Ladeia é homenageado pelo seu aniversário por prefeitos da região

Muito querido e admirado pelos prefeitos da região, o chefe do executivo tangaraense recebeu uma homenagem dos prefeitos durante a reunião do Consórcio Intermunicipal da Bacia do Alto do Rio Paraguai na última sexta-feira (28.01). Data na qual Júlio César Ladeia completou 50 anos de vida.

Bastante emocionado, Ladeia agradeceu. “Muito obrigado a todos vocês, mas na verdade os parabéns devem ser da minha família, que me tornaram o que sou hoje, para mim basta um feliz aniversário.”, disse ele, que nasceu na pequena cidade de Nova Granada, Estado de São Paulo e que pouco tempo depois juntamente com a família mudou-se para Tangará da Serra. Aqui, morou na comunidade Água Branca, onde a família labutava na produção de Café.

Eleito prefeito

Após descobrir sua vocação como comunicador, no ano de 2002, diante de inúmeras suspeitas de irregularidades no meio político municipal, apresentou ao Poder Legislativo uma denúncia que culminou com a cassação do mandato do prefeito da época. Mas foi somente em 2003 que sentiu realmente a necessidade de ingressar na política, quando enfim se filiou ao Partido Liberal, concorrendo em 2004, e tendo sido eleito prefeito de Tangará da Serra com mais de 16 mil votos.

Votação expressiva que se repetiu na eleição de 05 de outubro de 2008, quando Júlio César é reeleito prefeito de tangará da serra, desta vez, com mais de 18 mil votos. O que representava a vontade do povo tangaraense da continuidade do trabalho desenvolvido por ele durante os primeiros quatro anos de desenvolvimento e progresso de tangará da serra.

Mas mesmo com toda sua vontade de fazer o bem e de ajudar principalmente o povo da sua cidade, Júlio César nunca se esqueceu do mais importante, de Deus e de sua família pela qual demonstra muito carinho e gratidão. “A minha família é minha base. É tudo na minha vida. Só tenho a agradecer a eles.”, disse.

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa

Ladeia participou da reunião do Consórcio Intermunicipal da Bacia do Alto do Rio Paraguai

O prefeito tangaraense Júlio César Davoli Ladeia participou durante toda a manhã de sexta-feira (28.01) da reunião para eleição da nova presidência do Consórcio Intermunicipal da Bacia do Alto do Rio Paraguai.

Diversos prefeitos da região, que fazem parte do consórcio participaram do encontro, que aconteceu na cidade de Arenápolis e que consagrou a vitória do prefeito de Nova Marilândia, Juvenal Alexandre da Silva, como novo presidente do Consórcio.

“A reunião foi de suma importância para o consórcio e é essa união entre os municípios circunvizinhos que irá nos fortalecer para que consigamos mais recursos para nossa região.”, disse Ladeia.

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa

Júlio César diz que o consenso em torno do Consórcio foi fundamental para o fortalecimento político da região

“Foi de extrema importância buscarmos o consenso em torno da eleição do Consórcio Intermunicipal da Bacia do Alto do Rio Paraguai, para que não houvesse qualquer tipo de competição interna, pois não é esse o nosso objetivo. O único objetivo é que tenha um compartilhamento de responsabilidades, de interesses e de força política”, frisou o prefeito municipal de Tangará da Serra, Júlio César Davoli Ladeia (PR), ao ressaltar a valorização do consenso em torno da eleição ocorrida que resultou na vitória do prefeito de Nova Marilândia, Juvenal Alexandre da Silva para a presidência do Consórcio Intermunicipal da bacia do Alto do Rio Paraguai.


O chefe do executivo tangaraense disse que irá propor aos prefeitos que fazem parte do Consórcio, a colaboração do município de Tangará da Serra no que tange a formação de uma Equipe de Projetos. “Já havia manifestado esse interesse no primeiro ano do mandato do prefeito Farid, para que todos os municípios participassem, mas não foi possível. Mais uma vez estaremos oferecendo os serviços dos nossos técnicos na área de Projetos, para que nós possamos organizar os projetos prioritários de cada município, que possam convergir com os interesses da região. Em Tangará da Serra estamos correndo contra o tempo por 52 milhões de reais de projetos aprovados no Governo Federal (PAC-2) o PAC-1 nós conseguimos concluir, e esses 52 milhões, além de outras emendas.

Até o dia 27 de fevereiro temos que entregar esses projetos em Brasília. Isso é muito importante é só é possível quando se tem uma equipe interna de projetistas que consigam dar andamento a essas planilhas. Queremos compartilhar a nossa experiência e todo o nosso handicap com todos os municípios da região, pois pensamos de uma forma globalizada e não de forma isolada ou individualista. Estamos ai para contribuir, crescer e evoluir em todos os sentidos e direções”, frisou Júlio César Ladeia.

Moisés Bispo dos Santos

Prestação de serviços é destaque em Tangará da Serra

A geração de empregos em Tangará da Serra terminou em alta, ano passado. O saldo foi de 565 novos postos de trabalho, resultado da diferença entre 12,5 mil admitidos e 12 mil desligamentos, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), com base nas contratações formais, ou seja, com carteiras assinadas.

A prestação de serviços foi o destaque, com saldo de 295 novos empregados, resultado de 2,6 mil admissões e 2,3 mil demissões. Em seguida aparece o comércio com saldo de 239 funcionários devido a contratação de 4,5 mil e demissão de 4,2 mil.

Na construção civil, o saldo foi de 147 admitidos (1,1 mil admissões e 972 demissões). Já o extrativismo mineral, foram 34 novos postos de trabalhos (46 contratações e 12 desligamentos) e, serviços industrial de utilidade pública, saldo de um funcionário (8 de admitidos e 7 demitidos).

Dois setores demitiram mais. A indústria de transformação fechou com saldo de 102 funcionários desligados de suas funções (2,7 mil demitidos e 2,6 admitidos) e, na agropecuária, com saldo negativo de 49 funcionários ( 1,5 mil demissões se 1,5 admissões).

Somente em dezembro, o saldo foi negativo de 259 funcionários demitidos a mais, diferença entre 1.018 desligados e 759 admitidos.

Fonte: Só Notícias/Karoline Kuhn

Coletiva: Ladeia falou sobre o andamento do PAC II em Tangará da Serra

Com objetivo de apresentar o projeto do córrego Figueira, o qual será uma das obras contempladas pelo PAC 2 e também sobre o andamento do programa de aceleração em Tangará da Serra, o prefeito Júlio César Ladeia falou a imprensa na manhã desta segunda-feira (24.01).

De acordo com o projeto apresentado a imprensa tangaraense, os bairros que fazem parte da área de intervenção do Parque Linear as margens do Córrego Figueira receberão pavimentação, drenagem, esgoto, habitação, melhorias habitacionais, Unidade de Saúde da Família, Centro, Comunitário, creche, etc. “São necessidades que foram apontadas pela própria comunidade e além dessas obras, o próprio parque, que será composto por pista de caminhada, pista de ciclismo, quadra poliesportiva, play ground, academia da 3ª idade, entre outros.”, explicou o prefeito Júlio César Ladeia.

Segundo o secretário de Planejamento, Ériko Sandro Suares, “Para a realização de todo o trabalho foram criados doze grupos, e os integrantes estarão à frente das atividades e tarefas a serem desenvolvidas para atendimento a esta demanda que trará um investimento de mais de 50 milhões para Tangará da Serra.”, disse ele.

De acordo ainda com o prefeito, a partir de terça-feira (25.01), a equipe de pessoas que farão o cadastro das famílias que serão beneficiadas com obras do PAC II e que moram próximo ao Córrego, estará passando nestas casas novamente para conclusão do projeto. “É importante que os moradores desses bairros recebam a nossa equipe e que lhes forneça todos os dados necessários para concluirmos esse projeto que trará muitos benefícios a esses bairros.”, disse o prefeito.

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa

Novo maquinário adquirido pela secretaria de Obras irá acelerar trabalhos de asfalto na cidade

Com objetivo de melhorar a qualidade do asfalto e ampliar a quantidade feita simultaneamente, a Prefeitura Municipal, através da secretaria de Infraestrutura adquiriu recentemente um espargidor de asfalto.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Paulinho Porfírio, foram investidos cerca de 150 mil reais na compra do maquinário, que tem tanque com capacidade aproximada de 10 mil litros; Sistema de aquecimento; Reservatório de óleo hidráulico; Barra espargidora com no mínimo 35 válvulas; Caneta para pintura manual com controle de vazão e motor para bombeamento de material.

Segundo ainda o secretário da pasta, a máquina antiga do município, que realizava este mesmo trabalho, tinha capacidade de apenas 3 mil litros, já a nova aquisição, tem capacidade de 10 mil litros, o que irá facilitar o trabalho. “O prefeito nos solicitou para que melhorássemos nossa estrutura para darmos ainda mais qualidade ao asfalto e para agilizarmos os trabalhos de asfalto na cidade, e esse novo maquinário vai nos possibilitar isso.”, disse ele, que informou ainda, que “novos equipamentos deverão ser adquiridos ainda em 2011, melhorando o serviço prestado pela Sinfra a população de Tangará da Serra.”.

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa

Sine de Tangará: O 2º que mais emprega no Estado

De acordo com dados do SIGAE (Sistema Integrado de Gestão e Emprego), o Sine de Tangará da Serra é o 2º que mais emprega pessoas no Estado, perdendo apenas para a capital Cuiabá. Em terceiro lugar esta Rondonópolis e na seqüência Varzea Grande.

De acordo com o prefeito municipal, Júlio César Ladeia, a cidade cresce e se desenvolve a cada dia e é normal que Tangará esteja nesta colocação. “isso é também um indicativo que as empresas instaladas na cidade são empresas solidas e estão crescendo e se desenvolvendo a cada dia, gerando assim mais emprego e renda para a população.”, falou ele.

Para o prefeito tangaraense ainda, os números positivos mostram que os esforços do Município para estimular a geração de empregos estão dando resultado. Apesar dos números, ele afirma que a cidade vai continuar gerando emprego e ao mesmo tempo buscar a qualificação profissional.

“A luta continua. Queremos mais qualidade de vida para os tangaraenses, mais empregos de qualidade, de boa remuneração e para isso além da geração de empregos, estamos buscando cursos de qualificação e preparando as pessoas para as necessidades do mercado de trabalho”, afirmou Ladeia.

Segundo dados de solicitações registrados ainda no Sine, Tangará se transformou em um centro de referência com oferta de mão de obra, tendo em vista a quantidade de vagas ofertadas de empresas de outros municípios circunvizinhos, como por exemplo, Lucas do Rio Verde, Sapezal, Campo Novo dos Parecis, Nova Olímpia, Barra do Bugres, Nova Mutum, entre outros.

Assessoria de Imprensa

Comissão discute implantação efetiva do PAC 2 em Tangará da Serra

O Programa de Aceleração do Crescimento, em sua segunda edição, está presente em Tangará da Serra. Recentemente, aconteceu a primeira reunião para a implantação efetiva do Programa no município. “Para a realização de todo o trabalho foram criados doze grupos, e os integrantes estarão à frente das atividades e tarefas a serem desenvolvidas para atendimento a esta demanda que trará um investimento de mais de 50 milhões para Tangará da Serra.”, disse Ériko Suares, secretário interino de Planejamento.

Durante a reunião, a Secretaria Municipal de Coordenação e Planejamento, através do Secretário fez a explanação dos objetivos esperados e das metas a serem atingidas, e, reforçou também a importância dos coordenadores no resultado a ser alcançado. “Através do programa, será criado o Parque Figueira, as margens do córrego de mesmo nome, e afluente do Queima Pé, que abastece toda a cidade. Vários equipamentos públicos estão previstos no projeto, tais como creche, salão comunitário, unidade de saúde da família, áreas de lazer e obras de infra estrutura. O investimento social será o grande diferencial como resultado do PAC2 em Tangará da Serra.”, falou Suares.

De acordo ainda com o secretário interino de Planejamento, “uma das ações importantes será a mobilização da população na área onde se localizará o Parque Figueira. A participação de todos os moradores nas reuniões e chamadas públicas será de grande importância para o conhecimento das ações que serão desenvolvidas.”, convidou ele.

Assessoria de Imprensa

Tranqüilidade, transparência e seriedade marcaram concurso público de Tangará da Serra

Encerrou no último domingo (16.01) o concurso público para a Prefeitura de Tangará da Serra, que aconteceu com muita tranqüilidade, transparecia e seriedade, o que foi motivo de muitos elogios por parte dos participantes. “Eu sou acostumado em participar de concursos públicos, e com certeza esse foi um dos mais organizados dos quais eu já participe.”, disse Leandro de Souza, candidato a uma das vagas oferecidas no município.

No total, cerca de 20 mil candidatos participaram das provas, que foram dividas em dois grupos, ou seja, para alguns cargos a prova aconteceu no dia 06 de janeiro, já para outros no dia 16.

O candidato Roberto Vieira, da cidade de Rondonópolis, também elogiou a organização do concurso. “O prefeito da cidade, bem como os organizadores da prova estão de parabéns.”, disse ele, que já participou de vários concursos em diversos Estados do País.

A avaliação do secretário de Administração, Theorge Marinho com relação ao concurso foi extremamente positiva. “São candidatos de todos os Estados do País, foi um concurso muito bem organizado e todos os envolvidos estão de parabéns, pois conseguimos concluir esse trabalho com toda a transparência e honestidade necessária.”, disse Marinho, que informou ainda que conforme o edital do concurso, além das vagas ofertadas, o concurso servirá para formação de cadastro reserva.

Qualquer dúvida referente ao concurso, as informações estão disponíveis através do site http://www.institutocidades.org.br./

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa

Secretaria de Agricultura realizou 379 Inseminações Artificiais em vacas leiteiras em 2010

Através do projeto de Inseminação Artificial em Pequenas Propriedades Leiteiras, a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento – SEAPA realizou 379 inseminações artificiais no período de junho de 2010, período de início do projeto, até dezembro mesmo ano, sendo destas 259 foi utilizado sêmen da Raça Holandês, 72 da Raça Gir Leiteiro e 48 da Raça Jersey.

De acordo com o médico veterinário, Rodrigo Marques dos Santos, responsável pelo projeto, este trabalho tem continuidade no ano de 2011. “Está disponível o serviço de Inseminação Artificial para todos os pequenos e médios produtores de leite do Município, ou seja, qualquer produtor que tenha interesse no projeto pode entrar em contato conosco e participar.”, disse ele.

Contato para maiores informações pelo telefone: 3326-5733 ou pelo email rodrigovet@tangaradaserra.mt.gov.br.

Assessoria de Imprensa

Prefeito e vice realizaram reunião com moradores do Novo Horizonte

O prefeito Júlio César Ladeia juntamente com o vice-prefeito José Jaconias da Silva e o secretário de Infraestrutura, Paulinho Porfirio realizaram na noite de quarta-feira (12.01), reunião com moradores do bairro Novo Horizonte.

O objetivo da reunião foi a proposta do executivo em proporcionar o asfalto em parceria com os moradores. A noiticia foi recebida em clima de festa pelos presentes no encontro. “Nós estamos felizes e agora acreditamos que logo, logo teremos asfalto no nosso bairro.”, disse a presidente do Novo Horizonte, senhora Odete da Cruz Neves.

De acordo com o prefeito municipal, a parceria de asfalto com os moradores tem beneficiando milhares de tangaraenses desde que foi lançado, “inclusive através deste programa, nós conseguimos asfaltar alguns bairros em 100%, como é caso da Vila Horizonte e Vila Goiânia e queremos asfaltar 100% dos outros bairros também, mas precisamos que os moradores acreditem e paguem as parcelas em dia, e foi isso que propomos para os moradores aqui do Novo Horizonte.”, disse Ladeia.

Parceria

De acordo com o programa, os moradores entram com o pagamento do material a ser utilizado e a Prefeitura Municipal com a mão de obra. O metro quadrado do asfalto custa aos moradores o valor de R$ 17,93 (dezessete reais e noventa e três centavos).

O valor total a ser cobrado é resultado de um cálculo que leva em consideração a metragem da testada do terreno e, no caso dos de esquina, o comprimento. “A ordem dos bairros a serem pavimentados dependerá da pontualidade dos moradores no pagamento das parcelas.”, explicou Ladeia, que informou ainda, que “Os moradores poderão optar pelas modalidades de parcelamento em até 5 vezes sem juros, e acima dessa quantia de parcelas o juro cobrado é de 1% ou ainda a vista, o morador ganha 10% de desconto.”

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa

Município se prepara para realização da segunda prova do concurso público no próximo domingo

Muita tranqüilidade marcou a primeira etapa do concurso público da Prefeitura de Tangará da Serra, e é isso que a administração municipal espera também para o próximo domingo, quando acontece a prova para outros cargos oferecidos através do concurso.

Para o candidato Roberto Vieira, da cidade de Rondonópolis, o concurso foi muito bem organizado, “o prefeito da cidade, bem como os organizadores da prova estão de parabéns.”, disse ele, que já participou de vários concursos em diversos Estados do País.

Na primeira etapa, cerca de 10 mil candidatos fizeram a prova, os demais candidatos farão o teste no próximo domingo (16.01). No total, o concurso oferece cerca de 320 vagas em diversas áreas. “Nesta primeira etapa do concurso, os candidatos disputaram vagas para 22 cargos, sendo 11 no período matutino, nas áreas administrativa e contábil, social, serviços gerais, fisioterapia, fonoaudióloga, psicologia, medicina veterinária, nutrição e educação e 11 no período vespertino, nas áreas de trânsito, farmácia, fiscalização, saúde bucal, radiologia, enfermagem, agropecuária, recepção, eletricidade e condução de veículos.”, disse Theorge Marinho, secretário de Administração.

No total, cerca de 20 mil pessoas se inscreveram para o concurso da Prefeitura de Tangará da Serra. “São candidatos de todos os Estados do País, então avaliamos como positiva essa primeira etapa do concurso e esperamos concluir este trabalho com a tranqüilidade e transparência necessária.”, disse Marinho, que informou ainda que conforme o edital do concurso, além das vagas ofertadas, o concurso servirá para formação de cadastro reserva.

Qualquer dúvida referente ao concurso, as informações estão disponíveis através do site http://www.institutocidades.org.br/.

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa

Projeto de irrigação do Assentamento Antônio Conselheiro foi aprovado pelo SINCOV

No total, o projeto de irrigação no Antônio Conselheiro gira em torno de 3 milhões de reais e irá beneficiar mais de 400 famílias produtoras do local. Serão aproximadamente 4 hectares por família, totalizando 1.600 hectares de irrigação.

De acordo com o secretário de Agricultura, Welinton Duarte, o prefeito Júlio César Ladeia estabeleceu como meta para o desenvolvimento agropecuário, “a busca da diversificação produtiva, particularmente na implantação de novas atividades rurais e sua respectiva industrialização de um projeto de agricultura irrigada com ênfase na fruticultura levando-se em consideração as características de clima, solo, Produtividade, e vocação agrícola da região.”, disse ele.

Objetivos do projeto

De acordo com o projeto, os principais objetivos do projeto são: Promover o crescimento econômico compatível com o manejo adequado dos recursos de água e solo, aproveitando o potencial hídrico existente no município e aptidões agrícolas das terras da região; Aumentar a oferta de emprego e melhoria do nível de renda e da qualidade de vida da população da região, como conseqüência do crescimento econômico e de mudanças na estrutura produtiva; Introduzir novos modelos de exploração agrícola baseado no uso da irrigação, garantindo a produção e aumentando a produtividade agrícola; Incentivar a exploração de lavouras com elevado índice de tecnificação, incluindo o emprego de irrigação voltada a região de maior valor econômico; Criar oportunidade para os agricultores visando a sustentabilidade de uma forma eficiente e digna e a preservação ambiental através do uso racional e sustentável dos recursos existentes.

Assessoria

Cerca de 10 mil pessoas fizeram o concurso público da Prefeitura de Tangará da Serra

Muita tranqüilidade marcou a primeira etapa do concurso público da Prefeitura de Tangará da Serra, que contou com aproximadamente 10 mil candidatos fazendo a prova no último domingo (09.01).

No total, o concurso oferece cerca de 320 vagas em diversas áreas. “Os candidatos estão participando de exame intelectual, de caráter classificatório e eliminatório, para aferir conhecimentos e habilidades, mediante aplicação de provas objetiva e de títulos. Já a convocação das vagas informadas será feita de acordo com as necessidades e a conveniência de convocação do Município de Tangará da Serra.”, explicou o secretário de Administração, Theorge Marinho.

Nesta primeira etapa do concurso, os candidatos disputaram vagas para 22 cargos, sendo 11 no período matutino, nas áreas administrativa e contábil, social, serviços gerais, fisioterapia, fonoaudióloga, psicologia, medicina veterinária, nutrição e educação e 11 no período vespertino, nas áreas de trânsito, farmácia, fiscalização, saúde bucal, radiologia, enfermagem, agropecuária, recepção, eletricidade e condução de veículos.

Segundo o secretário de Administração ainda, os outros 10 mil candidatos para os demais cargos irão fazer a prova no próximo domingo. “São candidatos de todos os Estados do País, então avaliamos como positiva essa primeira etapa do concurso e esperamos concluir este trabalho com a tranqüilidade e transparência necessária.”, disse ele, que informou ainda que conforme o edital do concurso, além das vagas ofertadas, o concurso servirá para formação de cadastro reserva.

Qualquer dúvida referente ao concurso, as informações estão disponíveis através do site http://www.institutocidades.org.br/.

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa

Terceira idade ganha academia de ginástica

A população tangaraense da terceira idade ganhou mais uma importante aliada no que se refere à manutenção da saúde. Está sendo montada na sede da Secretaria Municipal de Esportes de Tangará da Serra (Vila Olímpica), uma academia de ginástica para que as pessoas da referida faixa etária possam ter atividades e manter o bom condicionamento físico.

Os equipamentos foram doados pela empresa moveleira Martinello. A base para a montagem dos aparelhos já está pronta, aguardando apenas a secagem do concreto para que sejam montados os equipamentos. Segundo o secretário de Esportes, Wellington Bezerra, no dia primeiro de fevereiro, a academia já estará em funcionamento.

O principal objetivo do projeto é retirar os idosos do sedentarismo e incentivar a prática esportiva para pessoas que frequentam as dependências da Vila Olímpica. Vale ressaltar o empenho e a parceria da Secretaria de Esportes do Município de Tangará da Serra.
 
Ed Junior / Redação DS

Presidente da Acits elogia prefeito por decoração de natal

Durante o sorteio da campanha de natal da ACITS (Associação Comercial e Industrial de Tangará da Serra), o presidente Leoclides Bigolim iniciou o seu discurso elogiando a atuação do prefeito Júlio César Ladeia e agradecendo a parceria do executivo. “Uma pessoa muito importante nesse trabalho e quero agradecer e ao prefeito Júlio César Ladeia, que sempre tem nos apoiado e é um grande parceiro deste evento.”, disse ele.

Outro quesito bastante elogiado pelo presidente da Associação Comercial foi com relação a decoração da cidade durante o período natalino. “A cidade esta muito bonita, é uma das mais bem decoradas do Estado de Mato Grosso e o prefeito Júlio César nos garantiu que iria decorá-la e deixa mais bonita, beneficiando assim não só o cidadão tangaraense, mas também atraindo turistas para a nossa cidade e conseqüentemente movimentando nossa economia, nosso comércio e ele cumpriu sua promessa, então gostaríamos de agradecer e muito a ele por isso.”, falou Bigolim.

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa

Prefeito de Tangará realizou primeira reunião de 2011 com secretariado

O prefeito Júlio César Ladeia se reuniu nesta quarta-feira (05.01), pela primeira vez em 2011 com todo o secretariado. O encontro aconteceu durante toda a manhã no gabinete do chefe do executivo e contou também com a presença do vice-prefeito José Jaconias da Silva e da primeira-dama e secretária de Assistência Social, Karen Ladeia, que reassumiu recentemente a pasta.

Na oportunidade o prefeito tangaraense cobrou principalmente planejamento e ações por parte das secretarias. “Tudo deve ser analisado pelos responsáveis por cada pasta, tem que se analisar se as ações previstas estão dentro do orçamento e se não tiverem, tem que se usar a criatividade, tem que saber quais são as prioridades.”, argumentou Ladeia.

Ladeia durante a reunião também falou sobre as metas do PPA que deverão ser cumpridas. “Não podemos esquecer ainda que temos as metas do PPA e todas deverão ser cumpridas.”, cobrou ele.

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa

Prefeitura de Tangará fecha 2010 com saldo positivo e com recursos em torno de 52 milhões para serem aplicados pelo PAC

No apagar das luzes de 2010, a Prefeitura de Tangará da Serra fecha o ano com saldo positivo, com as contas pagas e aprovadas e principalmente com grandes expectativas de obras para 2011. Uma das principais comemorações do prefeito Júlio César e da sua equipe de governo, é o recurso no valor de aproximadamente 52 milhões de reais referentes as obras da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento.

A assinatura dos contratos das obras do PAC 2 aconteceram no início do mês de dezembro de 2010, em Brasília. Marcaram presença na solenidade o Prefeito Júlio César e o Secretário de Planejamento Clóvis Batista.

De acordo com o prefeito Júlio César Ladeia, Tangará da Serra enviou as suas propostas, como exigia o cronograma de ações do Programa de Aceleração do Crescimento – 2. “Felizmente Tangará da Serra foi contemplada em praticamente todos os projetos enviados, ou seja, dos 6 projetos cadastrados, nós teremos concretizados 5 nesta primeira etapa.”, afirmou o prefeito tangaraense, que participou de várias reuniões na capital federal, defendendo os projetos da cidade. “A vinda de recursos proporcionará ao Município um grande impulso desenvolvimentista.”, falou.

No total, Tangará da Serra será contemplada com 5 obras, que somam um valor aproximado de 52 milhões. Em Mato Grosso, apenas 6 cidades foram contempladas com o programa , entre elas, Tangará da Serra, Cuiabá, Rondonópolis, Varzea Grande, Sinop e Cáceres.

Projetos Aprovados

Entre os projetos aprovados, estão a ampliação do SES com implantação ligações prediais, rede coletora, interceptores, estações elevatórias e ETE (Esgotamento Sanitário); Ampliação do SAA, com a implantação de captação, adutora de água bruta, ETA, adutora de água tratada, reservatórios e booster (Abastecimento de água); Pavimentação e construção de rede de coleta de esgoto e drenagem de águas pluviais do loteamento Morada do Sol; Pavimentação e construção de rede de coleta de esgoto e drenagem de águas pluviais do loteamento Bela Vista, além da Urbanização do Parque linear às margens do Córrego Figueira.

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa

Assistência Social abre período de cadastramentos para o programa Minha Casa Minha Vida

A Secretaria de Assistência Social, através da Coordenação de Habitação, setor de cadastro abre período para novos cadastramentos de famílias com renda familiar maiores que 1 salário mínimo ( R$511,00 ) e até (R$1.395,00) para o programa do Governo Federal (Minha Casa Minha Vida).

O atendimento se dará na Secretaria de Assistência Social somente no período de 03 a 14 de janeiro de 2011, nas segundas, quartas e sextas feira nos horários das 7:30h as 11:00h e das 13:00h as 16:00h .

A Secretaria de Assistência Social esta localizada na Rua Avelina Jacy Bohn, 885-S, Jardim Rio Preto – Tangará da Serra.

“Todas as pessoas que tiverem interesse podem nos procurar para se cadastrar ou para obterem mais informações sobre o programa.”, disse Eliel Lúcio de Godoy, Coordenador de Habitação de Interesse Social.

Assessoria

Finalmente: Tangará tem Réveillon tranquilo

Foram poucas as ocorrências deste final de semana, abaixo até do número de ocorrências do Natal. Nenhum caso grave foi registrado na praça dos Pioneiros ou nos seus arredores, somente algumas brigas sem maiores consequências.

No dia 31, alguns acidentes de trânsito na área central sem gravidade, apenas danos materiais e nada de muito vulto. Já às 10h foi registrada uma ameaça com arma. O suspeito, Reinaldo Pereira da Silva, 48, teria ameaçado na noite anterior, Alessandro Gomes, 29, no Jd. San Diego II. Na casa de Reinaldo foi apreendida uma espingarda calibre 32 e 05 cartuchos carregados.

A polícia também efetuou a prisão de um homem, por volta das 21h no Jd .São Luiz, por tentativa de homicídio. Danivaldo Nunes de Souza, 22, teria atingido com golpes de faca Nelson P. Paz, 46, nas costas e no ombro. Depois de prestar depoimento no Cisc, a vítima foi encaminhada à UMS.

Todas as ocorrências graves, num número menor que 20 neste final de semana, tiveram local diferenciado ao da Praça dos Pioneiros. Parte disso se deveu ao policiamento e à exigência da Polícia Militar de cercamento da praça, além da proibição de bebidas envazadas em vidro. Trinta policiais em 08 viaturas trabalharam em Tangará e ainda deram suporte aos festejos da virada para 2011 na região. Em Tangará, fizeram ronda em todas as festas e o Cisc também esteve funcionando em ritmo normal de plantão.

Os acidentes também não foram graves, mostrando que o tangaraense se precaveu mais nestes festejos de final de ano.
 
LUCIANA MENOLI/Redação DS