptista Pinto, Nilton Magalhães, Ric Milk, Roberto Boaventura, Sandro Sguarezi, Vera Lúcia Maquêa, Elizete Dall´comune Hunhoff, Marta Helena Cocco e Welder Jacon.

Fonte: Alexandre Rolim - Redação Diário da Serra

Máquinas e Produtos Agrícolas

AGRO AMAZÔNIA - Concessionário John Deere
Av. Lions Internacional, 1646-W - Vl. Esmeralda
Fones: (65) 3311-4000 / 6200
Site: www.agroamazonia.com.br
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT

AGROCAT
Av. Lions Internacional, 910-W - Jd. Califórnia
Fone: (65) 3311-6100
E-mail: agrocat@agrocat.com.br
Site: www:agrocat.com.br
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT

MAXXI CASE
Av. Lions Internacional, 1930-W - Vl. Esmeralda
Fone: (65) 3311-9700
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT

Artistas farão mobilização e entregarão carta as autoridades

Em reunião na última segunda-feira, 26, um grupo de artistas e produtores culturais de Tangará da Serra decidiram se mobilizar, pintar a cara e ir à rua reivindicar e mostrar o seu trabalho. A reunião foi no anfiteatro do Centro Cultural Pedro Alberto Tayano Filho e contou com a presença de integrantes dos grupos Atores em Metamorfoses, Grutta, Efeito Colateral, do Ponto de Cultura Arte que Transforma, professores da Apae e artistas independentes.

A ideia inicial era fazer um ato na tarde de ontem, data em que se comemora o Dia Mundial do Teatro, Dia Nacional do Circo e Dia Nacional da Mobilização do Teatro, entretanto, devido ao curto espaço de tempo, optou-se por uma mobilização mais organizada, que ocorrerá no dia 03 de abril, terça-feira, às 15h, em frente a Prefeitura Municipal, onde o grupo pretende protocolizar junto ao prefeito Saturnino Masson (PSDB) e ao secretário de Educação e Cultura, Júnior Pimenta, uma carta de reivindicações da categoria.

Logo após o ato pacífico em frente ao Palácio Tangará, o grupo de artistas, todos caracterizados como personagens de teatro, vestidos de palhaço, com violão e outros instrumentos musicais; seguirá até a Câmara Municipal onde pretendem protocolizar a mesma carta junto ao presidente do legislativo, Luiz Henrique Matias (PTB). Posteriormente, eles seguirão até a Praça da Bíblia onde haverá concentração com apresentações e exposições da cultura local.

Em carta, que já vem sendo elaborada desde setembro de 2011, pelo Movimento Tangaraense de Artes Cênicas, os artistas entendem que a Cultura local, especialmente o teatro, vive em situação de estagnação há vários anos devido a fatores políticos que todos são sabedores e também pela inércia da classe diante de tudo o que ocorreu. 

Eles defendem, por exemplo, a garantia imediata de que será destinado um valor maior ao orçamento da Cultura em 2013. Segundo eles, os investimentos no setor vem despencando ano após ano. Eles pedem que seja aprovado com urgência o Sistema Municipal de Cultura, obedecendo ao que determina o Sistema Nacional de Cultura. Pedem ainda mais qualificação, oficinas e eventos para a difusão da cultura local e a desvinculação da Cultura da Semec, através da criação de uma pasta específica para o setor.

Fonte: Alexandre Rolim - Redação Diário da Serra

Tangaraense é eleita para Conferência Nacional sobre Transparência

A tangaraense Maria Jovildes Bloot, a Jô, da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan), representará Tangará da Serra e a região na I Conferência Nacional Sobre Transparência e Controle Social (Consocial), que ocorre entre os dias 18 e 20 de maio, em Brasília. Ela, e outros 37 mato-grossenses participarão da etapa final da Conferência, que já é tida como marco histórico na transparência dos gastos públicos brasileiros.

A Consocial em Mato Grosso ocorreu em Cuiabá nos dias 20 e 21 de março, no auditório da Escola de Contas do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e reuniu representantes da maioria dos municípios do Estado. Tangará esteve representada ainda pelo secretário de Esportes, Palmínio Garrido, pelo professor da Unemat, Eugênio Carlos Stieler, pelo advogado, João Carlos Hidalgo Thomé e pelo conselheiro municipal de políticas públicas, Delson Valério Neves.

O objetivo da Conferência é agregar ideias que subsidiarão a elaboração do Plano Nacional Sobre Transparência e Controle Social e nortearão futuras legislações no Congresso. Orientar os trabalhos das instituições públicas, tendo como base o interesse e a necessidade da sociedade civil, é o parâmetro que guia os debates da Consocial em nível nacional.

Jô explica que primeiro aconteceu a Etapa Regional, em Tangará da Serra, no mês de dezembro, que reuniu participantes de vários seguimentos da sociedade civil e do poder público. Em evento ocorrido no Secitec, foram elaboradas várias propostas, que foram levadas para a etapa Estadual em Cuiabá.

Na etapa ocorrida na semana passada, Tangará da Serra conseguiu emplacar 11 propostas, que compõem as 20 que serão defendidas em Brasília no mês de maio. Jô explica que muitas vezes as propostas de outros municípios possuíam similaridade o que acabou unificado-as.

Jô destaca a importância de Tangará estar fazendo parte deste importante momento da política nacional. Ela dirige 20 conselhos municipais e elogia o empenho do Município em estar participando das discussões em âmbito estadual e nacional. Recentemente o município teve representantes na Conferência Nacional de Educação e também na Conferência Nacional de Esportes.

SOBRE A CONSOCIAL - A I Consocial foi convocada pelo Governo Federal, tendo como objetivo fomentar a participação da sociedade no acompanhamento da gestão pública. Além da Conferência Nacional, teremos as estaduais e as municipais. Todas as etapas preparatórias, assim como a principal, estão regulamentadas por regimento interno, aprovado pela Comissão Organizadora Nacional. Neste regimento, está previsto o número de delegados para cada etapa, os Eixos Temáticos que nortearão os debates e demais normas obrigatórias para a validação das conferências. Há também o Texto-Base da Consocial que, em caráter propositivo, também norteará os debates.

Fonte: Alexandre Rolim - Redação Diário da Serra

Vila Goiás: Moradores encaminham documentação para regularização fundiária

Objetivo da ação promovida pela Administração Municipal é regularizar os imóveis dos moradores através de comprovação de posse.

Foi considerada boa a movimentação no plantão fundiário realizado pela Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan) na Vila Goiás nestes dias 26 e 27 de março (segunda e terça-feira). Segundo a coordenação dos trabalhos, cerca de 70% dos moradores encaminharam suas documentações.

Os trabalhos de regularização fundiária da Vila Goiás tiveram início no dia 17 de março, um sábado, quando o Executivo promoveu audiência pública com os moradores daquela localidade urbana. O objetivo é regularizar os imóveis dos moradores através de comprovação de posse. São 166 imóveis a serem regularizados.

No plantão fundiário realizado teve por local a Escola Jonas Lopes. Os moradores foram atendidos pela Seplan, através dos servidores Viviane Quadros, Magnivaldo Alves Ribeiro e Lucivany Rocha. Os documentos solicitados para o encaminhamento do processo de regularização foram CPF, certidão de nascimento ou casamento, cópia do contrato de compra e venda ou recibo de aquisição de direitos do imóvel, comprovante de endereço (contas de água, luz e outros), e ainda todo e qualquer documento que comprovasse o tempo de moradia e posse, tais como contas de água, luz, carnês ou notas fiscais mais antigas.

PROCURA – Os moradores que não aproveitaram o plantão fundiário poderão procurar o Setor de Regularização Fundiária da Seplan (Rua Antônio Hortolani nº 62-N), em horário de expediente. Vale lembrar que a posse também poderá ser comprovada por testemunhas, através de escritura pública de justificação de posse lavrada pelo cartório do Tabelionato de Notas e Ofício de Registro.

Para o prefeito Saturnino Masson, a regularização fundiária da Vila Goiás é uma prioridade para a Administração Municipal, já que o assunto é de relevante interesse público. “A regularização é um processo importante para o município e principalmente para a população que mora no bairro”, disse o Chefe do Executivo, citando a relevância da regularização em eventuais negociações de imóveis, para implantação de empreendimentos empresariais e até mesmo para investimentos públicos.

Fonte: Assessoria Seplan

Câmara vai apreciar proposta para 'endurecer' leis contra políticos

Palco de diversas irregularidades administrativas que resultaram na cassação do prefeito Júlio César Ladeia (PR) e 5 vereadores em 2011, a cidade de Tangará da Serra tem sido monitorada por promotores de Justiça do Ministério Público Estadual (MPE) que apresentaram ao Legislativo, em julho do ano passado, vários projetos de lei relacionados ao endurecimento da legislação municipal sobre desmandos administrativos. E, na última sexta-feira (23) o presidente da Câmara de Vereadores, Luiz Henrique Barbosa Mathias (PTB) garantiu ao MPE que nesta semana colocará em pauta nas sessões do Legislativo a 'Proposta Republicana' apresentada por promotores que atuam na cidade.

No documento, os promotores propõem a aprovação de vários projetos de lei relacionados ao endurecimento da legislação municipal sobre desmandos administrativos. Entre eles, a proibição da prática de nepotismo no âmbito dos Poderes Executivo e Legislativo, instituição do programa de metas pelo Executivo, proibição de destinação de recursos públicos para festas e patrocínios, proibição de utilização de nome de pessoas vivas nos bens públicos, implementação do portal transparência, criação do Conselho Municipal de Transparência de Combate à Corrupção e à Impunidade e criação da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle na Câmara Municipal.

De acordo com o presidente da Associação Mato-grossense do Ministério Público, promotor de Justiça Vinícius Gahyva Martins, a Proposta Republicana, apresentada em Tangará da Serra, será discutida nos demais municípios polos visando a sua implementação no restante do Estado.

Fonte: Welington Sabino, repórter do Gazeta Digital

Sebrae entrega certificados de Gestão de Qualidade a empresas de Tangará da Serra

Evento realizado no Centro Cultural na noite do último sábado (24.03) reuniu nove empresas que participaram do PSGQ.

Nove empresas de Tangará da Serra receberam na noite de sábado (24.03) os certificados do Programa Sebrae de Gestão da Qualidade. O evento, realizado no Centro Cultural da cidade, foi prestigiado por autoridades do município e reuniu bom público.

Foi a primeira turma de empresários participantes do Programa Sebrae de Gestão de Qualidade (PSGQ). A certificação foi conduzida pela consultora do Sebrae, Rosângela Aparecida Voiski e pela gestora do programa em Tangará da Serra, Sílvia Fraga de Souza – que representou o líder da agência local, Sandro Rossi. Também marcou presença o consultor de Capacitação Empresarial do Sebrae em Mato Grosso, Wanderley de Arruda, representando a gestora estadual do PSGQ, Lucimeire Dias.

Pelo poder público municipal participaram do ato de certificação o secretário de Indústria e Comércio do município, Suedir Ribas, e o vereador Wellington Bezerra.

Além dos representantes do poder público local, prestigiaram o evento o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Tangará da Serra (Acits), Leoclides Bigolin; a diretora da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Jainer Alves; e os representantes do Banco do Brasil, Rodrigo Fernandes Silva, e do Banco da Amazônia, Mário Jorge Abrahim.

As empresas certificadas foram Auto Peças Tangará, Auto Posto Tanaka, Central Máquinas de Costura, Fazenda São Marcelo, Ferragem Bigolin, Odonto Vida, Plano Familiar Univida Santa Cruz Barra do Bugres, Plano Familiar Univida Santa Cruz Tangará da Serra e Univida Equipamentos Ortopédicos.

Durante o evento, os empresários e colaboradores das empresas certificadas pelo PSGQ falaram sobre a participação nas atividades, dos resultados alcançados e da nova realidade vivenciada pelas empresas. O programa proporcionou a eles a compreensão de que precisam trabalhar aspectos importantes com base na metodologia “5Ss”, combater o desperdício, padronizar processos e estabelecer um planejamento estratégico como forma de melhorar os resultados, alcançar a excelência e, assim, garantir a sustentabilidade dos seus negócios.

Adílson Lopes Bezerra, da Central Máquinas de Costura, destacou a “bagagem” adquirida com o PSGQ e sugeriu a realização de novas etapas do programa para oportunizar a mais empresas a assimilação dos novos conceitos de gestão. “A qualidade tem um significado muito amplo. É bom para a empresa, é bom para o cliente”, afirmou.

“Ver todos os setores de outro modo, assimilar um novo layout, descartar o peso inútil que há nas gavetas, providenciar o conserto de uma simples torneira que não pára de vazar, reorganizar estoques... Estes detalhes dinamizam o trabalho, trazem motivação e torna a empresa mais eficiente e ágil para o público externo”, sublinhou Camila Gouveia Gonçalves, da Univida Equipamentos Ortopédicos. Para ela, o conhecimento adquirido com o PSGQ não se aplica somente no ambiente do trabalho. “Muita coisa se aproveita em casa, mesmo”, concluiu.

Ao final do evento, a consultora Rosângela Voiski, que coordenou as atividades do programa junto às empresas, foi homenageada pelos participantes.

Representando a Prefeitura Municipal de Tangará da Serra, o secretário municipal de Indústria, Comércio e Serviços, Suedir Ribas, destacou a importância na qualificação da gestão das empresas e o apoio de instituições especializadas como o Sebrae. “Qualificar a gestão é fundamental para a modernização das empresas, que precisam estar preparadas internamente para bem atender o público externo. Nestes tempos de globalização, mudanças acontecem muito rapidamente e a empresa que não contar com uma gestão qualificada fica para trás”, disse.

AÇÃO SOCIAL - Além dos certificados do PSGQ, foram entregues troféus de destaque em Responsabilidade Social aos participantes. Divididos em cinco equipes – “Equipentudo”, “Inováveis”, “Losermanos”, “Origami” e “Tropa de Elite” – os representantes das empresas envolvidas realizaram ações de cunho social com interatividade e entrega de gêneros alimentícios e materiais de limpeza ao Lar do Idoso e a uma família carente, distribuíram mais de 30 cadeiras de rodas a pessoas portadoras de necessidades especiais e também promoveram ações ambientais como plantio de árvores e limpeza no Bosque Municipal e no Córrego Figueira.

Autor: Assessoria
Fonte: Sics/Sebrae

Assinado convênio que beneficia Casa da Criança e Lar do Idoso

Foi assinado na tarde de ontem um convênio que beneficiará crianças e idosos de Tangará da Serra, que são atendidos pela Casa da Criança e pelo Nossa Lar (Asilo do Idoso). Os moradores da cidade poderão a partir de agora ajudar na manutenção das duas entidades doando qualquer valor através da fatura de água, esgoto e lixo.

O projeto “Samae Solidário” é resultado de cobranças antigas do Asilo do Idoso e da Casa da Criança, que há dois anos solicitavam a autorização e elaboração do convênio. Também a Câmara Municipal, através de indicações do vereador Luiz Henrique Matias, pedia o conveniamento, que foi autorizado pelo legislativo após a aprovação da Lei Nº. 3.709/2011.

O presidente da Casa da Criança, Sebastião Ribeiro, destacou o projeto e disse que as doações serão utilizadas no desenvolvimento de projetos e no custeio da Casa. “Esses recursos vão permitir que façamos projetos que tínhamos a intenção de fazer, mas que não tínhamos dinheiro para por em prática”, falou.
Ciro Fernandes, diretor do Asilo do Idoso, disse que o recurso é bem vindo e que será usado na manutenção da entidade. “Este aporte de recurso, como todas as doações, todo o dinheiro que entra no Nosso Lar, será empregado na parte de medicamentos, de pequenas reformas e adequações, de contratação de mais funcionários”, relatou.

Segundo ele, agora vem a parte operacional do projeto, que é buscar e convencer a população a doar. “Vamos estudar como chegar no contribuinte, como chegar no doador. (…) ele tem que assinar um termo de doação liberando o desconto”, explicou, informando que buscará a ajuda de clubes de serviços, lojas maçônicas, associações de moradores e outras entidades para sensibilizar às doações.

Leandro Ficagna, diretor do Samae, destaca que a iniciativa partiu das próprias entidades e da Câmara Municipal. “Estamos finalizando o projeto, que já era um pedido deles e que quando fiquei sabendo disso, já durante a minha gestão, (…) pensamos por que não fazer. Entendemos que não não havia motivos para esperar e decidimos por em prática”, falou.

Ele reforça que o convênio não irá desfalcar financeiramente a Prefeitura ou o Samae. “O Samae será apenas o receptor das doações, o recurso será doado pelo contribuinte, será gerado um código e o dinheiro será dividido em partes iguais as duas entidades. Que fique claro que não será usado recurso público para isso”, destacou.

O prefeito Saturnino Masson (PSDB), por sua vez, comemorou o convênio, destacando que ele beneficiará duas faixas etárias importantes da população – no início e no fim da vida. “São pessoas que de alguma forma estão nestas casas e este dinheiro ajudará a mantê-las com mais conforto e a ajuda é acessível a toda a população, pois o valor é baixo, qualquer um pode doar”, falou o prefeito.

O PROJETO – Através do projeto intitulado “Samae Solidário”, a população poderá fazer doações de qualquer quantia em dinheiro, diretamente na fatura de água, que serão revertidas para as entidades, que desenvolvem trabalhos importantes no apoio e acompanhamento de crianças e idosos de Tangará da Serra.

Os interessados receberão um formulário, confeccionado pelas próprias entidades onde autorizarão a cobrança de qualquer valor, a partir de R$ 0,50, na fatura mensal da água, lixo e esgoto.

O contribuinte poderá autorizar a cobrança por até um ano, com possibilidade de renovação e anulação a qualquer momento. O dinheiro arrecadado será separado pelo sistema do Samae e depositado, em quantias divididas de forma igual, em contas específicas das duas entidades. O depósito será mensal, até 15 dias após a arrecadação.

Fonte: Alexandre Rolim - Redação Diário da Serra

Frentes de trabalho resultam em melhorias na malha viária urbana e em estradas do interior

Trabalhos de restauração, tapa buracos e aplicação de lama asfáltica seguem em ritmo acelerado. Sinfra também intensifica melhorias nas estradas do interior.

Os dias de sol que se sucederam nos últimos quinze dias colaboraram para que a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) intensificasse os trabalhos tanto na área urbana como na zona rural de Tangará da Serra. Há pelo menos quatro frentes de trabalho atuando no centro e nos bairros, além de equipes atuando no interior.

Com a intensificação dos trabalhos da Sinfra, os pavimentos de vias urbanas na área central e nos bairros Jardim Europa e Vila Alta receberam melhorias significativas e estradas que ligam as localidades do interior do município tiveram suas condições de trafegabilidade recuperadas.

DEMANDAS - Mas não tem sido fácil, já que as demandas são numerosas e de grande vulto, em todas as partes do município. Asfaltos de bairros como Jardim Europa, Jardim Presidente, Parque das Mansões, Residencial Dona Júlia, Vila Alta, Vila Esmeralda, Vila Portuguesa, Vila São Pedro, Vila Santa Teresinha, Avenida Tancredo de Almeida Neves, Avenida Brasil, e em praticamente todas as localidades urbanas, não recebiam manutenção adequada há pelo menos seis anos. As estradas do interior, também abandonadas em grande parte e por longo período, provocavam um misto de revolta e perplexidade nos produtores e moradores das localidades do interior.

Todo este abandono resultou numa preocupante ampliação da demanda e acúmulo de serviços, com dificuldades potencializadas pela demora e pelo custo majorado, sentidas pela Administração Municipal e, principalmente, pela população.

NOVA SITUAÇÃO - Contudo, aos poucos a situação da infraestrutura urbana e rural de Tangará da Serra começa a mudar. Os trabalhos tiveram início no segundo semestre do ano passado e nestes primeiros três meses foram intensificados pela Administração comandada pelo prefeito Saturnino Masson. “É preciso paciência, mas a população pode ver que aos poucos vamos resolvendo os problemas da cidade. Ainda há muito que fazer, é verdade, mas estamos avançando e logo todos verão a diferença para melhor”, disse o prefeito, que dedica boa parte do seu tempo acompanhando os trabalhos tanto na cidade como no interior.

ÁREA URBANA - Os trabalhos de recuperação do pavimento urbano estão em ritmo acelerado. Primeiro, a Sinfra restaura o asfalto, seja com o tapa-buracos ou com o sistema de recuperação terceirizada adotado desde o mês de dezembro. Uma vez recuperado o pavimento, ocorre a aplicação da lama asfáltica. O resultado é uma maior durabilidade, com serviço de melhor qualidade.

Em ruas sem pavimentação nos bairros, há patrolamento e encascalhamento, como realizado recentemente no Jardim San Diego, Jardim Acácia, Residencial Alto da Boa Vista e outras localidades urbanas.

INTERIOR - Já no interior, a recuperação de estradas também é um trabalho intensificado. Foram recuperadas estradas importantes em muitas localidades, como nas glebas Aurora, Bandeirantes, Palmares, Palmital, Triângulo, São José, Boa Vista e Bezerro Vermelho. Também houve patrolamento e encascalhamento nas estradas do Ararão, Calcário, Dona Toca, Mamão, Mutum, Vale do Sol I, no Assentamento Antônio Conselheiro (Agrovilas 21, 23, 24, 25 e 26), e em pontos críticos da Estrada da São Jorge.

Segundo o secretário municipal de Infraestrutura Ronaldo Diniz, outras localidades receberão frentes de trabalho nos próximos dias, casos do Progresso, Curva da Calcário/Triângulo, Estrada do Ranchão e Córrego Tapera.

Fonte: Assessoria/Gabinete/Sinfra

Creches em construção garantem novas 600 vagas no ensino infantil

As obras de construção de três creches e a ampliação de mais uma estão garantindo para este ano a criação de novas 600 vagas no ensino infantil de Tangará da Serra. A confirmação é do secretário municipal de Educação e Cultura, José Júnior Pimenta de Sousa. As construções estão sendo realizadas no Jardim Residencial Alto da Boa Vista, no Jardim Califórnia, no Residencia Altos do Tarumã e a ampliação no Jardim Atlântida.

“Nós estamos trabalhando para concretizar o nosso plano de expansão. São metas que a gente já colocou para o exercício 2012, desde o ano passado (...) Essas creches nós queremos concluir ainda neste primeiro semestre com a possibilidade de abrir matrículas e iniciar o funcionamento em agosto, no segundo semestre”, afirma Pimenta.

A obra do Alto da Boa Vista já está em fase de acabamento. A construção no Altos do Tarumã deverá atingir o mesmo estágio em aproximadamente 30 dias. As duas representam investimentos de R$ 231 mil cada e o prazo para a entrega encerra dia 13 de setembro, mas devem ficar prontas antes.

Já a construção do Jardim Califórnia representa investimento de R$ 1 milhão 199 mil e deve ser concluída até outubro deste ano. Na ampliação de salas de aula da creche Cecília Barcelos, localizada no Jardim Atlântida, estão sendo investidos R$ 150 mil com prazo de conclusão para setembro.

As obras são realizada com recursos do Governo Federal, liberados pelo Ministério da Educação, através do Programa Pró-Infância, com contrapartida do Município. Já os investimentos em mobiliário correm por conta da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, bem como a manutenção das creches no primeiro ano.

“Você coloca em funcionamento este ano e você recebe através da quantidade de alunos em sala de aula só a partir do ano que vem, após o censo 2012. Dessa forma o funcionamento dessas creches agora em 2012 vem quase que 100% com recursos próprios do Município, só não parte da construção que é feita com recursos do Governo Federal, mas a partir de 2013 começa-se a receber, com base nas matrículas feitas em 2012, recursos para a manutenção do ensino infantil também dessas unidades”, explica o secretário.

FALTAM VAGAS – Segundo Pimenta as novas 600 vagas que estão sendo criadas ainda não atendem a deficiência existente. Para isso, explica o secretário, o Município precisa cumprir o plano de expansão do ensino infantil até 2016. Para 2013 o Município pretende construir outras creches, entre elas a do Jardim San Diego, e ampliar outras, entre elas a Creche Tia Lina.

“A SEMEC está se movendo para que até 2016 esteja sanada a deficiência com relação ao Ensino Infantil em Tangará da Serra. Este ano já minimizamos bem essa deficiência com a criação de uma escola nova com capacidade para quase 600 alunos, no Parque das Mansões, e que com certeza essa escola veio a sanar boa parte de nossa deficiência. Mas nós precisamos resolver a questão de forma geográfica e é isso que está sendo perseguido do ponto de vista de construir uma creche em cada localidade onde tem uma demanda maior”, conclui.

Fonte: Redação Diário da Serra

Só lenidades


O maior palestrante de Cerimonial do Brasil, prof. Marcelo Pinheiro estará em Tangará da Serra-MT, nos dias 13 e 14 de Abril no Auditório da ACITS-Associação Comercial e Empresarial de Tangará da Serra, ministrando o Curso Só lenidades, que é composto de 10 atos.

Inscreva-se agora pelo site www.cerimonialista.com ou pelos fones: (65) 9955-5267 / 8449-2239.

Realização do Portal do Cerimonial. Uma Promoção R2 – Serviços & Eventos.

Forma de Pagamento:

  • À vista – até 30.03.12, R$ 280,00
  • À vista – de 01.04 à 10.04.12, R$ 310,00
  • À vista – de 11.04 à 13.04.12, R$ 350,00
  • À prazo – cartão de crédito até 5 x
  • Empenho, valor normal.
Incluso coffee break, guia digital e certificado.

Redação

Serra goleia em MG e passa para as oitavas da Copa do Brasil

Jogando na casa das adversárias, em Ipatinga (MG), o Serra goleou as meninas do Iguaçú por 4 a 0 e está confirmado nas oitavas de final da Copa do Brasil de Futebol Feminino 2012. No primeiro jogo, em Tangará da Serra, na semana passada, as meninas do tricolor serrano já haviam vencido por 6 a 0.

Sem reforços, o time, que podia perder por até cinco gols de diferença, que ainda estava classificado, foi a Minas Gerais e surpreendeu o time local. O confronto ocorreu na noite de sábado, 17, no estádio João Lamego, o Ipatingão. 

O primeiro gol do Serra saiu dos pés da meia esquerda Natália. A zagueira Daniele marcou o segundo para o time tangaraense. O terceiro foi da centroavante Ana Maria e o quarto saiu dos pés de Leia, que joga na mesma posição, conforme informou por telefone o secretário municipal de Esportes, Palmínio Garrido, que acompanha o Serra.

O próximo adversário do Serra na Copa do Brasil será o Vasco da Gama, do Rio de Janeiro, que derrotou o Ascoop (DF), por 6 a 0 no jogo de ida, em Brasília, sendo desnessário do jogo de volta, pois de acordo com o regulamento da competição a derrota por três gols de diferença em casa desclassifica o time automaticamente. 

O técnico Jedson Zanesco terá cerca de um mês para trabalhar a equipe, pois o próximo jogo, de acordo com a tabela da CBF, será no dia 14 de abril, no estádio Mané Garrincha.

VOO- O time perdeu o voo na manhã de ontem e acabou saindo de Minas Gerais apenas às 13 horas. Por volta das 17 horas, esta reportagem falou com o secretário, que informou que a equipe deveria chegar à Tangará da Serra nesta madrugada.

Fonte: Alexandre Rolim - Redação Diário da Serra

Dia Mundial da Água: Parceria Samae/Semmea celebra data com programação especial

Palestras em escolas, distribuição de materiais educativos, ações culturais e assinatura de convênio integram programação.

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto de Tangará da Serra (Samae) e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmea) promovem esta semana uma programação especial alusiva ao Dia Mundial da Água. As atividades, já iniciadas nessa segunda-feira (19.03), incluem palestras em escolas das redes pública municipal e estadual, distribuição de materiais educativos, ações culturais e também assinatura de convênio de cooperação com a Casa da Criança e Casa do Idoso.

As palestras apresentadas nas escolas tem como foco a importância da preservação dos recursos hídricos, do saneamento básico e do meio ambiente para a manutenção da qualidade de vida. Já o Dia Mundial da Água, celebrado oficialmente no dia 22.03 (quinta-feira), contará com várias atividades que envolvem blitz na área central da cidade para distribuição de material informativo e adesivagem de veículos, distribuição de mudas de espécies nativas e apresentação cultural sobre o tema “Preservação é a melhor solução”.

A programação do Dia Mundial da Água em Tangará da Serra será encerrada no Gabinete do Executivo Municipal, onde o prefeito Saturnino Masson e o Samae assinarão convênio de cooperação com a Casa da Criança e a Casa do Idoso. O convênio consiste na arrecadação espontânea de valores incluídos nas contas de água para repasses às duas instituições assistenciais.DATA - A comemoração do Dia Mundial da Água surgiu no âmbito da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento e Ambiente que decorreu na cidade do Rio de Janeiro, em 1992. Os países foram convidados a celebrar o Dia Mundial da Água e a implementar medidas com vista à preservação deste recurso e a promover a sua sustentabilidade.

Fonte: Assessoria Samae/Semmea

Vila Goiás: Plantão fundiário será realizado nos dias 26 e 27 de março

Moradores deverão apresentar documentação para provar posses dos imóveis. Atendimento será realizado pela Seplan na Escola Jonas Lopes.

Cerca de 50 moradores da Vila Goiás e membros do Poder Público Municipal participaram, na tarde do último sábado, de audiência pública para discussão da regularização fundiária do bairro, um dos mais antigos e tradicionais de Tangará da Serra.

A reunião popular aconteceu nas dependências da Escola Jonas Lopes e contou com a presença do prefeito municipal Saturnino Masson, do vice-prefeito Idail Trubian, e da equipe técnica da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan). Também marcaram presença os secretários Vagner Guimarães (Administração), Ronaldo Diniz (Infraestrutura) e Suedir Ribas (Turismo), o superintendente de governo James Capucho, os vereadores Vânia Ladeia, Roque Fritzen e Zedeca, e lideranças comunitárias.

Durante a audiência foi confirmada a realização do “Plantão Fundiário” no bairro nos dias 26 e 27 próximos (segunda e terça-feira). Nos dois dias, na Escola Jonas Lopes, pela manhã (07h30 às 11h00) e à tarde (13h30 às 16h30), a equipe técnica da Seplan – liderada pelos servidores Viviane Quadros, Magnivaldo Alves Ribeiro e Lucivany Rocha - atenderá aos moradores da Vila Goiás para encaminhar a regularização dos imóveis através da reunião de provas de posse. Os documentos a serem apresentados são CPF, certidão de nascimento ou casamento, cópia do contrato de compra e venda ou recibo de aquisição de direitos do imóvel, comprovante de endereço (contas de água, luz e outros), e ainda todo e qualquer documento que comprove o tempo de moradia e posse, tais como contas de água, luz, carnês ou notas fiscais mais antigas.

A posse também poderá ser comprovada por testemunhas, através de escritura pública de justificação de posse lavrada pelo cartório do Tabelionato de Notas e Ofício de Registro.

Para o prefeito Saturnino Masson, a regularização fundiária da Vila Goiás é uma prioridade para a Administração Municipal, já que o assunto é de relevante interesse público. “A regularização é um processo importante para o município e principalmente para a população que mora no bairro”, disse o Chefe do Executivo, citando a relevância da regularização em eventuais negociações de imóveis, para implantação de empreendimentos empresariais e até mesmo para investimentos públicos naquela localidade urbana.

Já o presidente da Associação de Moradores da Vila Goiás, Nivaldo Pereira da Silva, mostrou-se satisfeito com o encaminhamento da regularização, algo há muito esperado pelas famílias residentes no bairro. “Há muito tempo que lutamos pela regularização. Tivemos muitas promessas no passado. Parece que agora, de uma vez por todas, vamos ter nosso bairro regularizado”, afirmou o líder comunitário.

Fonte: Assessoria / Seplan

Governo garante recursos para obras do aeroporto de Tangará


A partir da segunda quinzena deste mês, começam a ser definidos projetos e as obras a serem executadas no Aeroporto Municipal de Tangará da Serra (240 quilômetros de Cuiabá, no médio norte do estado).

Entre os serviços, estão recapeamento, balizamento, iluminação e cercar a pista com alambrado, além das plataformasde embarque e desembarque de passageiros.

Em reunião com o engenheiro da Gerência Aeroviária e Hidroviária da Secretaria de Transporte e Pavimentação Urbana do Estado (Setpu), José Carlos Ferreira da Silva, o vice-líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Wagner Ramos (PR), o vereador Zedeca (PMDB) e o secretário de Turismo do município, Geraldo Guimarães, tiveram acesso ao detalhamento dos serviços a serem executados.

Em um dos projetos apresentados pelo engenheiro ao grupo, o recapeamento dos 1.600 metros de pista está orçado em R$ 824 mil e 900, e a colocação do alambrado em exatos R$ 1.104.337,97. Para as plataformas, Wagner Ramos e Zedeca conseguiram com Geraldo Guimarães projeto já licitado e que será apresentado dia 15 próximo para ser executado.

Ainda durante o encontro na secretaria, foram tratados detalhes da iluminação da pista e das plataformas de embarque e desembarque de passageiros, e confirmado que o balizamento já tem assegurados recursos de R$ 750 mil, da Secretaria de Estado de Turismo (Sedtur). Segundo Wagner Ramos, o governador Silval Barbosa assegurou já existirem recursos assegurados para recuperação de aeroportos em oito cidades de Mato Grosso, entre elas Tangará da Serra, com vistas ao projeto da Copa do Mundo.

A articulação para o encontro na Setup foi iniciada ainda no gabinete do prefeito Miguel Romanhuk, com Geraldo Guimarães, Wagner Ramos, Zedeca e empresários.

Fonte: Fernando Leal - Assessoria de Gabinete

Câmara declara de utilidade pública a ATFA

Na 6ª Sessão Ordinária realizada na segunda-feira (12) com Projeto de Lei 010/2012 de autoria do vereador Wellington Bezerra (foto) sendo aprovado por unanimidade, foi declarada de utilidade pública a Associação Tangaraense de Futebol Americano – ATFA.

O vereador Bezerra ao usar da tribuna para defender a aprovação do projeto, disse, “É sabido que o desporto aparece como arma de inclusão social, diminuição da criminalidade, formação do caráter e personalidade do Ser Humano. A associação em comento vem pleitear o seu reconhecimento como utilidade pública, como forma de incentivo ao esporte. O desenvolvimento do desporto obedece a uma linha vertical lógica, oferecendo condições para o treinamento dos jovens e com as vitórias dos “profissionais” servindo de exemplos, criando os ídolos que inspirarão os jovens a ingressar no mundo desportivo. Nós enquanto legisladores somos sabedores que nas três leis maiores, quais seja Constituição Federal, Constituição Estadual e Lei Orgânica preconizam o direito ao desporto, e quando outorgamos essa declaração a uma entidade como a ora analisada, estamos de alguma maneira incentivando a defesa da saúde. Portanto, conto com o habitual apoio dos nobres pares, para que possamos outorgar essa declaração à entidade em comento”, finalizou.

Veja o Projeto:

Art. 1º. É declarada de Utilidade Pública Municipal a “ATFA – Associação Tangaraense de Futebol Americano”, entidade sem fins lucrativos tendo como objetivos fundamentais a prática, o contribuir para o desenvolvimento da modalidade esportiva em Tangará da Serra, como mais uma opção de prática esportiva e lazer para a comunidade, promover eventos, competições e torneios para os seus associados e simpatizantes, organizar reuniões, estudos, debates, seminários e campanha que visem o crescimento e aprimoramento do Futebol, Americano, participar dos eventos relacionados ao Futebol Americano, em âmbito municipal, estadual e nacional, celebrar parcerias com entidades publicas e privadas para a promoção do Futebol, Americano, filiar se junto as entidades promotoras e organizadoras de eventos ligado ao Futebol Americano, estimular os jogadores e praticantes do Futebol Americano a se organizarem legalmente, promover eventos e jogos de Futebol Americano, criar um quadro associados permanentes para eleger periodicamente, a diretoria da associação e participar de competições dentro e fora do município, devidamente inscrita no cadastro nacional da pessoa jurídica - CNPJ nº 12.993.299/0001-01, registrada sob nº 20899 - do Livro A-10, protocolo A-2 nº 1062, do Cartório do 1º Ofício de Notas e Registros da Comarca de Tangará da Serra – MT, no dia quinze de junho do ano de dois mil e dez, cujos documentos de constituição passam a fazer parte integrante da presente lei.

Art. 2º. Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário.
Este quarto ano da 8ª Legislatura conta com a Mesa Diretora formada pelos vereadores Luiz Henrique Barbosa Matias (PTB) como presidente, Miguel Romanhuk (DEM) como vice-presidente, Zé Pequeno (PT) primeiro secretário e o vereador Roque Fritzen (PDT) segundo secretário.
Compondo esta 8ª Legislatura os vereadores, Melquezedeque Ferreira Soares (PMDB), Antonio Quirino dos Santos (PMDB), Fábio Brito (PSDB), João Negão (PSD), Wellington Rossiter Bezerra (PR) e a vereadora Vânia Regina Ladeia Trettel (PR).

Lauro Vaccari
Assessoria de Comunicação e Imprensa

"Mulher Cidadã": Câmara homenageia mulheres tangaraense

A verdade é que o cenário político tangaraense ainda tem uma certa dívida com as mulheres. Ao longo da história, elas sempre estiveram presentes no contexto, participando de momentos importantes, como o da emancipação e a eleição de Thais Bergo Duarte Barbosa (PMDB) a primeira prefeita, em 1975.

Depois disso, a participação mais expressiva foi o de Ana Monteiro de Andrade (hoje no PSD), que foi vice-prefeita e chegou a ocupar o cargo de prefeita após o afastamento de seu companheiro político, à época Jaime Luiz Muraro (DEM). Afora estes dois momentos, outras mulheres ocuparam cargos políticos na Câmara Municipal e em entidades representativas de classes.
 
A última, a vereadora Vânia Ladeia (PR), é precursora do recém instituído certificado “Mulher Cidadã”, que homenageou e homenageará todos os anos dez personalidades femininas de Tangará da Serra que se destacaram em suas respectivas comunidades, grupos, setores, enfim, no meio social tangaraense.

As dez mulheres homenageadas em 2012, foram apontadas a dedo pelos vereadores .Cada um escolheu uma personalidade feminina, levando em consideração a sua importância histórica, as lutas enfrentadas e as suas contribuições para o desenvolvimento e, principalmente, para o bem estar social.

Dona Ana
A primeira homenageada da noite foi a Ana Monteiro de Andrade, paulista de Presidente Prudente,que já foi vice-prefeita entre 2001 e 2003, e prefeita no ano de 2004 com a cssação do gestor titular. Antes porém, Dona Ana exerceu o cargo de secretária de Assistência Social, no início da década de 1990, quando o seu esposo, Manoel de Andrade era prefeito. Seu nome foi indicado pelo vereador João Negão (PSD).

Edna Girotto
Também foi homenageada a pós graduada em Enfermagem, Edna Aparecida Girotto, que atualmente é diretora do Escritório Regional de Saúde de Tangará da Serra. Ela participa do GAO desde a sua fundação, onde já ocupou vários cargos, inclusive de presidente em 2004. Edna foi indicada pelo vereador Zé Pequeno.

Joana Rampim
Ela é funcionária da Câmara Municipal desde 1983. Veio para a cidade em 1977, tem seis filhos e é conhecida e respeitada por todos. De acordo com o vereador que a indicou, RoqueFritzen, em 30 anos de trabalho público observa-se que inexiste em seu prontuário, qualquer conduta desabonadora, que macule sua vida profissional. Ela já foi agraciada com o Título de Cidadã Mato-grossense em 2009.

Maria Polegati
(Recebido pela filha)Esposa do pastor Silas Paulo de Souza, da Igreja Assembleia de Deus, ela é técnica de Contabilidade. Exerce a 1ª Superintendência da União de Senhoras da Assembleia de Deus de Tangará da Serra e Região, onde é querida e respeitada por todas as irmãs integrantes, auxiliando seu esposo com zelo e determinação na conduçãoda Obra do Senhor. Seu nome foi indicado pelo vereador Zedeca.

Rita de Cássia
O vereador Miguel Romanhuk indicou Rita de Cássia Alves ?Pessoa Bento, que veio morar em Tangará da Serra em 2000. Ela é enfermeira e atualmente é coordenadora do serviço de enfermagem da ?unidade Mista de Saúde e ??do SAMU Tangará da Serra.

Ângela Belizário
Outra homenageada foi a professora Ângela Xavier Belizário, que mora em Tangará da Serra desde 1982. Ela é uma das fundadoras da ONG BPW e também já foi presidente do Grupo de Apoio Oncológico (GAO). Hoje, ela trabalha na Secretaria de Saúde. Seu nome foi indicado pelo vereador Fabão.

Flordenice dos Santos
Também recebeu o certificado a cidadã Flordelice Lima dos Santos, que veio para Tangará da Serra em 1975 e depois foi embora. Casou-se aos 16 anos e teve oito filhos. Retornou para Tangará há 27 anos depois que foi abandonada pelo marido. De origem humilde, Flordelice diz amar muito a cidade, apesar de alguns acontecimentos. Ela foi indicada pelo vereador Luiz Henrique.

Cida Lima
Mulher, mãe, amiga, professora, cidadã tangaraense... Maria Aparecida de Lima Souza foi indicada para receber a homenagem pelo vereador Quirino. Chegou por aqui em 1979 e trabalhou na primeira gestão pública municipal na época de Thais Barbosa. Estudou na escola 29 de Novembro. Hoje ela é professora formada e dá aula em escolas da cidade e no Itec.

Maria Caparroz
O vereador Wellington Bezerra indicou Maria Caparroz, que é a fundadora da Casa da Criança de Tangará, uma das fundadoras da BPW e a primeira mulher a assumir a presidência de uma associação comercial em Mato Grosso, da Acits. Foi ela quem idealizou a Feira Ponta de Estoque, o Destaque Empresarial e a premiação de Decoração Natalina. Hoje ela é assessora de Wagner Ramos na AL.

Silvana Nishimura
Silvana Leiko Yamamoto Nishimura foi escolhida para receber a homenagem pela vereadora Vânia Ladeia, uma das fundadoras da Igreja Holiness de Tangará da Serra. Já foi diretora-presidente do Instituto Vale do Sepotuba de Responsabilidade Social (Pró Vale), instituição que visa o exercício da responsabilidade socioambiental. Hoje ela ocupa o cargo de segunda-tesoureira da Associação Nipo-Brasileira de Tangará e suplente na Diretoria da Igreja Evangélica Holiness.

Fonte: Alexandre Rolim - redação Diário da Serra

Tangaraenses estreiam domingo no Regional de Motocross

Dois pilotos de Tangará da Serra, os irmão Mateus e Doner Dal Castel, desembarcam neste domingo, 18, em Poconé, no Pantanal mato-grossense. Eles participam da etapa de abertura do Estadual de Motocross – Regional Cuiabá. Mateus é o atual campeão na categoria Intermediária. Ele ainda conquistou títulos em 2009 (Iniciantes) e em 2010 (Júnior).

Neste ano, Mateus, que tem 17 anos, e Doner, 22, decidiram subir para a categoria principal do Motocross – a Força Livre, que reúne os melhores pilotos do estado. No ano passado, o mais jovem dos irmãos venceu quatro das nove etapas disputadas, conquistando o terceiro título seguido e uma motocicleta zero quilômetro.

Os dois tangaraenses se dividem entre o trabalho na fazenda e as competições no final de semana. Eles moram na Fazenda São Miguel, situada a 130 km de Tangará da Serra, na região do Chapadão do Rio Verde, próximo a Itamarati Norte. Os treinos ocorrem lá mesmo, na fazenda. “Improvisamos uma pista e treinamos na fazenda”, disse Doner.

O pai e a mãe dos dois pilotos procuram sempre acompanhar os filhos pelas competições Mato Grosso a fora. “Nestas primeiras etapas eles não poderão ir porque é período de colheita de soja, aí eles não podem”, explicou Doner, que compete desde 2005. Mateus começou a competir em 2008, aos 13 anos.

“Vamos competir e tentar trazer o título para Tangará da Serra, mas agora aumentam as dificuldades, pois é a categoria principal do Motocross e reúne os melhores do estado”, explicou Doner, bastante confiante com a estreia em Poconé.

Fonte: Alexandre Rolim - Redação Diário da Serr

Bancas de Revista

Banca 13 de Maio
Av. Brasil - Centro
Fone: (65)
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT

Banca Central
Pça. da Bíblia - Centro
Fone: (65)
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT

Banca do Gugu
Estação Rodoviária - Centro
Fone: (65) 3326-3484
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT

Banca Papiro
Pça. da Bíblia - Centro
Fone: (65)
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT

Prefeitura inicia aplicação da lama asfáltica em 100 mil metros quadrados de pavimento

É a primeira etapa dos trabalhos que prevêem até 600 mil m² de lama asfáltica aplicada até o final do ano.

A Prefeitura de Tangará da Serra iniciou na manhã da última quarta-feira (14.03) a primeira etapa dos trabalhos de aplicação de lama asfáltica na área urbana. Os trabalhos iniciam pelo Jardim Europa com a supervisão da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra).

Segundo o titular da Sinfra, Ronaldo Diniz, nesta primeira etapa serão aplicados 100 mil m² de lama asfáltica nos bairros Jardim Europa, Vila Alta e Residencial Dona Júlia. A contratação pelo município ocorreu na modalidade Registro de Preços, com execução pela Construtora Alfer Ltda.

O material é aplicado sobre o pavimento recuperado com os trabalhos de tapa-buracos realizados pela Sinfra desde o último trimestre do ano passado. As etapas seguintes dos trabalhos compreenderão um total de 600 mil metros quadrados de pavimentação com lama asfáltica aplicada até o final do ano.

Ainda segundo o secretário Ronaldo Diniz, a Sinfra aproveita os trabalhos para testar um caminhão para aplicação do material - tipo “usina móvel”, de propriedade da secretaria - recém recuperado pela municipalidade. O veículo será utilizado pela Sinfra em outras frentes de serviço para reforçar os trabalhos de recuperação da malha viária urbana.

Fonte: Assessoria / Sinfra

Personal Trainer

Ubirajara de Oliveira Ferreira
Rua 18 - Jd. do Amor
Fone: (65) 8119-7080
E-mail: ubiraoliveira@hotmail.com
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT

+ Informações: Formado pela UFMT em 2008. Registrado no CREF-Conselho Regional de Educação Física sob nº 001767-G/MT.

Atualmente é Professor de Educação Física na ATEC.

Município conhecerá propostas para projeto de pavimentação da Avenida das Amoreiras dia 23

Projeto básico foi protocolado no início deste mês no gabinete do deputado estadual Airton Português, que anunciou emenda para a obra.

O projeto executivo para contratação de obra de pavimentação da Avenida das Amoreiras já está em processo de licitação. A entrega das propostas acontece no próximo dia 23.03 (sexta-feira) e inclui outros projetos de grande relevância em termos de obras de infraestrutura urbana.

O projeto da Avenida das Amoreiras consta no edital de Tomada de Preços 005/CPL/2012, publicado no site da Prefeitura Municipal de Tangará da Serra, no link www.tangaradaserra.mt.gov.br/Licitacoes/. A descrição do projeto é “Prolongamento do trecho da Avenida das Amoreiras no trecho compreendido entre a Rua Martins, no Jardim dos Ipês, e o final da Avenida da Paz (Extensão aproximada de 738 metros)”. O valor orçado para elaboração do projeto é de R$ 41.798,00.

O projeto básico da obra foi protocolado no último dia 06, no gabinete do deputado Airton Português, na Assembléia Legislativa, na capital do Estado. O protocolo foi realizado pelo superintendente de Governo, James Capucho, diretamente junto ao parlamentar, que anunciou recentemente, em visita ao município, disponibilização de emenda no orçamento estadual no valor de R$ 350 mil.

Uma vez licitado o projeto, o município aguardará os prazos recursais para assinatura do contrato com a licitante vencedora. Concluído o projeto, a Prefeitura procederá na abertura de certame licitatório para a execução da obra, conforme prevê a legislação vigente.

PROJETOS – Além da Avenida das Amoreiras, outros projetos de obras importantes para Tangará da Serra se incluem no certame correspondente à Tomada de Preços 005/2012.

São os casos dos projetos da abertura da Avenida Tancredo de Almeida Neves no trecho Rua 17/Jardim Santiago/MT-480, abertura da Avenida Beija Flor no trecho entre a Rua Xororó - no Alto da Boa Vista - até o Aeroporto Municipal, e projeto de infraestrutura do Jardim Industriário.

No mesmo edital figuram os projetos das obras na Avenida das Cerejeiras, no trecho de 2.700 metros entre a Avenida Tancredo Neves e o Anel Viário; a viabilidade técnica para implantação de calçamento e melhoramentos no entorno do Parque Municipal Ilto Ferreira Coutinho e áreas circunvizinhas, e regularização e ampliação do Cemitério Jardim da Paz.

Vale lembrar que os projetos executivos são essenciais à liberação de recursos para obras públicas. Para a execução destas, ocorrem processos licitatórios específicos, segundo prevê a legislação vigente.

Fonte: Assessoria/Superintendência de Governo

Município assina contrato para elaboração de projeto de estacionamento rotativo na área central

Implantação do sistema “Zona Azul” deverá ser licitada ainda este ano para organização dos estacionamentos. Trabalhos de elaboração do projeto iniciam nesta quinta-feira (15.03).

Foi assinado na tarde da última segunda-feira (12.03) o contrato entre o Município de Tangará da Serra e a empresa AJ Engenharia Ltda para elaboração do projeto de Estacionamento Rotativo “Zona Azul” na área central da cidade.

Além do prefeito Saturnino Masson e do secretário municipal de Infraestrutura, Ronaldo Diniz, participaram do ato oficial o representante da empresa contratada, engenheiro de tráfego Rafael Dettoni, representantes do segmento empresarial, entidades, e comunidade em geral.

Os custos à municipalidade para a elaboração do projeto são de R$ 56,5 mil e envolvem todo o conjunto da Lei da Zona Azul, com estudos para estabelecimento de normas para estacionamento de veículos, motos e bicicletas, horário para carga e descarga de mercadorias, vagas para idosos e portadores de necessidades, fixação de tarifas e isenções, regulamentação da lei e a organização do certame de contratação da empresa gerenciadora do sistema.

Ao término destes procedimentos, a Prefeitura encaminhará projeto de lei à apreciação do Legislativo para, após aprovação, implantar efetivamente a “Zona Azul”. A elaboração do projeto, vale salientar, já foi autorizada pelo Executivo com dispensa de licitação.

O engenheiro de tráfego Rafael Dettoni e a equipe da AJ Engenharia iniciarão os trabalhos efetivos de elaboração do projeto na próxima quinta-feira, com todos os levantamentos, medições e análises em geral.
A zona azul é caracterizada pela rotatividade no estacionamento, um sistema utilizado nos grandes centros urbanos e que começa a ser implantado em cidades de médio porte em função do aumento significativo de veículos em circulação.

ROTATIVIDADE - O sistema consiste no controle do estacionamento de veículos por tempo, através de dispositivos coletores (parquímetros) de informações armazenadas através de sistema automatizado. Nele, o usuário adquire créditos em modalidade pré-paga para tempo de estacionamento na zona azul.

Na ocupação da vaga no estacionamento, inicia-se a contagem sobre os créditos adquiridos. Ao retirar o automóvel, o usuário repete a operação, quando o parquímetro interrompe a contagem e desconta o tempo de estacionamento, apresentando o crédito remanescente. O sistema ainda será definido pelo Executivo, podendo ser feita a aquisição dos créditos em pontos conveniados, como lotéricas e outros estabelecimentos comerciais, ou via internet. Este sistema foi aprovado em várias cidades de porte em todas as regiões do Brasil.

ÁREA - Em princípio, o sistema deverá ser implantado no quadrante compreendido entre a Ruas 26 e Avelina Jaci Bohn (Rua 02), e entre as ruas Júlio Martinez Benevides e Antônio Hortolani. O objetivo será promover a rotatividade das vagas existentes, racionalizando o uso do solo em áreas adensadas, disciplinando o espaço urbano e permitindo maior oferta de estacionamento.

A implantação da “zona azul” também implica na necessidade de um sistema de fiscalização, incluindo alteração da lei que regulamenta a Guarda Municipal e ampliação do quadro de agentes da corporação. Neste caso, há possibilidade da lei prever emissão de boletins de ocorrência.

Fonte: Assessoria/Gabinete/Sinfra

Prefeitura recupera estradas rurais e ruas no perímetro urbano

Melhoramentos em duas estradas rurais foram realizados na semana que passou e continuam em execução. Seguem os trabalhos de recuperação da malha viária da cidade.

A Prefeitura Municipal segue com os trabalhos de melhoramentos na infraestrutura urbana e rural de Tangará da Serra. O Executivo, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra), vem realizando trabalhos de recuperação do asfalto urbano e reparos em estradas rurais desde o último trimestre do ano passado.

Na última sexta-feira, o prefeito municipal Saturnino Masson e o secretário municipal de Infraestrutura, Ronaldo Diniz, percorreram vários pontos da cidade e da zona rural para conferir os andamentos dos trabalhos.

Na Gleba Bandeirantes, há trabalhos de recuperação da estrada principal da localidade – Estrada Bandeirantes – e também na via que dá acesso à Estrada do Mutum. “Recuperamos vários pontos críticos destas estradas, que se agravaram com as chuvas. Ainda há muito a fazer, mas estamos, aos poucos, atendendo às comunidades do interior”, observou o secretário Ronaldo Diniz.

Há também trabalhos de melhoramentos de ruas não pavimentadas nos bairros, como no Jardim San Diego, e também o prosseguimento da recuperação da malha viária urbana. Nestes trabalhos, a Sinfra concluiu os trabalhos de tapa-buracos no Parque das Mansões e está na segunda etapa de recuperação do pavimento da Avenida Tancredo de Almeida Neves. Estes trabalhos serão complementados com a aplicação da lama asfáltica, cujos trabalhos iniciaram na última quinta-feira, no Jardim Europa.

O prefeito Saturnino Masson, por sua vez, demonstrou satisfação com o andamento dos trabalhos e de obras como a construção da creche do Jardim Tarumã II. As recuperações do asfalto na área urbana e nas estradas rurais agradaram ao chefe do Executivo Municipal. “Assumimos o município com muito a fazer, e estamos trabalhando firme para oferecer o melhor possível para Tangará da Serra. Dentro de pouco tempo a população perceberá a diferença”, disse o Saturnino Masson.

Fonte: Assessoria Gabinete

Município apresenta materiais de divulgação turística de Tangará da Serra

Em evento realizado no Mais Hotel, Setur e SME apresentaram o Calendário de Eventos 2012, o novo Folder Turístico e o Guia de Bolso.

As Secretarias Municipais de Turismo (Setur) e de Esportes (SME) apresentaram nesta sexta-feira (09.03) o novo material de divulgação turística de Tangará da Serra. O evento foi realizado no Mais Hotel, pela manhã, com as presenças do prefeito Saturnino Masson, secretários, vereadores e representantes da sociedade organizada local.

A apresentação dos materiais foi realizada pelo prefeito municipal, pelos secretários municipais Guilherme Schenkel (Turismo) e Paulínio Garrido (Esportes), e pelos vereadores Vânia Ladeia e Wellington Bezerra, estes representando o Poder Legislativo. Após a apresentação de um vídeo sobre a prática de esportes radicais nas cachoeiras de Juba Zero, no Rio Juba, os representantes do Executivo apresentaram aos presentes o Calendário de Eventos 2012, o novo folder turístico do município e o Guia “Vip”, confeccionados pela Setur.

No Calendário de Eventos 2012 estão relacionados os principais eventos públicos, comunitários e de instituições e entidades programados para o ano. Já no folder turístico constam os principais atrativos turísticos e naturais do município, enquanto no Guia “Vip” – o Guia de Bolso - há informações sobre pontos turísticos, hotéis, bares, restaurantes, transporte, a vida noturna da cidade e aspectos históricos e geográficos.

Além da apresentação dos materiais, o evento contou com o lançamento do programa “Caminhada 100% Saudável”, idealizado e promovido através de parceria entre a Setur e SME.

Os materiais de divulgação turística estarão à disposição nos órgãos públicos municipais, estaduais e federais de Tangará da Serra, bem como na rede hoteleira, agências de viagem e estabelecimentos correlatos. Parte do material será enviado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur) e ao Ministério do Turismo, na Capital Federal.

Fonte: Assessoria/Setur/SME

Políticas Públicas para a Mulher será tema de palestra na próxima quarta-feira

Promoção da Semas complementa programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher, comemorado na última quinta (08).

A Secretaria Municipal de Assistência Social concluirá na próxima quarta-feira, dia 14.03, as atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher, comemorado na última quinta-feira (08.03).

Na oportunidade, a Semas promoverá, no auditório do Centro Cultural, a partir das 19h00, palestra com tema voltado às políticas públicas para a mulher. Paralelamente ao evento, no saguão de entrada do Centro Cultural, haverá exposição de telas de autoria do grupo “Mulheres de Atitude”.

Aberta ao público, a palestra será proferida pela presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, Ana Emília Iponema Brasil Sotero. A palestrante tem se destacado há alguns anos no estado como grande defensora dos direitos da mulher e prega a consolidação das políticas públicas para a mulher em todas as esferas de governo, com base nos conceitos do feminismo e às transformações profundas da ordem patriarcal e de seu poder regulador.

Em recente artigo publicado em jornal da capital, Ana Emília destaca que “as intervenções dos movimentos feministas têm contribuído significativamente para o reconhecimento da diversidade quando da elaboração das políticas públicas e da organização do Estado”.

O evento promovido pela Semas tem a coordenação da secretária municipal de Assistência Social, Ivonete Júlia de Andrade, e conta com a parceria do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher. A titular da Semas destaca o sucesso da Caminhada de Combate à Violência Contra a Mulher, da qual participaram cerca de 500 mulheres. “A conscientização contra a violência, cujos índices preocupam toda a sociedade, foi um objetivo alcançado”, disse Ivonete. A caminhada foi prestigiada pelo prefeito Saturnino Masson e por representantes da Câmara Municipal, como a vereadora Vânia Ladeia, além de entidades representativas da sociedade organizada de Tangará da Serra.

Fonte: Assessoria SEMAS

Município realiza licitações em várias áreas para obras, serviços e projetos

Obras de infraestrutura e da segunda etapa do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC 2) constam entre os certames.

A Administração Municipal de Tangará da Serra abriu o mês de março com duas dezenas de processos licitatórios já concluídos, com editais lançados e outros em fase de elaboração dos editais para contratações dos respectivos projetos executivos.

Entre os certames, a área de infraestrutura urbana é a mais contemplada. Os editais referem-se a processos licitatórios para obras de pavimentação urbana, aplicação de lama asfáltica, drenagem, sinalização, saneamento básico, construção de bueiros, limpeza urbana, entre outros.

Nesta área, destacam-se obras de drenagem de águas pluviais e pavimentação asfáltica na Vila Esmeralda. Para estas obras, cujas propostas foram conhecidas em 16 de fevereiro em certame com tomada de preços, a empresa vencedora já está em processo de contratação.

Na mesma área, a Prefeitura promoveu licitação – esta na modalidade pregão presencial - para aplicação de lama asfáltica em até 600 metros quadrados na região central e em vários bairros da cidade. A empresa vencedora já está contratada para a realização dos serviços.

Ainda na modalidade de pregão presencial, a municipalidade licitou contratação de empresa especializada para execução de bueiros tubulares e bueiros celulares em concreto em diversas localidades do interior, com abertura das propostas no início do mês de fevereiro.

MAQUINÁRIO – Após receber um parque de máquinas em estado precário de conservação, a Administração Municipal promove licitação agora, no início de março, para contratação de empresa especializada em manutenção/reparação corretiva e preventiva do maquinário da Secretaria Municipal de Infraestrutura. O maquinário do município foi entregue à atual Administração no último trimestre do ano passado em estado lamentável de conservação.

EDUCAÇÃO E SEGURANÇA - Outras licitações referem-se a obras e serviços nas áreas de segurança pública e educação. Na área educacional, o município promove licitação da construção da segunda etapa da garagem para os ônibus destinados ao transporte escolar. Em meados de fevereiro, o município já havia licitado a contratação de empresa especializada em transporte escolar para a zona rural.

Ainda na área de educação, o município aguarda até o dia 15 deste mês de março a inscrição de produtores familiares para aquisição, via chamada pública, de alimentos para alimentação escolar.

No setor de segurança pública, no próximo dia 09 será conhecida a proposta vencedora para fornecimento e instalação de equipamentos de vídeo-monitoramento, com treinamento operacional para implantação de sistema de vigilância e estruturação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI). 
 
PAC 2 – Outros processos licitatórios de relevância para o município de Tangará da Serra referem-se às obras do PAC, em especial do Parque Linear do Córrego Figueira. Nestes processos, destacam-se os trabalhos de levantamento e regularização fundiária e também de execução de projeto de trabalho técnico social e plano integrado de assentamento e realocação de moradores.

Por fim, ainda referente às obras do PAC 2, destaca-se o certame na modalidade de concorrência para as implantações de rede de esgotamento sanitário, rede pressurizada de esgoto e estação de tratamento de dejetos, estas últimas nos setores norte e oeste da cidade. 
 
PROJETOS - Obras importantes para Tangará da Serra ainda se encontram em fase de contratação de projetos executivos por parte da municipalidade para posterior elaboração dos editais dos certames.
Entre as futuras obras sobressaem-se a abertura da Avenida Tancredo de Almeida Neves no trecho Rua 17/Jardim Santiago/MT-480, e abertura da Avenida Beija Flor no trecho entre a Rua Xororó - no Alto da Boa Vista - até o Aeroporto Municipal.

Estes projetos também se referem às obras na Avenida das Cerejeiras, no trecho de 2.700 metros entre a Avenida Tancredo Neves e o Anel Viário; o prolongamento da Avenida das Amoreiras no trecho entre o Jardim dos Ipês e o final da Avenida da Paz; a viabilidade técnica para implantação de calçamento e melhoramentos no entorno do Parque Municipal Ilto Ferreira Coutinho e áreas circunvizinhas, e regularização e ampliação do Cemitério Jardim da Paz.

Fonte: Assessoria

Mulheres: Sábado é dia de exame de prevenção do câncer do colo do útero

Exames serão realizados nas Unidades de Saúde da Família, Posto Central e Posto Satélite Vila Alta, das 08h00 às 16h00.

A Secretaria Municipal de Saúde realiza neste sábado (10.03) mutirão para exames de prevenção do câncer do colo do útero (CCO). Os exames serão realizados nas Unidades de Saúde da Família localizadas nos bairros de Tangará da Serra, no Posto Central e no Posto Satélite da Vila Alta.

Segundo a SMS, as mulheres entre 25 e 64 anos devem se dirigir às unidades de saúde das 08h00 às 16h00. Para realizar o exame, é recomendado que a mulher esteja há pelo menos dois dias sem ter relação sexual, não ter menstruado no período de sete dias e não estar utilizando nenhum tipo de pomada ou ducha vaginal. Os atendimentos acontecem das 8h às 16h, e haverá distribuição de rosas.

FATORES DE RISCO - Vários são os fatores de risco identificados para o câncer do colo do útero. Alguns dos principais estão associados às baixas condições sócio-econômicas, ao início precoce da atividade sexual, à multiplicidade de parceiros sexuais, ao tabagismo (diretamente relacionados à quantidade de cigarros fumados), à higiene íntima inadequada e ao uso prolongado de contraceptivos orais.

Estudos recentes mostram ainda que o vírus do papiloma humano (HPV) tem papel importante no desenvolvimento da neoplasia das células cervicais e na sua transformação em células cancerosas. Este vírus está presente em mais de 90% dos casos de câncer do colo do útero.

PREVENÇÃO - A prevenção primária do câncer do colo do útero pode ser realizada através do uso de preservativos durante a relação sexual. A prática do sexo seguro é uma das formas de evitar o contágio pelo HPV, vírus que tem um papel importante no desenvolvimento de lesões precursoras e do câncer.

A principal estratégia utilizada para detecção precoce da lesão precursora e diagnóstico precoce do câncer (prevenção secundária) no Brasil é através da realização do exame preventivo do câncer do colo do útero (exame de Papanicolau).

Fonte: Assessoria SMS

No Dia Internacional da Mulher, SEMAS promove caminhada contra a violência

Caminhada de Combate à Violência Contra a Mulher será realizada nesta quinta-feira, a partir das 07h00, na Avenida Brasil.

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) promove nesta quinta-feira (08.03), a partir das 07h00, a Caminhada de Combate à Violência Contra a Mulher. O evento acontece na Avenida Brasil, em Tangará da Serra, com percurso entre a Escola Estadual 13 de Maio e Prefeitura Municipal.

Segundo a secretária de Assistência Social do Município, Ivonete Júlia de Andrade, a expectativa é de participação de ao menos 500 mulheres, que receberão camisetas da Sala da Mulher, numa ação similar nas principais cidades do Estado. A promoção conta com apoio da Associação das Primeiras Damas do Estado de Mato Grosso.

Ainda segundo a secretária Ivonete Júlia de Andrade, o foco da ação é chamar a atenção para os índices da violência contra a mulher, verificados não só em Tangará da Serra como em todo o Estado e também em todo o País.

POLÍTICAS PÚBLICAS - As atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta quinta-feira, dia 08 de março, se estenderão ao próximo dia 14, quarta-feira, no auditório do Centro Cultural.
Na oportunidade, a Semas promove, no auditório do Centro Cultural, a partir das 19h00, palestra com tema voltado às políticas públicas para a mulher. Aberta ao público, a palestra será proferida pela presidente do ConselhoEstadual dos Direitos da Mulher, Ana Emília Iponema Brasil Sotero.   

MARIA DA PENHA - Mato Grosso é considerado o estado brasileiro com maior aplicabilidade da Lei Maria da Penha. Embora o número de denúncias tenha aumentado a violência não diminuiu. Somente em 2011, o mapa da violência divulgado pelo Ministério da Justiça apontou aumento nos homicídios de mulheres no Brasil, passando de 3.503 em 1998, para 4.023 em 2008. Nesse período, foram mortas 41.968 mulheres no país.

Fonte: Assessoria / SEMAS

IFMT: Audiência Pública renova esperanças da instalação do núcleo em Tangará

A instalação de um Núcleo Avançado do Instituto Federal de Educação e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT) parece que vai sair das discussões e dos inúmeros papéis. Na noite da última quinta-feira, dia 01/03, políticos e politiqueiros, universitários, estudantes e comunidade estiveram presentes na Audiência Pública realizada no Plenário Daniel Lopes da Silva.

Na audiência todos tiveram a oportunidade e o direito de falar e indagar sobre as suas verdadeiras opiniões em relação ao núcleo, bem como de especificar as preferências de cursos, ponderando em relação as necessidades existentes hoje dentro do município de Tangará da Serra, correlacionando com os cursos disponíveis para ser realizado a extensão de Cuiabá.

De acordo com o Prefeito Saturnino Masson, a instalação do núcleo é praticamente certa e será o primeiro passo para instituir, quem sabe já em 2013, o campus efetivo do instituto, “é uma vontade, um desejo e uma necessidade da população e nós enquanto executivo municipal temos total ciência e total vontade de trazer e criar recursos para vinda do núcleo avançado para Tangará”, ressaltou o prefeito.

POLITIQUEIROS – Em época de eleição eles estão presentes em todos os lugares. Fazem questão de cumprimentar todas as pessoas, exigem direito de voz, fala, aponta suas opiniões e revelam sues comentários sobre os assuntos mais importantes para a sociedade de um modo geral. Na audiência de quinta, este cenário não foi muito diferente, eles marcaram presença e em grande número, fizeram questão de argumentar e indicar o ´melhor caminho´ para o núcleo em Tangará.

CONSOLIDAÇÃO – A vinda do núcleo avançado para o município, só corrobora para a sua consolidação, como pólo universitário da região. Com universidades estaduais e particulares, escola técnica estadual, cursos profissionalizantes espalhados pelas principais empresas do estado e do Brasil, que também residem em Tangará, mostram que a cidade tende a continuar com este importante título e deve vir para suprir as vagas dentro do mercado de trabalho local.

LUTA – O desejo e os estudos para trazer o ifmt para Tangará da Serra, iniciou no ano de 2009. Foram criadas diversas comissões para ponderarem as possibilidades do desenvolvimento do instituto em Tangará, o que para todas as autoridades presentes, deve ser um fato consolidado até 2013, uma vez que a Presidente Dilma Roussef declarou que todas as cidades com mais de 50 mil habitantes receberiam o campus oficial do instituto.

PAULO RAMOS/ Redação Diário da Serra

Produtores devem se habilitar para chamada pública até dia 15

Chamada Pública para aquisição de gêneros alimentícios da Agricultura Familiar para alimentação escolar já foi publicada na Imprensa.

Os produtores rurais de Tangará da Serra enquadrados na Agricultura Familiar têm até dia 15 deste mês para encaminhar documentos para habilitação e venda junto ao município para fornecimento de gêneros alimentícios para alimentação escolar. Os documentos devem ser apresentados até o dia 15, às 08h00, na Sala de Licitações da Prefeitura Municipal, a Rua Antônio Hortolani, 62-N, Sala 09, no 2º piso.

PROGRAMA - As aquisições de alimentos integram o programa conveniado entre o município e a Conab – Companhia Nacional de Abastecimento - para fornecimento a escolas e também instituições e entidades de utilidade pública de Tangará da Serra.

O valor global, de R$ 524.513,60, já está disponível na conta bancária da Cooperativa dos Produtores da Agricultura Familiar de Tangará da Serra e Região (Coopervida), que efetuará os pagamentos a 127 pequenos produtores, beneficiando 53 entidades. Os alimentos fornecidos são hortaliças, carne e frango, totalizando um volume de 300 toneladas de produtos a serem coletados quinzenalmente nas propriedades, numa série de 16 entregas.

Assessoria

Município debate instalação de unidade do IFMT em audiência pública

Instalação do Instituto Federal foi reivindicada pelo município em dezembro, na Capital Federal, através do prefeito Saturnino Masson e do vereador Zé Pequeno.

A instalação de um núcleo do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) em Tangará da Serra passa a se tornar realidade a partir da audiência pública a ser realizada nesta quinta-feira (01.03), a partir das 19h00, na Câmara Municipal. O evento oficial, convocado pelo Legislativo, contará com presenças de autoridades municipais, estaduais e federais e deverá consolidar o projeto de instalação da unidade na cidade.

O projeto de implantação do Instituto Federal de Mato Grosso no município começou a tomar corpo no mês de dezembro, quando o prefeito Saturnino Masson e o vereador e líder do Executivo na Câmara Municipal, Zé Pequeno, se reuniram em Brasília com o reitor da instituição, José Bispo. Na oportunidade, os representantes de Tangará da Serra formalizaram à reitoria o pedido de instalação de uma unidade no município. A inciativa do Chefe do Executivo local e do vereador contou com o apoio, na ocasião, do deputado federal Eliene Lima.

Na audiência da próxima quinta-feira, além do reitor José Bispo e do deputado federal Eliene Lima, estarão presentes membros da direção do campus do IFMT de Cuiabá e representantes da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Secitec). Os temas da audiência serão, basicamente, os cursos a serem oferecidos, a área de instalação e as estratégias de implantação da estrutura.

No dia seguinte, sexta-feira (02.03), o Executivo e o Legislativo promovem uma série de reuniões temáticas sobre a instalação do núcleo, com participação de autoridades políticas, de representantes do segmento empresarial e da Imprensa. Também haverá visitas a uma área pública em frente à Unic, ao prédio da extinta Unitas, ao Secitec, e à Escola Municipal Agrícola Ulisses Guimarães. Com estas visitas, o Executivo quer apresentar à reitoria do IFMT e às autoridades as estruturas que o município oferece.

O prefeito Saturnino Masson destacou que o processo de implantação do IFMT em Tangará da Serra será um ponto importante na consolidação do município como pólo educacional. “Esta é uma das nossas metas, tornar Tangará da Serra num dos principais pólos educacionais do Centro Oeste”, disse o prefeito.

ENSINO TÉCNICO - Os Institutos Federais são instituições de educação superior, básica e profissional, pluricurriculares e multicampi, especializados na oferta de educação profissional e tecnológica nas diferentes modalidades de ensino, com base na conjugação de conhecimentos técnicos e tecnológicos às suas práticas pedagógicas. Estas instituições compõem a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.
Parte dos cursos é destinada à oferta técnica de nível médio, de currículo integrado. Na educação superior, o destaque fica para os cursos de engenharias e de licenciaturas em ciências física, química,matemática e biologia. Ainda serão incentivadas as licenciaturas de conteúdos específicos da educação profissional e tecnológica, como a formação de professores de mecânica, eletricidade e informática.

A criação dos Institutos Federais no Brasil foi aprovada pela Câmara dos Deputados, pelo Senado Federal e sancionada pela presidência da República em dezembro de 2008. Mato Grosso, atualmente, conta com o e Centro Federal de Educação Tecnológica de Cuiabáa Escola Agrotécnica Federal de Cáceres.

Fonte: Assessoria de Gabinete