Sinfra iniciará aplicação de lama asfáltica na cidade pelo Jardim Europa


Serviço contratado na modalidade de Registro de Preços prevê até 600 mil m² de lama asfáltica até 31 de dezembro.
A Prefeitura de Tangará da Serra confirmou na manhã desta terça-feira (28.02) a contratação de serviços de aplicação de lama asfáltica na área urbana. Os trabalhos terão início agora, em março, pelo Jardim Europa, e com um limite de 600 mil metros quadrados até 31 de dezembro.
Ontem pela manhã o prefeito Saturnino Masson e o secretário municipal de Infraestrutura, Ronaldo Diniz, acertavam detalhes finais relacionados ao cronograma dos trabalhos. Numa primeira etapa, serão aplicados 100 mil m² de lama asfáltica nos bairros Jardim Europa, Vila Alta e Residencial Dona Júlia. A contratação pelo município ocorreu na modalidade Registro de Preços, com execução pela Construtora Alfer Ltda.
A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) também dá prosseguimento aos trabalhos de tapa-buracos. Nesta terça-feira (28), uma das equipes da Sinfra trabalhava na restauração do pavimento no Parque das Mansões. O cronograma também prevê trabalhos na Avenida Nilo Torres e na Vila São Pedro.
Outro trabalho realizado pela Sinfra nesta semana é a implantação de meio-fio no Jardim Europa, Jardim Paulista, Jardim Atlântico e Vila Horizonte.
No interior, há trabalhos de melhoramentos de estradas rurais nas localidades de Bezerro Vermelho, Gleba Bandeirantes, São Jorge e Gleba Triângulo. No Distrito de Progresso, a Sinfra procede no levantamento da situação da iluminação urbana da localidade, com reposição de luminárias.
Fonte: Assessoria/Sinfra

Prefeito Saturnino Masson sanciona a Lei de Carreira da Educação de Tangará da Serra


O Prefeito Municipal de Tangará da Serra Saturnino Masson, sancionou na manhã desta segunda-feira (27/02/2012) em seu gabinete, a Lei Complementar n° 163 de 16 de Fevereiro de 2012 que regulamenta a carreira dos Profissionais da Educação de Tangará da Serra.

O evento contou com a presença do Prefeito Saturnino Masson, Vice-Prefeito Idail Trubian, Secretário de Educação e Cultura Júnior Pimenta, Secretária de Coordenação e Planejamento Letícia G. T. Nunes, Secretário de Administração Vagner Guimarães, Secretário de Agricultura e Meio Ambiente Weliton Duarte, Vereador Prof. Quirino, representando a Câmara de Vereadores, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso, José Rosa de Paula, Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais José Antônio Garcia Neto, Coordenadores e Diretores dos Centros Municipais de Ensino de Tangará da Serra, Servidores da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, e da imprensa em geral.

Representando os profissionais da Educação de Tangará da Serra, o Diretor do CME Antenor Soares, prof. Cícero Manoel Silva, usou da palavra e agradeceu o empenho de todos que direta ou indiretamente contribuíram para a assinatura desta Lei, enaltecendo o benefício que a Lei trará para os profissionais da Educação de nosso município.

O Presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso/SINTEP-MT, sub sede de Tangará da Serra, José Rosa de Paula agradeceu o empenho do Poder Executivo representado pela Secretária de Educação e Cultura, pela aprovação da Lei do PCCS de Tangará da Serra.

O Secretário Municipal de Educação e Cultura Júnior Pimenta, após um breve relato dos caminhos que foram trilhados até a aprovação da Lei de Carreira dos Profissionais da Educação de Tangará da Serra, enalteceu a determinação e a dedicação de todos os envolvidos no processo que sucedeu na aprovação da aludida lei e prometeu que a luta pela melhora de condições da classe vai continuar. “Entendo que educação de qualidade só pode ser feita a partir do reconhecimento de todos os profissionais que lidam com a educação do nosso município”, comentou o secretário.

Finalizando o evento, o Prefeito Municipal de Tangará da Serra Saturnino Masson, no uso de sua palavra, agradeceu a presença de todos e falou do seu orgulho de estar sancionando uma Lei que era tão aguardada e que trará tantos benefícios a toda classe da Educação de Tangará da Serra. “Quero agradecer particularmente ao Secretário Júnior Pimenta e a toda sua equipe, pela dedicação que tiveram para aprovação desta Lei, e dizer que o que depender da nossa administração, estaremos apoiando e aprovando as mudanças que se façam necessárias para o bom andamento e o cumprimento desta Lei”, finalizou o Prefeito Saturnino Masson.

Humberto Ferreira - Assessoria de Comunicação da SEMEC

Município e CEF assinam contrato para construção de 496 novas casas populares

A Prefeitura Municipal e a Caixa Econômica Federal (CEF) assinaram na tarde da última quinta-feira (23.02) contrato para construção de 496 casas populares do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. O projeto conta também com a participação do Governo do Estado.

O ato de assinatura contou com as presenças do prefeito de Tangará da Serra, Saturnino Masson, do vice Idail Trubian, do deputado estadual Wagner Ramos, do vereador Roque Fritzen, do gerente da CEF, Paulo Catúlio, e do diretor da Construtora Lorenzetti, Nei Lorenzetti, que será o responsável pelas obras a serem iniciadas já no início de março.

Segundo o prefeito Saturnino Masson, após a entrega destas 496 unidades habitacionais, o município deverá receber mais 500 moradias, dentro do programa Minha Casa Minha Vida. “Temos a informação desta possibilidade, conforme já havíamos anunciado em novembro do ano passado, quando da entrega das 278 casas do Residencial Mané Garrincha”, disse o prefeito.

As 496 casas comporão o Residencial Barcelona, que ficará localizado na região oeste da cidade, na área de continuidade do Jardim Califórnia. Serão beneficiadas as famílias cadastradas na Secretaria Municipal de Assistência Social, com rendimentos de até três salários mínimos. O prazo para entrega das unidades é de 15 meses.

Assessoria de Comunicação

TGA Sistemas promove Curso SPED PIS/COFINS


Acontece no próximo sábado (25/02/2012) no Anfiteatro do Centro Cultural de Tangará da Serra, localizado na Avenida Brasil, 376-E – Centro, o Curso SPED PIS/COFINS. A realização é da TGA Sistemas em parceria com a Domínio Sistemas.

O objetivo do Curso é apresentar a EFD – Escrituração Fiscal Digital de forma teórica e prática aos profissionais da área contábil de Tangará da Serra e região. O investimento é de R$ 50,00 + 01 Brinquedo que será doado para a Casa da Criança.

As inscrições estão sendo feitas pelo site www.tgasistemas.com.br e as vagas são limitadas. Haverá certificado para os participantes com carga horária de 08 horas.

Segue abaixo o conteúdo do Curso SPED PIS/COFINS:

-Contribuintes obrigados ao envio;
-Padronização de procedimentos;
-Assinatura digital;
-Transmissão, validação e prazo de entrega;
-Obrigações relativas ao Empresário;
-Penalidades;
-Estrutura do Arquivo;
-Organização;
-Dados Técnicos;
-Regras gerais de preenchimento;
-Apresentação dos blocos;
-Análise do conteúdo dos principais registros e sua correlação com a EFD ICM/IPI

O Palestrante/Instrutor trata-se de  EDISON GARCIA JUNIOR: Advogado Tributarista, graduado em Direito pela PUC – PR,  Especialista em Tributos Indiretos, Membro da Comissão de Direito Tributário da OAB/PR, Consultor Jurídico de diversas empresas Nacionais e Multinacionais, Professor convidado de diversas instituições universitárias, Palestrante e conferencista na área Tributária/Empresarial.

Horário:

08 às 12H
12 às 14H – Almoço Livre
14 às 17H

O PAGAMENTO DEVERÁ SER EFETUADO NO LOCAL INDICADO MUNIDOS DO COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO E DOCUMENTO COM FOTO.

Informações pelo fone: (65) 3326-0808.

O Curso contará com a participação de Delegados da Receita Federal de Mato Grosso.

Para o Diretor Executivo da TGA Sistemas Márcio Lopes, “esta é uma oportunidade que os nossos profissionais da área estão tendo para atualizar os seus conhecimentos na área de EFD”, finalizou o Diretor.

Humberto Ferreira - Da Redação

Município busca fortalecimento da piscicultura com entrega de alevinos

A Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) realizou a entrega de 30 mil alevinos a pequenos produtores rurais na última sexta-feira (17.02). A entrega ocorreu pela manhã, na sede da própria Secretaria, proximidades do estádio Mané Garrincha.

A entrega dos alevinos contou com as presenças do vice-prefeito Idail Trubian, do vereador José Pereira Filho, do secretário municipal de Agricultura e de técnicos e servidores da Seapa. Também marcou presença o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Suedir Ribas.

A entrega de alevinos é o resultado de uma parceria entre o município com o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf). Ao todo, foram beneficiados 20 pequenos produtores enquadrados na agricultura familiar que tem na piscicultura uma alternativa de renda.

O objetivo, segundo o secretário Welinton Duarte, é fomentar a cadeia produtiva da piscicultura no município por meio do incentivo da produção e da comercialização de peixes através do ‘Pacote da Agricultura Familiar’, programa do Governo do Estado voltado aos pequenos produtores. O programa conta com a gestão dos 15 Consórcios Intermunicipais de Desenvolvimento instituídos pelo governo estadual, abrangendo os 141 municípios de Mato Grosso. Ao todo serão distribuídos em todo o Estado um milhão de alevinos das espécies Tambaqui, Tambacú e Tambatinga.

No caso de Tangará da Serra, o município integra o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Alto do Rio Paraguai, do qual fazem parte outros 14 municípios da região.

Fonte: Assessoria/Seapa

Executivo destaca Alegria e Paz no Carnaval de Tangará da Serra

É positiva a avaliação do Executivo Municipal sobre Carnaval Popular deste ano em Tangará da Serra, realizado de 17 a 21 (sexta a terça-feira) através de parceria entre município e a Flyer Eventos. 
 
Segundo o prefeito Saturnino Masson, o evento carnavalesco fez jus ao tema ‘Folia e Paz na terra dos Tangarás’ com muita tranquilidade e entretenimento, além do conforto e da segurança oferecida ao público. “Saiu tudo como esperávamos. O que vimos nas cinco noites foi muito divertimento dos cidadãos que foram ao carnaval. Foi alegria e paz. Não teve nenhum transtorno e o público contou com bom espaço e segurança”, avaliou.

O prefeito aposta na continuidade do formato que teve o Carnaval este ano, dada à boa organização e o bom serviço oferecido aos foliões. “Plantamos uma semente e pode ser que a partir do Carnaval deste ano uma nova tradição carnavalesca se afirme em Tangará da Serra”, completou Saturnino Masson.

O secretário municipal de Turismo, Guilherme Schenkel, também avaliou positivamente o Carnaval 2012 em Tangará da Serra. Para o titular da Setur, funcionou muito bem a parceria firmada através da iniciativa do município. A freqüência de público também foi considerada boa. “Houve uma evolução em relação a anos anteriores. Resgatamos o espírito de carnaval no município”, disse o secretário, destacando que esta experiência de 2012 poderá servir de base para o Carnaval de 2013.

BLOCOS - Guilherme Schenkel enalteceu a participação dos quatro blocos carnavalescos, cuja animação foi decisiva para o sucesso do evento. Participaram os blocos “Kalingualá”, “Kiloucura”, “O seu que brilha” e “Balacubaco”.

Ao final, a classificação e as respectivas premiações foram as seguintes: 1º - Kalingualá (R$ 3.000,00 e 40 caixas de bebidas); 2º - Kiloucura (R$ 1.500,00 e 20 caixas de bebidas); 3º - O seu que brilha (R$ 500,00 e 10 caixas de bebidas).

Fonte: Assessoria/Setur

Parceria entre Município, Câmara e empresários pode resultar asfalto no Jardim Industriário

Uma proposta do vereador José Pereira Filho, o Zé Pequeno (PT), foi muito bem recebida por empresários que têm indústrias instaladas e outros que vão construir empresas no Jardim Industriário de Tangará da Serra. Liderados pelo empresário Antônio Carlos Cabral Amaral, os empresários estavam reunidos com o secretário municipal de Infraestrutura Ronaldo Diniz com a intenção de encontrar uma solução para as obras estruturais que precisam ser realizadas no Jardim Industriário – área do Município destinada a instalação de empresas e indústrias, localizada ao lado do Jardim Residencial Alto da Boa Vista.

De acordo com o proprietário de uma das áreas Hernandes Dias Nogueira, da Temperos Adori, os empresários receberam do governador Silval Barbosa ainda em 2010, durante audiência do Governo Itinerante em Tangará da Serra, a promessa de investimentos do Estado em emulsão asfáltica para o Jardim Industriário. Segundo Hernandes os empresários vão primeiro buscar o cumprimento desse compromisso e, caso não consigam aí então pretendem acatar a proposta do vereador Zé Pequeno – Feita na reunião - para que a obra seja realizada com recursos da Prefeitura, Câmara Municipal e contrapartida dos próprios empresários.

Segundo o empresário Antonio Carlos Cabral Amaral a atenção do poder público é necessária porque a instalação de empresas e indústrias tem como reflexo o desenvolvimento de Tangará da Serra. Somente a instalação de seis empresas no Jardim Industriário representa um investimento total de mais de 20 milhões de reais. Como resultado do encontro com os empresários o secretário Ronaldo Diniz se comprometem em determinar, de imediato, a limpeza das áreas que receberão obras e a demarcação das áreas cedidas aos empresários.

“A intenção dessa reunião é começar as obras industriais do Jardim Industriário a partir de março agora. Então nós estamos aguardando a chuva passar. O município vai tomar algumas providências para o desenvolvimento daquela região e nós como empresários vamos dar a contrapartida, ou seja, nós vamos fazer investimentos naquela região, não só no setor industrial, mas também no Residencial Alto da Boa Vista onde nós queremos fazer 100 casas e temos, de imediato, seis indústrias querendo construir no Jardim Industriário”, afirmou Cabral.

O empresário conta que a instalação das indústrias depende das obras de infraestrutura, entre elas asfalto, mas que o objetivo é realizar as obras em etapas a partir de março. Cabral também defende que, caso os recursos do Estado não sejam viabilizados os próprios empresários participem dos esforços para viabilizar as obras.

“Não adianta a gente ficar esperando milhões virem do Governo Federal, ou Estadual ou do próprio Município que não tem condições de fazer isso aí, mas nós, como empresários, viemos buscar essa parceria com o Município. O que vier do Estado vai ser muito bem vindo e o que vier da União também vai ser muito bem vindo, mas a princípio nós já estamos dando o pontapé inicial para começar as obras a partir de março lá no Residencial Alto da Boa Vista e Jardim Industriário”, disse.

Para o vereador Zé Pequeno, que na reunião representava a Câmara Municipal, a pavimentação de pelo menos uma das pistas do Jardim Industriário é uma questão sanitária. Ele lembra que entre as indústrias instaladas está a de polpa de frutas e entre as que vão se instalar existem outras do ramo de produção de alimentos, que para se instalarem exigem o asfalto. O vereador lembra que o Executivo Municipal já está providenciando um projeto de infraestrutura maior, para buscar a captação de recursos junto ao Estado e Governo Federal, mas é enfático ao defender que investimentos próprios sejam viabilizados.

“A alternativa nós colocamos aqui, é a parceria. O Executivo colocar no plano de ação deste ano o asfaltamento de 1 mil e 800 metros de uma das pistas, garantir o acesso com asfalto. Tem um compromisso do Governo do Estado de mandar a capa asfáltica. Se mandar bem, se não mandar não tem que ficar esperando. E fazer a terraplanagem e a drenagem também das águas para ficar um serviço perene. Então a discussão foi neste sentido. Esse básico de asfaltamento de uma das pistas, se colocar como prioritário e fizer a parceria entre Câmara, Prefeitura e os empresários, eu acho que é perfeitamente possível fazer este ano”, explicou.

Zé Pequeno lembra que a parceria já mostrou ser eficiente com os moradores, nos bairros, e poderá ser perfeitamente repetida com os empresários. “Se o Governo do Estado não cumprir o compromisso de mandar a emulsão asfáltica aí os empresários precisam aportar o recurso. Foi isso que nós discutimos. Até porque o asfalto não é de graça, ele tem que ser pago. Então esse asfalto em parceria, da forma que já se paga nos bairros, eles (empresários) pagariam. A Câmara Municipal faria um esforço para garantir a galeria pluvial e a Prefeitura a drenagem, terraplanagem e o serviço de execução do asfalto. Então, pra mim, esse é o melhor caminho para resolver e dar uma resposta rápida para uma situação extremamente necessária”, concluiu.

RONALDO – O secretário Ronaldo Diniz lembrou que a gestão do prefeito Saturnino Masson já investiu no Alto da Boa Vista algo em torno de R$ 150 mil no serviço de tapa buracos que foi executado na Avenida Beija Flor, colocação de meio fios e limpeza das ruas. Ele reafirmou ter assumido o compromisso de providenciar a limpeza das áreas que receberão construções no Jardim Industriário, e fazer a demarcação. No início de março será realizada a obra de cascalhamento e base da avenida principal do Jardim Industriário, para a posterior pavimentação.

“Os empresários também se colocaram a disposição para firmar parceria com o Município no sentido de pagar asfalto, a parcela de contribuição de melhorias. Então acreditamos que com essa parceria a obra poderá sim ser realizada”, afirmou.

PRESENÇAS – Além de líderes comunitários e servidores públicos, também participaram da reunião a secretária municipal de Planejamento e Coordenação Letícia Graziela Teixeira e o secretário municipal de Indústria, Comercio e Serviços Suedir Ribas.

Fonte: Redação Diário da Serra

Auto Peças

AUTO PEÇAS TANGARÁ
Rua José Cândido Melhorança, 98-N - Centro
Fone: (65) 3326-7101
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT
+ Informações

FROTA MULT PEÇAS
Av. Tancredo Neves, 413-E - Centro
Fone: (65) 3325-2747
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT
Informações

SERRA AUTO PEÇAS
Av. Brasil, 274-E - Centro
Fone: (65) 3326-1446
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT
Informações

SÓ VOLKS
Av. Brasil, 1704-W - Centro
Fone: (65) 3326-2868
Cep: 78300-000
Tangará da Serra- MT
Informações

Tangará sedia fase da Copa MT de Vôlei em abril

Tangará da Serra é um dos principais polos do voleibol mato-grossense – prova disso ocorreu no ano passado, quando a seleção juvenil do estado que participou do brasileiro era formada por seis atletas locais, além do técnico Marcos Furlan. Em 2012, a cidade começará o ano recebendo em abril uma das quatro fases do estadual.

Em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes, a Federação Mato-grossense de Vôlei definiu ontem, três das quatros cidades sedes das fases classificatórias da Copa Mato Grosso de Vôlei, sendo, Cuiabá, que sediará a fase metropolitana, de 05 a 08 de abril, Tangará da Serra a fase Oeste, de 27 a 29 de abril e Colíder (Nortão), ainda sem data definida.

Além destas três fases, outra etapa será na região sudeste, que ainda definiu a sede. De acordo coma Federação, as semifinais e finais serão em Cuiabá, de 07 a 17 de junho. A competição valerá vagas na fase Centro-Oeste da Liga Nacional 2013.

As inscrições para as equipes, masculinas e femininas, estão abertas até dia 29 de fevereiro. O congresso será em março, no dia 17. A equipe tangaraense já está treinando e existe a possibilidade de contrações de fora da cidade.

Para a fase de Tangará são esperadas aproximadamente 10 equipes nos dois naipes, masculino e feminino.

Ano passado, o ICE Cuiabá levou o título da terceira edição da competição, na categoria feminina, após vencer a AABB/Sinop. No masculino, Lucas do Rio Verde conquistou o título de bicampeão ao vencer Cuiabá.

Fonte: Alexandre Rolim - Redação Diário da Serra

Tudo pronto para o Carnaval 2012 Folia e Paz na Terra dos Tangarás


Está tudo pronto para o Carnaval 2012 – Folia e Paz na Terra dos Tangarás. O tradicional evento carnavalesco é uma realização da Prefeitura Municipal de Tangará da Serra, através da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), com folia em cinco noites e duas matinês, no estacionamento da Flyer Eventos.

Na última quarta-feira, no final da tarde, uma reunião entre a organização e os blocos definiu os últimos detalhes do evento. Os blocos receberam o regulamento e foram informados da ordem de entrada dos mesmos na pista. Uma carreata de divulgação, com saída em frente à Prefeitura, está programada para esta quinta-feira (16.02), a partir das 16h30, e irá percorrer as principais ruas da cidade.

Durante os dias de realização haverá presenças, tanto no interior como na área externa do evento, da Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, Samu, da Vigilância Sanitária e da equipe de Fiscalização da Prefeitura.

De acordo com a Setur, o carnaval Folia e Paz na Terra dos Tangarás terá neste ano sua oitava edição e oferecerá R$ 6 mil de premiação para os blocos inscritos, além de R$ 600 para a melhor fantasia nas matinês. As atrações ficarão por conta da Banda Mais e do Grupo Fissura, de Cuiabá.

Os ingressos terão os mesmos preços do ano passado: R$ 3,00 para as noites de sexta-feira, domingo e terça-feira, e R$ 5,00 nas noites de sábado e segunda-feira, para a pista. Camarotes sairão aos preços individuais de R$ 20,00 nas noites de sexta-feira, domingo e terça-feira, e R$ 25,00 nas noites de sábado e segunda-feira.

Para as matinês, no domingo e na terça-feira, os ingressos sairão por R$ 3,00, com camarotes ao preço individual de R$ 10,00. Vale lembrar que crianças até 06 anos não pagam ingresso. O local do evento oferecerá infra-estrutura completa, além de telões, bares e praça de alimentação.

Fonte: Assessoria/Setur

Nova presidente da BPW apresenta metas de gestão

Em Tangará da Serra são muitas as mulheres de negócio. Desde profissionais liberais a empresárias, produtoras caseiras, artesãs, entre outras. Parte delas está organizada há algum tempo com o propósito de integrar e capacitar o público feminino, através da BPW Tangará, que compõe uma rede de associações e federações presentes em mais de 100 países.

Na semana passada, a empresária Aliuda Tanaka entregou a presidência da entidade à fisioterapeuta Luciana Vieira, que na manhã de ontem apresentou, em entrevista ao DS, os planos e metas a serem executados em sua gestão pelos próximos dois anos.

Com foco na saúde e do bem estar social, Luciana pretende, além de ampliar os projetos já desenvolvidos na cidade, desenvolver outros, que contemplem algumas necessidades e demandas locais. Doação de sangue, atendimento e orientação de moradoras de comunidades mais carentes são algumas das pretensões.

Em março, a BPW desenvolverá, em parceria com a BPW Brasil e o Hemocentro de Tangará da Serra, uma ampla campanha de doação de sangue. “Percebe-se que o número de homens que doa sangue é bastante grande, enquanto entre as mulheres isso quase não ocorre”, disse Luciana. A intenção, segundo ela, é conscientizar o público feminino sobre a importância da doação de sangue.

No dia 31 de março acontecerá o tradicional chá da BPW – o Chá Mulher 2012. Luciana pretende ampliar a ideia e atrair um número maior de mulheres de negócios para exposição de seus produtos. “Queremos atrair mais empresas, artesãs e mulheres que não fazem parte da BPW para mostrarem seus trabalhos”, explicou.

Antes, entre os dias 15 e 17, a BPW Tangará estará sendo representada no 10º Março é Mulher – Encontro BPW Região Centro-Oeste, que ocorrerá na cidade de Cuiabá (MT). Lá, serão apresentados trabalhos desenvolvidos pelo público feminino, será oferecida capacitação e as mulheres de MS, DF, MS e MT trocarão experiências, juntamente com o Sebrae, grande parceiro da BPW.

Em maio, Luciana adiantou que ocorrerá na Vila Esmeralda o “Dia ´D´ da Mulher”. Profissionais das áreas de saúde, direito, serviço social e administração estarão no bairro oferecendo atendimento e informação a todas as mulheres. “Muitas dessas mulheres não tem acesso a informação, não sabe seus direitos”, explicou Luciana.

Outro evento que deve ocorrer em 2012 é a campanha “Vamos Limpar Tangará”, projeto que visa a consciência da educação ambiental, envolvendo toda população tangaraense em um mutirão de limpeza e de manutenção de forma permanente desta, a fim de que possa pleitear o título de – município ambientalmente responsável.

“Nosso objetivo não é fazer assistencialismo às mulheres de Tangará da Serra, o que queremos e ensiná-las a pescar, a abrirem e tocar seus negócios”, concluiu Luciana.

Fonte: Alexandre Rolim - Redação Diário da Serra

Lei de Carreira da Educação é aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores


O Projeto de Lei Complementar 003/2001 que cria o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) da Educação de Tangará da Serra foi aprovada por unanimidade pela Câmara de Vereadores, na 2ª Sessão Ordinária realizada na última segunda-feira (13/02). O texto original encaminhado à Câmara pelo Executivo recebeu 03 emendas, que foram aprovadas pelo plenário. Sendo uma do vereador Antônio Quirino dos Santos (PMDB), uma da vereadora Vânia Ladeia Trettel (PR) e a outra do vereador José Pequeno (PT), que foram acompanhadas pelos demais vereadores.

Aprovado em votação única, o projeto segue para análise do prefeito Saturnino Masson. A votação foi acompanhada de perto por representantes da categoria dos profissionais da educação, pelo Presidente da Subsede do SINTEP-MT em Tangará da Serra, José Rosa de Paula e pelo Secretário de Educação e Cultura Júnior Pimenta. “Este projeto faz parte das ações do Executivo Municipal para modernizar o Sistema Municipal de Ensino, com a intenção de fortalecer a carreira dos profissionais da educação de Tangará da Serra”, comentou Júnior Pimenta.

O novo PCCS especifica cargos, as classes, os pisos e referências que garantem a promoção vertical e a progressão horizontal dos servidores. Um dos principais reflexos do novo PCCS está na remuneração dos profissionais, que com o reenquadramento, passam a ser mais bem remunerados.

As mudanças irão beneficiar 284 servidores efetivos, 167 servidores contratados e 157 servidores efetivos de áreas afins, além de profissionais que passaram pelo Programa Pró-funcionário e poderão ser enquadrados no nível “médio técnico”, que atualmente não existe e passará a existir após a sanção da lei do novo PCCS da Educação.

As mudanças representarão um impacto de aproximadamente R$ 1.400.000,00 (hum milhão e quatrocentos mil reais) anuais na folha de pagamento da SEMEC, mas segundo o Secretário Júnior Pimenta, os recursos virão de um pacote de medidas de contensão de gastos anunciado em Janeiro, e em execução pelo Município.

Com o novo PCCS aprovado, o piso salarial dos profissionais da educação de Tangará passará a figurar entre os melhores do Brasil. Para magistério, professor em início de carreira, o piso salarial será de R$ 1.750,00 (hum mil setecentos e cinquenta reais) para jornada semanal de 40 horas, sendo 30 horas em sala de aula e 10 destinadas aos trabalhos pedagógicos. Para os professores com nível superior, o salário inicial será de R$ 2.625,00 (dois mil seiscentos e vinte e cinco reais) e para os professores com especialização, o salário inicial será de R$ 2.887,50 (dois mil oitocentos e oitenta e sete reais e cinquenta centavos).

A nova lei garantirá alguns benefícios como a inclusão de vigias, cozinheiras, coordenadores e assessores pedagógicos no quadro de profissionais do setor, além de dispor sobre o programa Pró funcionário, as horas atividades, a licença prêmio, licença maternidade e licença para a qualificação.

Após o texto aprovado pelos vereadores e sancionado pelo Executivo, o novo PCCS da Educação, o Município terá 180 dias para providencias as regulamentações. Apesar disso os efeitos financeiros retroagem a data de 01 de fevereiro de 2012.

Humberto Ferreira
Assessoria de Imprensa da SEMEC

De virada: Serra vence e é campeão estadual feminino

Finalmente, os tangaraenses puderam dar o grito que já estava preso na garganta há vários anos – a equipe feminina da Associação Atlética Serra, o Serra, conquistou pela segunda vez o Campeonato Mato-grossense de Futebol Feminino em jogo ocorrido na noite de sábado no estádio Mané Garrincha.

Mais de duas mil pessoas assistiram a vitória do tricolor serrano por 3 a 1, de virada, sobre o Operário de Várzea Grande, apontado como favorito ao título de 2012. Era um duelo de gigantes – de um lado o time várzea-grandense, formado por atletas do Imperial do Rio de Janeiro, e de outro as tangaraenses, juntas há vários anos e reforçadas por jogadoras do AD Centro Olímpico, de São Paulo.

A beira do gramado, o técnico Jedson Zanesco gritou, gritou e gritou. Antes de começar a partida ele declarava: - Não existe favoritismo, vamos jogar de igual para igual. Porém, não era isso que ele queria: - Aqui é a nossa casa, nós que mandamos. Eu quero o título e quero ir para a Copa do Brasil – dizia um dia antes durante bate papo no vestiário.

O Serra começou o jogo partindo para o ataque. A jogadora Leia perdeu dois gols no comecinho da partida. Na segunda metade do primeiro tempo o Operário cresceu e, em jogada duvidosa, a jogadora Rafaela, artilheira da competição, abriu o placar. A torcida pedia o impedimento da jogadora.

O gol das adversárias não intimidou o time tangaraense. Depois de jogada pela esquerda, Luana sofreu pênalti e cobrou sem chances para a goleira. A número 10 do Serra foi ovacionada pela torcida e o time respirou aliviado durante o intervalo. Faltavam ainda 40 minutos de jogo.

No segundo tempo só deu Serra. A entrada da jogadora Tais, aos seis minutos, deu novo ritmo à partida. Ela marcou o segundo gol serrano, aos 14 minutos, de cabeça após cobrança de escanteio. Foi dela também o terceiro gol, aos 27 minutos. Tais recebeu a bola de Renatinha na cabeça da grande área e chutou no cantinho direito da goleira do Operário.

Quatro minutos mais tarde, Tais, a goleadora do Serra, foi expulsa depois de fazer falta no meio de campo. Ela saiu aplaudida pela torcida tangaraense. O Operário bem que pressionou, mas aos 35 minutos do segundo tempo os mais de dois mil torcedores já gritavam em coro: - É campeão! É campeão.

Fim de jogo. Euforia entre as jogadoras e a equipe técnica do Serra, tristeza e choro entre a delegação do Operário. “Estamos desde 2008 esperando por este momento”, disse Maiara, capitã do Serra. “Missão cumprida, somos campeões estaduais e agora vamos pensar na Copa do Brasil”, falou Jedson, agradecendo a todos os apoiadores e pessoas que acreditaram no time.

A capitã Maiara recebeu o troféu de campeão das mãos do presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMFMT), Carlos Orione e do deputado Wagner Ramos (PR), grande incentivador do futebol feminino do estado. O Operário, novamente, teve que se contentar com o terceiro troféu de vice-campeão.

As campeãs desfilaram em carro aberto pela avenida Brasil, acompanhadas por um caminhão do Corpo de Bombeiros e dezenas de automóveis.

Fonte: Alexandre Rolim - Redação Diário da Serra

Serra e Operário decidem neste sábado o título de campeão mato-grossense

Vencedor vai representar o Estado na Copa do Brasil, da CBF

Mato Grosso vai conhecer na noite deste sábado (11), no Estádio Mané Garrincha, em Tangará da Serra, seu representante na Copa do Brasil de Futebol Feminino de 2012. A partida será entre o Operário de Cuiabá e o Serra, de Tangará, na decisão do Campeonato Mato-grossense de Futebol Feminino deste ano, também disputado por Mixto, Gama, Palmeiras e Sorriso.

Organizado pela Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), o torneio estadual teve início no dia 14 de janeiro com programação de 20 partidas, das quais 15 na primeira fase, quatro na segunda fase e o jogo final que vai começar às 19 horas no Mané Garrincha. Durante a competição, o destaque na artilharia ficou para a atacante Rafaela Barros, do Operário, com 23 gols.

O campeão e o vice da competição receberão, respectivamente, os troféus “Deputado Wagner Ramos”, em homenagem aos 70 anos da FMF, o “Manoel Ferreira de Andrade – ex-deputado e ex-presidente de clube. Os nomes foram escolhidos em consenso na Federação.

Segundo a entidade máxima do futebol mato-grossense, Wagner Ramos é um dos principais apoiadores do futebol – principalmente o feminino – no Estado. A forte militância de Manoel Andrade marcou sua participação no cenário futebolístico de Tangará e de Mato Grosso.

Promovida pela CBF – a Confederação Brasileira de Futebol, a Copa do Brasil de Futebol Feminino terá seu jogo de abertura no próximo dia 03 de março, um sábado. A tabela da competição, inclusive com a definição do estádio e a hora da partida, será anunciada pela entidade nos próximos dias.

Redação


Prefeitura divulga editais para primeiras ações das obras do PAC

Em atendimento a Caixa Econômica Federal, que já havia autorizado a realização dos procedimentos licitatórios, o Município de Tangará da Serra divulgou ontem o lançamento dos editais de licitação que viabilizam as obras do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) em Tangará da Serra. O anúncio foi feito em reunião com todos os secretários municipais e com a presença do vereador Welington Bezerra (PR).

São três obras com procedimentos iniciados ou em andamento: o Parque Figueira, a ampliação da rede de esgotamento sanitário e a construção de casas populares. Juntas as obras anunciadas pelo prefeito Saturnino Masson (PSDB) totalizam um investimento que pode chegar a R$ 36 milhões e 600 mil.
A obra do Parque Figueira tem cronograma de execução geral para ser concluído em dois anos, contados a partir da execução do Plano de Trabalho Técnico e Social (PTTS). A obra consiste num investimento de R$ 10 milhões e 42 mil no parque e mais R$ 6 milhões e 600 mil do Programa Minha Casa Minha Vida na construção de 135 unidades habitacionais que atenderão a população ribeirinha que será removida da área de reserva que fica às margens do Córrego Figueira.
Já a obra de esgotamento sanitário tem duas estadas. Na primeira serão investidos R$ 14 milhões e 900 mil. Na segunda etapa serão investidos até R$ 5 milhões – o que ainda dependerá de estudo técnico da equipe de engenharia do Município que apontará quais bairros serão inseridos no projeto. No total serão mais 75 quilômetros de rede de esgoto, ampliando o atendimento de 33% das residências do Município para algo em torno de 68% de cobertura.

“Nós já estamos autorizados a licitação do Parque da Figueira que são na ordem de dez milhões, onde terá lá diversas melhorias que serão feitas naquela região ali atrás da Vila Esmeralda, depois do Jardim Presidente, Monte Líbano, Vitória, San Diego. Toda aquela região será beneficiada com essas obras. (…) E aqui embaixo, em esgotamento sanitário são 20 milhões dos quais 14 milhões vai ser liberado pra fazer já a licitação e posteriormente vem mais 5 milhões para completar os 20 milhões, que irá beneficiar toda a região da Rua 1 abaixo, até na região ali do Jardim Itália e Araputanga”, conta Masson ao afirmar que além de trazer mais qualidade de vida para os tangaraenses, as obras irão gerar empregos diretos.
CÓRREGO FIGUEIRA – A licitação que definirá a empresa que irá elaborar o Projeto de Trabalho Técnico-Social (PTTS) será aberta no dia 28 deste mês, na Sala de Licitações do Município, às 8h da manhã. A empresa contratada terá prazo de 60 (sessenta) dias, conforme cronograma de atividades previsto no edital de licitação e contados da data do recebimento da ordem de execução, para concluir o projeto. A conclusão é necessária para que as demais etapas, de execução das obras, possam prosseguir.
ESGOTO – A licitação para a contratação da empresa que fará o Projeto de Trabalho Sócio-Ambiental (PTSA) será no dia 29 de fevereiro. De acordo com o edital, após a homologação da licitação o contrato será assinado em no máximo 5 dias úteis. Depois de contratada a empresa terá um prazo de 420 (quatrocentos e vinte) dias, contados da data do recebimento da Ordem de Execução, emitido pelo referido Ordenador de Despesa. O projeto poderá ser executado concomitantemente com a obra de esgotamento sanitário.

CASAS – A empresa que irá construir as 135 casas é a Lorenzetti. No total serão investidos R$ 6 milhões e 600 mil. Apesar dos recursos serem do Programa Minha Casa Minha Vida, a liberação dos recursos ocorrerá junto com os R$ 10 milhões e 42 mil do PAC para o projeto do Parque Figueira.

Fonte: Redação Diário da Serra

Prefeitura de Tangará da Serra realiza obras em quatro frentes e inicia implantação de galerias do Tangará II

Centro, Avenida Ismael e Vila Esmeralda também são localidades atendidas. Estradas do interior recebem melhorias.

A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) iniciou a implantação da rede de galerias de águas pluviais no Jardim Tangará II. A tubulação capta as águas das chuvas nos fundos da escola Dom Bosco, na Rua 26-A entroncamento com a Rua 05, seguindo pela Rua 03, com captações nas ruas transversais à Avenida Ismael, até a Rua 30. Desta via, as galerias seguem pela própria avenida até a conexão com a tubulação da Rua 32, no limite com o Jardim Califórnia.

Importante para a solução dos alagamentos naquela localidade urbana em dias de chuvas fortes, as galerias captam as águas pluviais que descem em torrente desde a parte alta nas proximidades da Avenida Brasil, causando sérios problemas ao cruzar a Avenida Ismael José do Nascimento para descer na forma de enxurrada principalmente pelas ruas 30 e 32 do Jardim Califórnia. 
 
Com as obras, o problema será corrigido. Os recursos, na ordem de R$ 300 mil, foram viabilizados após repasse de sobras do duodécimo de 2010 pela Câmara Municipal, por indicação do vereador Roque Fritzen e anuência do presidente do Legislativo da época, Miguel Romanhuk. Somente este ano, por determinação do prefeito Saturnino Masson, as obras tiveram início.

OUTRAS - A Sinfra também dá prosseguimento aos trabalhos de tapa-buracos e recuperação da malha viária urbana na área central da cidade e na Avenida Ismael José do Nascimento.

Já na Vila Esmeralda, teve início nesta quarta-feira (08.02) os trabalhos de recuperação do pavimento das ruas 09 (principal do bairro) e 18 (entrada da Esmeralda, na ligação com a Avenida Lions Internacional). Há pelo menos seis ou sete anos as ruas do populoso bairro não recebem a devida manutenção por parte do poder público municipal.

No interior, a Sinfra promove melhorias em estradas na Gleba Triângulo, Gleba Palmares, Gleba Bandeirantes e Bezerro Vermelho. Também foi concluída, no Córrego das Pedras, a construção de um bueiro tubular sobre um dos cursos d’água que cortam a localidade.

Fonte: Assessoria Sinfra

Workshop Multiprofissional dará início a projeto voltado à qualidade de vida

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promove nesta quinta-feira (09.02), no Anfiteatro do Centro Cultural, em Tangará da Serra, o I Workshop Multiprofissional “Qualidade de Vida”.

O evento será dividido em dois turnos, sendo o primeiro pela manhã, com início às 07h00, e o segundo à tarde, começando às 13h00, tendo os servidores da pasta como público alvo. A abertura do evento contará com as presenças do prefeito municipal Saturnino Masson, do vice-prefeito, Idail Trubian, e do secretário de Saúde do município, Jairo José dos Santos Ayres.

A promoção é coordenada pelo Comitê de Novos Projetos da SMS e marcará o início do programa “Invista em sua saúde para não perder tempo com sua doença”, cujo objetivo é a qualidade de vida da população do município através de adoção de hábitos de vida saudáveis, fortalecendo a saúde e, assim, prevenindo doenças, dentro dos conceitos da saúde preventiva. O programa se estenderá ao longo deste ano com vários eventos e campanhas.

O I Workshop Multiprofissional “Qualidade de Vida” contará com cinco palestras e entrega de certificados aos participantes. Os temas e os respectivos palestrantes são “Obesidade” (palestrante Dr. Marco Antônio Pereira), “Hipertensão Arterial Sistêmica” (Dr. Eli Ambrósio), “Diabetes Mellitus” (Drª. Heloísa Campos Araújo), “Alimentação Saudável e Orientações” (Drª. Márcia Souza) e “Atividade Física e Cuidados Posturais” (Drª Gicelly Souza).

Fonte: Assessoria SMS

INFORMAÇÃO: Recadastramento para emissão da NFE

A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra reitera a informação que os contribuintes do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) que ainda não procederam no seu recadastramento devem realizar o procedimento acessando o novo portal tangara.fisslex.com.br.

O recadastramento é necessário em virtude da troca de sistema de gestão do tributo mencionado.

Assim, todos os contribuintes devem realizar imediatamente seu recadastramento junto à municipalidade, no respectivo link disponibilizado no novo portal, para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, uma vez que somente serão disponibilizadas as notas fiscais eletrônicas a partir do deferimento do recadastramento.

Informações na Secretaria Municipal de Fazenda (Sefaz), ou pelo telefone (65) 3311 4874.

Fonte: Assessoria SEFAZ

Serra vence Mixto por 3 a 0 e está na final do mato-grossense feminino

A vitória de 3 a 0 sobre o Mixto neste sábado conferiu ao Serra a primeira vaga na final do Campeonato Mato-grossense Feminino de Futebol. Jogando no estádio Mané Garrincha, em Tangará da Serra, o Serra não se intimidou com a tradição do clube da capital, fez bonito e assegurou espaço na grande decisão. As tigresas bem que tentaram, mas deixaram escapar a chance de brigar por um tricampeonato no certame.

O Serra abriu o marcador aos 32 minutos do primeiro tempo com Luana, a camisa dez. Ela cobrou falta e não deu chances à goleira adversária. O placar magro ainda nesta etapa inicial seria ampliado por mais duas vezes na última parte do jogo, com Tais e Renata.

Na primeira partida que se enfrentaram em jogo da semifinal, o Serra já havia derrotado o Mixto pelo placar de 1 a 0, com Tais. Com a vitória, as meninas do Serra conquistaram a vantagem de precisar apenas de um empate em casa para seguir até a final da competição, mas não se contentaram e fizeram muito mais, voltaram a vencer e ainda por 3 a 0.

O ADVERSÁRIO – O Serra vai encarar, na final, o time feminino do Operário. O Operário assegurou a vaga ao vencer o Palmeiras por 3 a 1 em jogo disputado no domingo no estádio Presidente Dutra, em Cuiabá. O destaque mais uma vez equipe foi a jogadora Rafaela, artilheira que marcou três vezes no confronto: duas ainda no primeiro tempo e uma última no segundo período.

O primeiro jogo entre Serra e Operário será no próximo dia 11, em Tangará da Serra. O treinador do Operário Alex Sandro disse que não foi surpresa o Serra ter conquistado a primeira vaga na grande decisão do mato-grossense. “Não é surpresa pegar o Serra na final, pois já havíamos comentado que a equipe deles é boa” destacou o treinador. Ele diz não haver favoritismo e que o duelo será de igual para igual, mas lembrou que na primeira vez em que se encontraram no campeonato estadual, o Operário levou a melhor e goleou o Serra pelo placar de 4 a 0.

Fonte: Globoesporte

Projeto de Lei do PCCS está na Câmara para apreciação

O Executivo Municipal protocolou na última quinta-feira (02.02) o Projeto de Lei Complementar 003/2012, que dispõe sobre a regulamentação legal do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos profissionais da Educação de Tangará da Serra.

A matéria já entrará na pauta de deliberações da Câmara Municipal e tramitará pelas comissões permanentes para, na seqüência, ser votado pelos vereadores.

O PCCS foi amplamente discutido entre os profissionais da Educação do município e a Administração Municipal. Os últimos ajustes ocorreram em reunião promovida no gabinete do prefeito Saturnino Masson na última semana de janeiro.

O projeto de Lei Complementar faz parte das ações do Executivo para modernizar o Sistema Municipal de Ensino, na medida em que se propõe a fortalecer a carreira dos profissionais da Educação, mediante compromissos de natureza social e político com a categoria.

Segundo consta na mensagem do PLC, enquanto compromisso social, o município entende que toda e qualquer atribuição do gestor público para com o ensino deve ter como meta a qualidade social da Educação. Tal qualidade, ainda segundo a mensagem, é vinculada às condições e aos modos como o ensino se consolida nos espaços escolares através das ações e dos compromissos políticos dos sujeitos que fazem e se fazem em Educação, em diálogo com os saberes locais e aqueles de base comum nacional articulados com os objetivos e finalidades do país.

Fonte: Assessoria

Escolas e entidades receberão alimentos da agricultura familiar com recursos da Conab

A Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) anunciou esta semana a aquisição de produtos da Agricultura Familiar para fornecimento a escolas e instituições públicas e também a entidades de utilidade pública de Tangará da Serra.

A compra dos produtos, prevista pelo Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar, é viabilizada com recursos do Governo Federal, através da Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB.

O valor, de R$ 524.513,60, já está disponível na conta bancária da Cooperativa dos Produtores da Agricultura Familiar de Tangará da Serra e Região (Coopervida), que efetuará os pagamentos a 127 pequenos produtores, beneficiando 53 entidades.

Os alimentos fornecidos são hortaliças, carne e frango, totalizando um volume de 300 toneladas de produtos a serem coletados quinzenalmente nas propriedades, numa série de 16 entregas. Segundo o titular da Seapa, secretário Welinton Duarte, a primeira entrega de alimentos ocorrerá no dia 27 deste mês. Duarte informa ainda que as entregas serão organizadas durante reuniões nos dias 13,14 e 15 próximos. As escolas e entidades beneficiadas deverão retirar os alimentos diretamente no barracão da Seapa, junto ao Viveiro Municipal.

Fonte: Assessoria/Seapa

CEF autoriza município a licitar obras do Parque Linear do Córrego Figueira

A Caixa Econômica Federal autorizou o município de Tangará da Serra a licitar as obras do Parque Linear do Córrego Figueira. A autorização consta no ofício 1-0485/2012/GIDURCB, de 24 de janeiro, endereçado esta semana ao prefeito Saturnino Masson.

Depois de licitadas, as obras seguirão um cronograma de cerca de dois anos para conclusão. No cronograma constam ações como o Plano Técnico de Trabalho Social (PTTS) e a regularização fundiária de toda área do parque.

Os recursos, de R$ 10,042 milhões, serão disponibilizados para o município em conta vinculada, oriundos da segunda etapa do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Outros R$ 6 milhões serão liberados pelo governo federal diretamente a uma empresa credenciada pela CEF para construção de 135 casas populares destinadas às famílias remanejadas da área do parque.

Desenvolvido pelo Departamento de Estudos e Projetos da Secretaria Municipal de Coordenação e Planejamento (Seplan), o Parque Linear do Córrego Figueira cobrirá uma extensa área desde as imediações da Cidade Alta até a região do Jardim Presidente/San Diego. O complexo prevê centro de múltiplo uso, creche materno-infantil, quiosques, playground, além de ações de preservação da biodiversidade e proteção das matas ciliares do córrego. 
 
As 135 moradias populares estão incluídas no processo de desapropriação dos imóveis edificados nas áreas ribeirinhas. As unidades habitacionais serão destinadas às famílias a serem remanejadas, possivelmente para uma nova área às margens da Avenida Brasil, altura do Jardim San Diego e proximidades com Anel Viário. Nas demais áreas residenciais próximas ao córrego haverá melhoramentos.

Fonte: Assessoria Gabinete/Semmea

Saturnino Masson prestigia titular da Secretaria de Assistência Social

O prefeito Saturnino Masson assegurou apoio à secretária municipal de Assistência Social, Ivonete Júlia de Andrade, e garante a manutenção da titular da pasta com amplo respaldo do Executivo Municipal.

Após matéria veiculada no jornal Diário da Serra dando conta de que reclamações poderiam resultar na saída da secretária, o prefeito Saturnino Masson, juntamente com o Superintendente de Governo, James Capucho, se reuniu ontem à tarde com Ivonete e servidores da secretaria na sede da pasta, no Jardim Rio Preto.

Durante a reunião, Saturnino deixou claro que Ivonete Júlia de Andrade tem a confiança e o respaldo do Executivo pelo bom trabalho que vem realizando à frente da Secretaria de Assistência Social do município. 

Segundo foi apurado, as reclamações contra Ivonete foram motivadas por pressões por cargos. “Deixei bem claro que a responsabilidade pela pasta é da secretária Ivonete e as suas decisões contam com o nosso respaldo”, disse Saturnino.

O chefe do Executivo negou, momentaneamente, qualquer exoneração entre os responsáveis pela pressão, mas disse que poderá haver substituições de alguns titulares de cargos em comissão caso a secretária Ivonete veja como necessárias.

VEREADOR – O vereador Wellington Bezerra também manifestou apoio à secretária Ivonete Júlia de Andrade. Segundo o vereador, a secretária é a responsável pela gestão da pasta e precisa ser considerada como tal. “A secretária Ivonete conta com o meu apoio incondicional em função da sua capacidade e pelo belo trabalho que vem desenvolvendo à frente da secretaria”, disse Bezerra, que garantiu amplo respaldo ao Executivo em caso de adoção de medidas mais duras, como substituições de titulares de cargos em comissão.

Fonte: Assessoria do Gabinete